Mamíferos marinhos em cativeiro: descoberta bizarra

0
579
views

Mamíferos marinhos em cativeiro

Já se viu quase tudo em termos e maus tratos aos mamíferos marinhos em cativeiro. Quase… Recentemente mergulhadores  fizeram uma descoberta bizarra na ilha de Kokoya, Indonésia, tida com um ‘paraíso’ para a observação submarina.

Mamíferos marinhos em cativeiro, mapa da ilha de kokoya, indonésia

Dugongos, tipo de ‘peixe-boi’ do Pacífico e Índico

Quando exploravam a região perceberam dois Dugongos, uma das quatro espécies de Sirênios, mamíferos marinhos herbívoros, divididos em duas famílias: Dugongidae e a Trichechida. A primeira inclui o Dugongo (sul do Pacífico, e Índico), e a extinta Vaca- marinha. A segunda é representada pelo peixe- boi marinho, o peixe- boi africano, e o peixe-boi amazônico (costa atlântica amazônica). Todos ameaçados de extinção.

Mamíferos marinhos em cativeiro, ilustração de vaca- marinha
Vaca- marinha, ancestral dos Dugongos. Descoberta, e extinta, no século XVIII

Durante o mergulho Delon Lim notou espécies de cercados debaixo d’água. Ao se aproximar viu os animais enjaulados. Aparentemente mãe e filhote. A cauda da mãe estava amarrada com um cabo, enquanto o filhote nadava livre preso no cercado. Delon diz que não sabe por quanto tempo os animais estavam naquela situação mas, provavelmente, há semanas, já que até cracas haviam se inscrutrado na corda.

O mergulhador explicou a situação de perigo vivida pelos mamíferos marinhos e, mesmo com promessa de soltura, colocou o vídeo nas redes sociais. Depois que o caso ganhou notoriedade, as autoridades indonésias libertaram os animais.

Mamíferos marinhos em cativeiro, imagem de Mamíferos marinhos em cativeiro
Mamíferos marinhos em cativeiro

 

dugongo

O wikipedia diz que ” o  dugongo (Dugong dugon) é o menor membro da ordem Sirenia, uma ordem de mamíferos marinhos que inclui igualmente o peixe-boi ou vaca marinha. O nome dugongo vem da palavra malaia duyung, que significa sereia”.

“A espécie habitou em tempos todas as regiões tropicais dos Oceanos Índico e Pacífico, mas hoje em dia a sua distribuição é mais limitada. As principais populações vivem na Grande Barreira de Coral ao largo da Austrália e no Estreito de Torres”.

Mexilhão- dourado, do Prata ao Amazonas?

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here