Fazenda flutuante, conheça a primeira do mundo

2
1402
views

Fazenda flutuante, conheça a primeira do mundo lançada pela  imobiliária holandesa Beladon

Você já ouviu falar de plataformas de perfuração offshore e parques eólicos offshore. Agora, uma empresa holandesa está desenvolvendo o que está sendo chamado de primeira fazenda leiteira do mundo, offshore. A instalação multinível de alta tecnologia foi inaugurada  em Roterdã, cidade portuária a cerca de 80 quilômetros de Amsterdã. A fazenda flutuante produzirá leite e iogurte perto do centro de Roterdã, aproveitando o espaço não utilizado enquanto ajuda a reduzir as despesas e a poluição associadas ao transporte de produtos alimentícios de fazendas distantes para mercearias locais.

imagem de vacas em fazenda flutuante na holanda
Imagem, www.dezeen.com.

Planeta água

“Setenta por cento da face da Terra é água, enquanto a população mundial está crescendo e a terra arável é limitada. Temos que procurar outras maneiras de produzir alimentos frescos ao lado dos cidadãos para reduzir o transporte”, disse Minke van Wingerden, sócio da Beladon, empresa de desenvolvimento imobiliário  líder do projeto. “É um passo lógico para produzir alimentos frescos na água. A maioria das grandes cidades está situada em deltas [do rio], e é fácil usar os deltas para a produção de alimentos”.
O conceito de fazenda flutuante poderia ser adotado por outras cidades portuárias, com fazendas produzindo aves e frutas, bem como produtos lácteos. A BBC diz que “Peter van Wingerden, engenheiro da Beladon, teve a ideia em 2012 quando estava em Nova York trabalhando em um projeto habitacional flutuante no rio Hudson.”

Hoje a fazenda flutuante é lar de 32 vacas

Hoje a fazenda é o lar de 32 vacas  Meuse-Rhine-Issel, ordenhadas por robôs. Ela produz produtos lácteos que em breve estarão à venda nas lojas Lidl em toda a cidade. O projeto foi concebido para um futuro em que o aumento do nível do mar significa que a terra agrícola está cada vez mais fora de ação devido a inundações. O objetivo é mostrar uma nova maneira de trazer a agricultura de volta à cidade, com impacto mínimo nos recursos e no meio ambiente.

População mundial crescente

Os criadores da fazenda fazem sua defesa. “Estamos vendo uma população mundial crescente. Em 2050, espera-se que dois a três bilhões de pessoas tenham sido adicionadas. A área disponível de terras agrícolas férteis não cresce junto com a população mundial. A terra fértil está se tornando cada vez mais escassa. As mudanças climáticas mostram que há chuvas cada vez mais pesadas e inundações de cidades e terras agrícolas. Então, teremos que olhar para um sistema de adaptação climática para continuar alimentando a cidade.”

Impacto mínimo no meio ambiente

A estrutura foi desenvolvida para seguir os princípios do design circular. A fazenda gera toda sua eletricidade a partir de painéis solares flutuantes. E fornece água fresca através de um sistema integrado de recolha e purificação de águas pluviais. Ela foi pensada para ter impacto mínimo no meio ambiente.

imagem de vacas em fazenda flutuante na holanda
Imagem, www.dezeen.com.

Grama de campos e golf

As vacas são alimentadas com grama de campos de golfe, juntamente com resíduos de produtos alimentícios, como restos de batata, grãos de farelo e grãos cervejeiros. Seu estrume é usado para criar um fertilizante natural. Os organizadores afirmam que o bem-estar animal é uma grande preocupação. Cada uma das vacas tem suas próprias barracas, com pisos de borracha que são macios, mas sustentam os pés. Elas também estão livres para voltar para a terra seca – um campo vizinho – quando querem esticar as pernas.

imagem de fazenda flutuante na holanda
Imagem, www.dezeen.com.

A transparência da fazenda flutuante

A ordenha é feita por robôs. Outro robô remove o estrume imediatamente após a sua produção. Há também um alimentador de correia automático que distribui comida. O edifício é deliberadamente o mais transparente possível para que os visitantes possam observar facilmente esses processos. Há também espaços de educação a bordo, para que os grupos possam vir e aprender mais sobre agricultura sustentável. A Fazenda Flutuante está entre uma série de inovações vindas de Roterdã, uma cidade que está investindo fortemente em design e tecnologia. Considerada pelos arquitetos como “a cidade do futuro”, é o lar de estúdios que experimentam a construção robótica e a energia eólica, além de arquitetura flutuante.

Primeiro agricultor flutuante do mundo

A fazenda está instalada em Merwehaven, uma área portuária que deve se tornar um novo distrito residencial para a cidade. É gerenciada por Albert Boersen, que é descrito como o primeiro agricultor flutuante do mundo.

O que não falta hoje, são novas tecnologias aplicadas ao mar em geral. No mês de abril, Nova Iorque sediou a primeira conferência sobre cidades flutuantes sustentáveis, sob patrocínio da ONU. A China constrói uma ponte sobre o mar tão incrível, que dizem que a nação asiática domou o mar. E os cientistas estão conhecendo peixes estranhos da ‘zona do crepúsculo’, parte mais profunda e menos conhecida do oceano, que pegam carona até a superfície graças às recém-inventadas SubCAS (ou Submersible Chamber for Ascending Specimens).

Assista ao vídeo e saiba mais

Imagem de abertura – Imagem, www.dezeen.com.

Fontes – https://www.nbcnews.com/mach/science/world-s-first-floating-dairy-farm-could-be-wave-future-ncna905521; https://www.dezeen.com/2019/05/24/floating-farm-rotterdam-climate-change-cows-dairy/.

Bitucas de cigarros, maior fonte de poluição dos oceanos

Repórteres do Mar

O Mar Sem Fim quer a sua colaboração. Não é possível estar em todos os lugares ao mesmo tempo e, com a sua ajuda, podemos melhorar ainda mais o nosso conteúdo. Saiba como colaborar com o Mar Sem Fim.

Comentários Comentários do Facebook

2 COMENTÁRIOS

  1. Fosse aqui no Brasil, mesmo sem conhecer detalhes e viabilidade do Projeto em todos os sentidos, o Greenpeace estaria fazendo um auê. E pensar que o Greenpeace é sediado na Holanda… Aqui no Brasil, um país que não se dá ao respeito, o Greenpeace, patrocinado por não tem interesse no nosso avanço na agropecuária, estaria fazendo muito barulho com o apoio da imprensa a soldo de interesses inconfessáveis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here