Embalagem de Kaiak Oceano, da Natura, ajuda bem-vinda

2
815
views

Embalagem de Kaiak Oceano, da Natura, ajuda bem-vinda

Alguém já disse que ‘de grão em grão a galinha enche o bico’. No caso que abordamos hoje, de pedaço em pedaço, o oceano vai ficando menos poluído. E é assim que tem que ser: todos fazendo suas partes. Este site já cansou de dizer que não vai surgir um Messias pra limpar a nossa pegada que é forte demais, quente demais, pesada demais. Somos quase oito bilhões de pessoas na Terra. Oito bilhões que consomem, que descartam lixo, que usam combustíveis fósseis, etc. Por tudo isto, e especialmente nestas plagas abaixo da linha do Equador, é muito bem-vinda a Embalagem de Kaiak Oceano, da Natura.

Embalagem de Kaiak Oceano, da Natura, ajuda bem-vinda

Que nós saibamos, trata-se da primeira empresa brasileira de grande porte a dar este exemplo para suas congêneres. Já comentamos neste espaço outras iniciativas parecidas, como a ação da atriz Camila Queiroz, em 2019, que em uma postagem no Stories do Instagram, aparece de biquini produzido a partir de lixo plástico retirado dos oceanos.

O biquini que Camila usou, que ajudou a divulgar o problema do plástico nos oceanos, é da Reorder. Marca de moda brasileira fundada em Balneário Camboriú, Santa Catarina, por Isabela Veronezzi, em 2018.

Também comentamos ações de gigantes multinacionais como a Adidas que produz tênis a partir de plásticos retirados do mar, mas de empresas de grande porte nacionais é a primeira vez.

A maioria das pessoas que se preocupam com o meio ambiente já sabe que todos os anos oito milhões de toneladas de plástico vão parar nos oceanos. Mas apenas saber não basta, é preciso agir como Camila, e outros. Foi o que fez a gigante Natura.

Embalagem de Kaiak Oceano feita com resíduo plástico coletado nas praias do litoral brasileiro

É esta atitude que hoje aplaudimos. “A Natura anunciou que as embalagens do perfume Kaiak Oceano são produzidas com resíduo plástico coletado nas praias do litoral brasileiro.”

Kaiak oceano, feito com resíduos de plástico

“Pelo menos 50% do plástico utilizado nas embalagens é retirado do Oceano. O vidro utilizado na produção do frasco também é reciclado.”

Como acontece o recolhimento do plástico?

Como se sabe, a Natura trabalha com cooperativas também na Amazônia. E 4.636 famílias são beneficiadas. São famílias e comunidades que trabalham com extrativismo de sementes como castanha, ucuuba e andiroba, depois usados em produtos da marca.

Sustentabilidade e repartição de benefícios

De acordo com o site da empresa, “Atuar na região de forma sustentável é uma decisão empresarial. Por isso levamos a sério a Repartição de Benefícios (RB), um mecanismo legal que consiste na divisão dos benefícios provenientes da exploração econômica de produto acabado ou material reprodutivo desenvolvido a partir do acesso a patrimônio genético ou a conhecimento tradicional associado.”

“A RB garante uma relação justa entre empresas que atuam com a biodiversidade brasileira – como nós – com as pessoas que vivem na floresta e o patrimônio genético local.”

R$ 53 milhões de 2004 até 2020

“Desde 2004, revertemos cerca de R$ 53 milhões por meio de mais de 90 contratos de repartição de benefícios em todo Brasil. Na Amazônia, 4.636 famílias são beneficiadas. A seguir, conheça alguns dos projetos que contam com nossa participação para a conservação da floresta.”

E não é só. A Natura criou o Instituto Natura, dez anos atrás para investir em educação. Para a empresa “O mundo só será justo, próspero e solidário quando a Educação for de todos e para todos.”

Alguém duvida?

E nos oceanos?

“As cooperativas de cidades litorâneas recolhem os resíduos, impedindo que cheguem até os oceanos, e os enviam para empresas parceiras da Natura que atuam na reciclagem de plástico. O material pós-uso é então transformado em matéria-prima para a composição das tampas de Kaiak Oceano.”

Seis toneladas de plástico por ano a menos

“A empresa pretende utilizar, em um ano por meio desse processo, seis toneladas de plástico reciclado na produção das embalagens. A fim de minimizar ainda mais o impacto ambiental do produto, a Natura optou por selar os cartuchos de Kaiak Oceano sem a utilização de filme plástico descartável. Futuramente, todas as embalagens da linha Kaiak virão sem filme plástico e contarão com tampa de plástico reciclado.”

