Sea World e as vítimas de uma triste realidade

0
442
views

Sea World e as vítimas de uma triste realidade: orca corre risco de vida

 Sea World: responsáveis do parque divulgaram que Tilikum, a maior orca em cativeiro, que se encontra no parque de diversões SeaWorld, em Orlando, nos Estados Unidos, corre sérios riscos de vida devido a uma infeção bacteriana pulmonar.

 Sea World, imagem de orca no  Sea World
Sea World e a orca

Veterinários do parque não conseguem identificar  a bactéria

Os veterinários do parque não estão conseguindo identificar qual é a bactéria.  E a classificam como “muito resistente ao tratamento”. Desta forma, o grupo de profissionais está tentando com que pelo menos os últimos momentos de Tilikum sejam mais calmos e confortáveis.  Daniel Richardville, um dos treinadores, disse:

Tem sido o nosso dever e paixão certificar-nos que lhe estamos dando o máximo de cuidado possível

Tilikum é uma orca do sexo masculino

Tilikum é uma orca do sexo masculino. Estima-se que tenha 35 anos e tem sido mantida em cativeiro em Orlando, nos últimos 23 anos.

 Maus tratos por parte do SeaWorld

Esta orca foi alvo do documentário “Blackfish”, realizado em 2013. O filme  denunciava maus tratos por parte do SeaWorld, revelando ainda que a baleia matou três pessoas: duas treinadoras e uma pessoa que tinha invadido o espaço do parque fora do horário de funcionamento. O documentário especulava que o animal se tinha tornado psicótico como resultado da sua condição de cativeiro.

SeaWorld negou todas as acusações

O SeaWorld negou todas as acusações. Mas grupos de ativistas concordaram com a teoria do documentário depois de analisarem o comportamento da baleia. Ou seja, o cativeiro foi realmente prejudicial à saúde mental de Tilikum.

O parque de diversões vive um momento especialmente difícil e a deterioração do estado de saúde de Tilikum coloca o SeaWorld debaixo de mais publicidade negativa. Só em 2015, três baleias, uma orca e duas belugas, faleceram neste parque devido a infeções.

A rede de parques temáticos norte-americana SeaWorld já anunciou que vai encerrar os espetáculos com orcas.

 Sea World, imagem de homem andando numa orca no  Sea World

Shows com orcas

Os shows com orcas que acontecem no parque de San Diego, após anos de críticas, devem encerrar em breve.

A empresa afirmou que a partir de 2017 substituirá os famosos números com as “baleias assassinas” por uma atração mais “informativa”.

“Não somos apenas um animal, não somos apenas uma exibição, não somos apenas uma atração”, explicou o diretor-geral Joel Manby durante uma reunião com investidores que foi transmitida pela internet.

“Estamos num processo de ouvir nossos clientes e estamos evoluindo como empresa”, apontou. “Sempre estamos mudando”.

A SeaWorld sofreu um duro golpe em 2013 após a estreia do documentário “Blackfish”, que denunciou os estragos sofridos pelas orcas em cativeiro vivendo em tanques reduzidos e com pouca iluminação, além de serem submetidas a duros treinamentos.

Queda no número de visitantes

O número de visitantes caiu drasticamente nos 11 parques espalhados em todo o país, mas especialmente no de San Diego.

Tendo em vista os resultados decepcionantes, a empresa deu um novo rumo em sua estratégia com um plano que prevê estrear novas atrações e melhorar a comunicação corporativa.

“Precisamos levar a informação para um plano positivo”, destacou durante a reunião Jill Kermes, outra diretora da SeaWorld.

Organização PETA grande crítica do  Sea World

A organização PETA (Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais), grande crítica do parque temático, garantiu que o anúncio não é suficiente e que a empresa deve deixar de manter as orcas em cativeiro.

“A evidência sobre o dano físico e mental para estes animais maravilhosos excede em muito qualquer benefício obtido a partir de seus shows”, disse o político.

“Nós não podemos defender o nosso próprio ambiente e difundir mensagens sobre a importância de preservar o bem-estar dos animais quando nosso comportamento não reflete nossos princípios”, acrescentou.

 

Foto suspeita

Uma foto circula pela internet causando um grande estranhamento. Na imagem, as orcas do Sea World foram “colocadas” em sacos plásticos enquanto os tanques eram limpados. A imagem apesar de ser uma montagem tem uma mensagem bastante crítica. Afinal esses belos mamíferos são mesmo tratados como “peixinhos de aquário” mesmo estando dentro dos tanques.

 Sea World

Grande Barreira de Corais, morta?

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here