Ministério do Meio Ambiente escolhe equipe dos sonhos!

19
3388
views

Ministério do Meio Ambiente escolhe equipe dos sonhos: Adalberto Eberhard, no ICMBio; Eduardo Bim, Ibama, e o Secretário da Biodiversidade é José Truda Palazzo Jr.

O Mar Sem Fim vem acompanhando, preocupado e ansioso, os passos do presidente eleito para a formação de sua equipe.  O Ministro do Meio Ambiente foi justamente o último escolhido. Sinal que o capitão pensou muito antes de se decidir. Mas como Bolsonaro sempre foi, e continua sendo, negativo quando fala sobre questões ambientais, estávamos preocupados. Até que Ricardo Salles, o novo Ministro, de quem já falamos por aqui, mostrou ao que veio. Ao divulgar suas escolhas principais, podemos dizer que o Ministério do Meio Ambiente escolhe equipe dos sonhos: o premiado ambientalista Adalberto Eberhard vai presidir o ICMBio; o procurador ambiental, Eduardo Bim, fica com o IBAMA, e para Secretário de Biodiversidade ninguém menos que o grande ambientalista brasileiro, José Truda Palazzo Jr.. Estamos em boas mãos!

imagem de logotipo do ministério do meio ambiente

Conheça Eduardo Bim, novo presidente do Ibama

Eduardo Bim é procurador federal e atua junto ao Ibama. O currículo do futuro presidente do instituto registra que ele é doutorando em direito do Estado, mestre em direito e especialista em direito ambiental e especialista em direito tributário.

imagem de Eduardo Bim, novo presidente do Ibama
Ministério do Meio Ambiente escolhe equipe dos sonhos. Eduardo Bim, foto: noticias.uol.com.br.

Eduardo Bim é autor de livros como Licenciamento Ambiental, que trata de pontos polêmicos em torno do tema, destacando soluções jurídicas para ele. O licenciamento, aparentemente, é uma pedra no sapato de Bolsonaro. Ricardo mostrou bom senso ao chamar Eduardo Bim para trabalharem juntos. Ele é especialista no tema, que é realmente delicado.  Temos certeza que, com bom senso e boa vontade, este problema tende a ‘sumir do mapa’ até o término do mandato da próxima equipe. E tudo leva a crer que os novos gestores têm tudo para conseguirem um final feliz neste quesito crítico, do qual já nos ocupamos em outros textos.

Ministério do Meio Ambiente escolhe equipe dos sonhos: Adalberto Eberhard, presidirá o ICMBio

O ambientalista Adalberto Eberhard, veterinário, fez seu nome defendendo o Pantanal. Ele foi fundador e presidente da ONG Ecotrópica, que gere três RPPNs no Pantanal, totalizando 54 mil hectares. Eberhard foi para Ecurizal, no Pantanal nos anos 80, junto com a primeira equipe que estudou as onças pantaneiras, sob comando do biólogo norte- americano George Schaller.

imagem de Adalberto Eberhard, presidente do ICMBio
Ministério do Meio Ambiente escolhe equipe dos sonhos. Adalberto Eberhard. Foto:fieam.org.br.

Adalberto, por Marcos Sá Corrêa

O jornalista responsável pela criação do site O Eco, Marcos Sá Corrêa, escreveu um belo artigo sobre Eberhard, transcrevemos um dos parágrafos: “Morou acampado nas barrancas do Paraguai. Criou uma filha em barraca. Mergulhou em rios que hoje, assoreados, se deixam cruzar a pé. Incomodou traficantes que usavam a pista de pouso no Acurizal como rota do contrabando de cocaína. Fundou a Ecotrópica com os 50 mil dólares de um prêmio que ganhou na Alemanha em 1989. Com três milhões de dólares doados pela ONG The Nature Conservancy, comprou as fazendas que devolveram ao Parque Nacional do Pantanal Matogrossense as bordas que escaparam à desapropriação pelo governo. Ele está convencido de que, se o Brasil não tomar providências enquanto é tempo, o Pantanal perderá em poucas décadas o que suas águas levaram milhões de anos para fazer.”

Conheça o novo Secretário de Biodiversidade, José Truda Palazzo Jr.

Bah, é fácil falar do gaúcho José Truda Palazzo Jr., conhecido como ‘Truda‘. Basta dizer que, aos 51 anos, teve 40 dedicados ao meio ambiente. Temos o privilégio de privar de sua amizade. Para falar a verdade, Truda é espécie de “guru’ deste site. Inteligente, íntegro, perseverante, foi fundador e principal força motriz durante 27 anos do Projeto Baleia-franca. Seu currículo é dos melhores, repleto de realizações como participar da luta pela criação do Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha. Ou coordenar, para o governo brasileiro, a redação da proposta do Santuário de Baleias do Atlântico Sul, em exame na CIB, e da criação do Santuário Nacional de Baleias e Golfinhos, decretado em 2008. Truda atua fortemente nas redes sociais, não poupando nunca os adjetivos quando emite opiniões, doa a quem doer. Por isso foi defenestrado pelo PT, conforme já contamos em post anterior.

imagem de José Truda Palazzo Jr, novo secretário de biodiversidade do MMA
Ministério do Meio Ambiente escolhe equipe dos sonhos. José Truda Palazzo Jr, novo secretário de biodiversidade do MMA.