Fernanda Watanuki, gerente de desenvolvimento de embalagens, afirma que, “como empresa, temos o compromisso de erradicar a poluição e o desperdício causado por esse material. Adotando plástico reciclado em parte da embalagem da nova fragrância, queremos despertar a consciência para o problema do lixo plástico nos oceanos”.

Natura e Grupo Boticário, dois gigantes e seus exemplos

Segundo o jornal Diário do Comércio, “pela primeira vez, duas empresas de capital nacional aparecem no ranking das maiores do mundo em vendas diretas, segundo a agência internacional Direct Selling News 2019. A Natura ocupa o 6º lugar do mundo entre as maiores companhias, enquanto O Boticário estava na 17ª colocação.

Isso dá a dimensão de porte das empresas, e da força de suas ações em razão justamente de seu tamanho. E ambas têm ações vencedoras e inspiradoras para o meio ambiente. Já comentamos neste site a obra do Boticário com sua extraordinária Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza.

Para este site trata-se da mais eficiente e eficaz organização de interesse público sem fins lucrativos voltada ao meio ambiente. Conhecemos de ‘raspão’ a fundação, desde nossa primeira viagem pela costa brasileira, entre 2005 e 2007.

Fundação Grupo Boticário

Quando iniciei a segunda temporada de Mar Sem Fim, TV Cultura (2014 – 2016), em cada Unidade de Conservação visitada eu via o dedo da Fundação: algum biólogo desenvolvendo estudos sobre um tipo de golfinho ameaçado de extinção, a toninha; ou a proteção do mico leão dourado.

Alguns dos melhores trabalhos na costa brasileira

Curiosamente, estas ações eram sempre o que havia de melhor nas abandonadas UCs Federais do bioma marinho. Assim, conheci alguns dos melhores trabalhos na costa brasileira. Do Rio Grande do Sul até o Amapá. Todos patrocinados pela Fundação. Seu conselho, disse-me o ícone do ambientalismo, Maria Tereza Jorge Pádua, ‘reuniu o que de melhor existia’, com pessoas como o Almirante Ibsen de Gusmão (já falecido), Miguel Milano, ela própria, e outras iminências.

Mais tarde, a fim de investigar mais para escrever um post a respeito, quase caí de costas. Ao todo, foram apoiadas 1.583 iniciativas em todo o país… A partir desses projetos, 176 novas espécies foram descritas, 269 espécies ameaçadas de extinção foram estudadas. E 537 unidades de conservação foram beneficiadas, resultando em impactos concretos para a proteção da biodiversidade.

RPPNs mantidas pela fundação

Sem falar nas duas Reservas Particulares do Patrimônio Natural que a empresa mantém, e por meio das quais protege mais de 11 mil hectares dos dois biomas mais ameaçados do Brasil: Mata Atlântica (Reserva Natural Salto Morato, em Guaraqueçaba, litoral do Paraná), e Cerrado (Reserva Natural Serra do Tombador, em Cavalcante, interior do Goiás).

Que a inspiração de  Natura e O Boticário contagiem as grandes empresas brasileiras. Como se vê, elas começaram suas ações em prol do meio ambiente muito antes deste período triste que vivemos. Foram faróis, colocaram a luz onde hoje todos colocam. Que o exemplo prolifere.

Se cada um fizer sua parte, não temos dúvidas de que os problemas persistirão ainda por longo tempo, mas diminuiremos sua intensidade.

Assista ao vídeo da Natura e veja o belo recado sobre os perigos que entopem os oceanos

Imagem de abertura: https://www.embalagemmarca.com.br/

Fontes: https://dcomercio.com.br/categoria/negocios/natura-e-boticario-no-top-20-global-das-vendas-diretas#:~:text=A%20Natura%20ocupa%20o%206%C2%BA,23%20bilh%C3%B5es%20em%20faturamento%20anual; https://www.natura.com.br/blog/sustentabilidade/natura-e-amazonia-nossas-iniciativas-pela-conservacao-da-floresta-e-pelas-pessoas; https://www.embalagemmarca.com.br/2020/09/embalagem-de-kaiak-da-natura-utiliza-plastico-reciclado-retirado-do-mar/.

Indústria do petróleo, tabagismo, e meio ambiente, descubra semelhanças

Repórteres do Mar

O Mar Sem Fim quer a sua colaboração. Não é possível estar em todos os lugares ao mesmo tempo e, com a sua ajuda, podemos melhorar ainda mais o nosso conteúdo. Saiba como colaborar com o Mar Sem Fim.

Comentários Comentários do Facebook

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here