Noruega retalia o Brasil mas também maltrata Amazônia

0
561
views

Noruega retalia o Brasil mas também maltrata Amazônia

Noruega retalia o Brasil mas também maltrata Amazônia. Nas últimas semanas o país nórdico ganhou manchetes no Brasil. O motivo foi a Amazônia. Poucos dias antes de Temer desembarcar em Oslo o ministro do Clima e Meio Ambiente, Vidar Helgesen, enviou carta ao governo brasileiro mostrando preocupação com regras mais frouxas para o Licenciamento Ambiental e a redução de Unidades de Conservação no bioma amazônico.

Noruega retalia o Brasil mas também maltrata Amazônia, imagem de desmatamento na amazônia
Foto: Ig

Noruega, maior doador do Fundo Amazônia

A Noruega é o maior doador ao Fundo Amazônia, criado em 2008, e gerido pelo BNDES com objetivo de  captar recursos que financiem ações para frear o desmatamento. Desde 2009 o fundo captou R$ 2,77 bilhões de três doadores. O principal  é a Noruega, seguido pela  Alemanha e Petrobrás.

Entre as ações escolhidas por Oslo estão o Instituto Mamirauá, que realiza pesquisas e projetos de manejo no Médio Solimões; o Cadastro Ambiental Rural, programa de regularização ambiental de posses e propriedades rurais; e o Programa de Monitoramento da Amazônia por satélite.

Brasil não é único país a receber ajuda

A Noruega criou o programa Clima e Floresta, baseado em resultados. Se o desmatamento cair, as doações são maiores. Se aumentar,  diminuem. Países africanos também são contemplados pelo programa. Para o fim de 2017 estava prevista outra parcela de ajuda à Amazônia. A primeira, de US$ 1 bilhão, foi repassada em 2015. Havia a promessa de mais US$ 600 milhões até 2020.

Nos dois últimos anos aumentou o desmatamento no Brasil

O problema é que nos dois últimos anos aumentou o desmatamento. Além disso, o Licenciamento Ambiental está em xeque no Brasil. Para finalizar, havia duas medidas provisórias, as MPs 756 e 758 , vetadas por Temer antes do embarque, que reduziam a proteção à áreas protegidas. Foi o suficiente.

Noruega retalia desmatamento

Antes do encontro, a Noruega mandou carta ao ministro Sarney Filho questionando o aumento nas taxas. Nas reuniões de cúpula mais uma vez o Brasil foi pressionado. Resultado: corte de R$ 196 milhões para o Fundo Amazônia. Pegou mal.

Noruega retalia o Brasil mas também maltrata Amazônia, imagem de Temer
Noruega retalia o Brasil mas também maltrata Amazônia. Temer levou puxão de orelhas dos noruegueses

Reuniões como estas têm grande visibilidade. Além de criticar a falta de proteção, a delegação brasileira ainda teve o constrangimento de engolir críticas à corrupção. A imprensa nacional deu grande destaque ao ‘encontro- desencontro’. Mas esqueceu de falar que…

Noruega é a maior acionista de mineradora que polui Amazônia

A notícia chegou a estas plagas em 28 de junho por obra da BBC. A Noruega tem 34,3% das ações da mineradora Hydro, “megaprodutora” de alumínio e “alvo de denúncias do Ministério Público Federal (MPF) do Pará e de quase 2 mil processos judiciais por contaminação de rios e comunidades de Barcarena (PA), município localizado em uma das regiões mais poluídas da floresta amazônica”.

Noruega retalia o Brasil mas também maltrata Amazônia, imagem da mineradora Hydro em Barcarena
Noruega retalia o Brasil mas também maltrata Amazônia. A planta da Hydro em Bacarena, Pará

Mineradora Hydro, cujo maior acionista é a Noruega, enfrenta ações na Justiça

A BBC diz que “a empresa até hoje não pagou multas estipuladas pelo Ibama em R$ 17 milhões, após um transbordamento de lama tóxica em rios por uma de suas subsidiárias na região amazônica, em 2009. Segundo o Ibama, o vazamento colocou a população local em risco e gerou mortandade de peixes e destruição significativa da biodiversidade”.

Hydro, da Noruega, contamina moradores com chumbo

Ainda segundo a BBC “um em cada cinco moradores da região onde estão as empresas norueguesas está contaminado por chumbo, com uma concentração do elemento químico no corpo sete vezes maior do que a média mundial. O chumbo é um dos metais pesados presentes nos rejeitos da indústria mineral mais nocivo ao meio ambiente e aos seres humanos”.

Ministério do Comércio, Indústria e Pesca norueguês responde à reportagem da BBC

“Como acionista em várias empresas, o Estado norueguês tem expectativas claras em relação à responsabilidade social corporativa das empresas, incluindo questões ambientais”.

A matéria prossegue: “O governo da Noruega disse que a responsabilidade social é parte central do diálogo entre o ministério e a empresa e afirmou que foi informado, assim como os demais acionistas, das consequências do derramamento de 2009 pelos relatórios anuais da Hydro”.

Mineradora Hydro é questionada pela BBC

Segundo a BBC “a empresa negou responsabilidade sobre os índices de contaminação registrados. O vazamento de rejeitos químicos de 2009 foi fruto de chuvas intensas”.

A Hydro “questionou as pesquisas utilizadas pela Procuradoria da República, afirmando que os derramamentos da subsidiária Alunorte não representam “ameaças significativas nem para a vida humana nem aquática”.

Procurador da República reforça denúncia

A BBC diz que ” o procurador da República Bruno Valente, que assina a ação civil pública movida em 2016, declarou:

O histórico de acidentes ambientais em Barcarena é impressionante, uma média de um por ano.O transbordamento de lama da bacia de rejeitos da Hydro afetou uma série de comunidades em 2009 e até hoje nunca houve uma compensação ou pagamento de multa

O Ministério Público Federal reforça a denúncia e diz que o episódio de 2009 pode ser considerado,

o acidente ambiental mais grave da história do Distrito Industrial de Barcarena

Comitê Nacional em Defesa dos Territórios Frente à Mineração critica o Gov. brasileiro

A BBC finaliza informando que o Comitê  “reúne 110 organizações, sindicatos e movimentos sociais. E disse que o caso da Hydro é “um alerta para a sociedade brasileira que é preciso discutir o modelo mineral brasileiro”. Para este grupo,

…Não é possível que o presidente e o ministro de Minas e Energia saiam pelo mundo oferecendo novas minas ao capital estrangeiro, sem olhar o rastro de destruição social e ambiental que empresas norueguesas, canadenses e tantas transnacionais deixam no nosso país

Noruega retalia o Brasil mas também maltrata Amazônia

A pergunta que cabe é: Leis iguais para todos, ou alguns são melhores que outros?

Foto de abertura: Ig

Maior navio a vela do mundo é lançado

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here