Truda é autor de mais de uma dezena de livros sobre seu tema de preferência, entre os quais destacamos, A Natureza no Jardim: Um Guia Prático de Jardinagem Ecológica e Recuperação de Áreas Degradadas (Ed. SAGRA, 1988, em co-autoria com Maria do Carmo Both, atualmente em sua quinta edição).Truda foi talvez a peça mais importante para a mudança de patamar da proteção marinha no Brasil.

Parabéns, Ministro Ricardo Salles. Que siga assim, inspirado, até o final da gestão.

Assista ao vídeo e veja a declaração de Adalberto Eberhard, novo presidente do ICMBio, sobre a importância das unidades de conservação.

Expectativa do Mar Sem Fim em relação à nova equipe do MMA

Era imensa depois do anúncio da equipe pelo Ministro Ricardo Salles. Seria muito difícil montar equipe melhor que a do Governo Temer, quando tínhamos Zéquinha Sarney de volta ao Ministério (ele foi Ministro no Governo FHC), tido desde então como o melhor ministro que já tivemos. E ainda Suely Araújo no Ibama, Ricardo Soavinski presidente do ICMBio, e na cadeira de Secretário de Biodiversidade, José Pedro de Oliveira Costa. Achar um time melhor que este é tarefa dura. Pois saibam que a equipe que vai assumir é tão boa, ou melhor que a que termina a gestão em 31 de dezembro. Importante frisar que o Governo Temer e o seu time ambiental deixam um belíssimo legado. Michel Temer foi o primeiro presidente, desde a redemocratização, a olhar para o mar e agir com ‘ousadia’. Em breve falaremos só sobre este legado.

A grande decepção

Pois é, o post acima, conforme escrevemos, foi feito para elogiar a nova equipe do Ministério do Meio Ambiente. Mas era bom demais para ser verdade. Menos de dois meses da nova gestão foram suficientes para dar o dito pelo não dito. Saiba porquê.

Fontes: https://www.oeco.org.br/colunas/marcos-sa-correa/16184-oeco-25186/; https://www.google.com.br/search?dcr=0&ei=POwjXNiKB4GXwATS4q3IAQ&q=biologist+Peter+Schaller&oq=biologist+Peter+Schaller&gs_l=psy-ab.12…39118.46603..49440…0.0..0.159.1194.5j6….2..0….1j2..gws-wiz…….0j35i39j0i67j0i131j0i131i67j0i203j0i10.5JuVFa5Hck0; http://www.wikiparques.org/wiki/RPPN_Acurizal_e_Penha.

Conheça a batalha de Salamina, parte importante da história da humanidade, e no mar, claro!

Repórteres do Mar

O Mar Sem Fim quer a sua colaboração. Não é possível estar em todos os lugares ao mesmo tempo e, com a sua ajuda, podemos melhorar ainda mais o nosso conteúdo. Saiba como colaborar com o Mar Sem Fim.

Comentários Comentários do Facebook

19 COMENTÁRIOS

  1. Daqui da floresta amazônica, tenho acompanhado e participado das mobilizações para a proteção da floresta e de suas comunidades tradicionais. Em todas as gestões, que minha vida profissional permitiu visualizar (Itamar, FHC1, FHC2, Lula 1, Lula 2, Dilma1, Dilma 1/2 (Golpe), Temer (o pequeno) houve confrontos de ideias. Estamos preparados para a continuidade das discussões sobre os caminhos da Amazônia… Para os Amazônidas*.
    *Amazônidas = os nativos ou não nativos que amam a Amazônia e não desejam depredá-la mais em favor do lucro de poucos.

  2. Parece incrível mas vamos dos céus ao inferno num piscar de ólhos! Todos são santos e em seguida bandidos! Daí pergunto: por que não deixamos nosso “profundo conhecimento” das pessoas de lado, nos recolhemos à nossa pequenez e passamos a dar-lhes a oportunidade de trabalhar? Não são pessoas desconhecidas, não trabalharão no submundo e poderão ser acompanhadas sempre. Alguém interessado no “eu avisei”? Quero apenas que o trabalho dê certo, que se mude tudo o que for preciso e que nossos recursos naturais sejam usados racionalmente, preservando o que for adequado e usando-se racionalmente os abundantes recursos de que dispomos. Milhões de hectares de ricas florestas podem ser manejadas sem serem destruídas gerando milhares de empregos e bilhões de reais! Nossas águas poderão voltar a jorrar se nossos solos agricultáveis forem racionalmente usados, o saneamento será implementado e outros itens voltados ao Turismo serão comentados etc. Em tempo todos poderão fazer as suas críticas avaliações, mas, por hora vamos deixar que as pessoas trabalhem!

  3. Por fim, a preocupação e toda a mídia negativa que se gerou com a nomeação do Dr. Ricardo Salles ao cargo de Ministro era um exagero desnecessário. Com a equipe montada e o trabalho iniciado, o Dr. Ricardo está provando que tem competência e que não tem medo da competência dos outros. Parabéns ao Sr. Presidente pela escolha, parabéns ao Dr. Ricardo e aos seus novos auxiliares. Parabéns também ao Estado que publicou este texto quando outras mídias praticamente ignoraram.

  4. Venho aqui parabenizar a José Truda Palazzo Jr por seu merecimento e grande capacidade de gestão ambiental. Comemoro com muita alegria e alívio em saber que nosso meio ambiente está em ótimas mãos. Um grande abraço Mestre Truda !!!

  5. Esses petistas sao covardes sempre alertas pra denegrir alguem.O governo Bolsonaro vai ser um exemplo de mudanças boas que voces vao ter que engolir.

  6. Esse MAr sem Fim está sendo meio otimista com os nomes indicados por Salles. Fazer um rápido google de Eduardo Fortunato Bim e vai ver´que já foi advogado da FIESP– está mesma FIESP que articulou com Salles a falsificação dos mapas de manejo do Rio Tiete em 2016, para favorecer o estabelecimento de indústrias em areas protegidas na VArzea do Rio Tiete. Salles basicamente colocou uma pessoa da indústria para ser diretor do IBAMA. Não vai me dizer que essa indicação não tem conflito de interesses. Salles é tb ex-diretor da Sociedade Rural Brasileira (SBR). Basta tb fazer um rápido google de pessoas que doaram para a campanha eleitoral dele de deputado federal desse ano e verá que uma boa parte das doações veio de ruralistas e de até pessoas acusados de grilagem.

    Salles é aquele que tb tentou vender 35 florestas de forma illegal em São Paulo, para amigo empresários, quando era secretáio do Meio Ambiente de São Paulo.. Não é atoa que a ideia dele foi barrado na justiça. A lei estadual nem permitia a venda pra começar. A gestão dele foi tão ruim que não durou mais que um ano e meio.

    O carater dele tb é no minimo duvidoso– falsificou mapas de manejo, com a intenção de ser aprovado no COSEMA, sem que os membros desse orgão percebessem. Num país sério, um elemento desse já estaria na cadeia há muito tempo. Salles tb tentou intermediar uma proposta de negociação do imóvel da sede do Instituto Geológico em São Paulo, apesar de a transação ser desaconselhada pela assessoria do governo.

    Se vc quiser conhecer um pouco da mente criminosa desse novo ministro, leia o parecer do MP-SP sobre como Salles tentou forjar os mapas de manejo do Rio Tiete.

    http://www.mpsp.mp.br/portal/pls/portal/!PORTAL.wwpob_page.show?_docname=2611404.PDF

    Poucas pessoas sabem, mas esse plano criminoso dele, tb visou mudar as leis da ata do plano de manejo para favorecer a indústria dos agrotóxicos e transgênicos em areas ambientais protegidas.

      • Eu não acho que as noticias que vc lê são muito imparciais. Se ele acha que os mapas estão desatualizados, ele poderia ter pedido aos orgãos competentes para refazer os mapas e depois recolocar os novos mapas para serem discutido e votado no CTBio. Depois de aprovado no CTBio, ser levado para ser votado no COSEMA. Houve pareceres também de pesquisadores sobre os impactos negativos, se houvesse uma ampliação de atividade industrial e de mineração naquela area.

  7. Gente, o articulista é um Mesquita, então fica claro que o texto ia sair chapa branquíssima pq senão o Estadão fica sem verba e o blog fica sem patrocínios. Independente da capacidade dos ótimos técnicos escolhidos pelo condenado pela justiça (caso do sr ministro, condenado por praticas criminosas na Sec Meio de Ambiente no Tucanistão), o texto é puro wishfull thinking.

    No mais, o grande e saudoso José Lutzenberger foi escolhido pelo Collor e montou uma “equipe dos sonhos” também. Deu em nada.

  8. Quando alguém diz que alguém com sobrenome “Sarney” foi melhor ministro de alguma coisa, desconfie. Já estava achando o textinho bem chapa branca. Quando bati os olhos nisso, pude ter certeza. Até pouco tempo estavam querendo juntar o min da agricultura com o do meio ambiente. Jornalismo é oposição. De qualquer forma, na dúvida, mantenha a dúvida.

  9. ma s para eu entender. Até a semana passada o mundo ia acabar em fornalhas porque o Brasil iria colocar fogo em todas as florestas e ninguém poderia defender a população da terra do super tirano capitão Bolsonaro. e agora estamos falando de Dream team? Ontem maiws de 3.000.000 de ONGs espalhadas pelo mundo falaram que viam com grande medo os riscos ao meio ambiente e a democracia brasileira (como se isso realmente fosse verdade) e hoje temos o dream team. Será que vocês podem parar de falar besteira e deixar a vida rolar por seu caminho natural..

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here