Barco de pesquisa e limpeza é o maior do mundo, conheça

17
23238
views

Barco de pesquisa e limpeza, financiado por milionário, é o maior e mais moderno do mundo

Para começar, ele começou  como pescador. Depois, sensacional ascensão, tronou-se bilionário do petróleo. Agora,  o norueguês  Kjell Inge Røkke quer ajudar os oceanos. Para tanto,  constrói um barco de pesquisa e limpeza que promete ser o maior do mundo!

Imagem do barco de pesquisa Rev Ocean
O Rev Ocean. Imagem, https://www.revocean.org/status/.

Barco de pesquisa e limpeza terá 181 metros, e equipamentos de ponta

Antes de mais nada, o colossal super iate, batizado Rev Ocean, estava programado para iniciar operações em 2020. Contudo, problemas na montagem, aliado à pandemia, transferiram a viagem inaugural. Agora, será  entre 2024 e 2026. Entretanto, até o momento foram investidos cerca de 2 bilhões de dólares.

Imagem da instalação da hélice
A ‘pequena’ hélice do Rev Ocean. Imagem, https://www.revocean.org/.

O barco e os pesquisadores

Antecipadamente, dará aos pesquisadores ferramentas com que  jamais  sonharam. A estrutura foi construída  no estaleiro VARD Tulcea, Romênia. Espen Oeino projetou o  Rev Ocean. Para a Nina Jensen, CEO da empresa, “Estamos ansiosos com grande expectativa pela jornada da REV Ocean para a Noruega. Em consequência, será o próximo estágio de progresso em direção às nossas ambições de desenvolver soluções oceânicas”. 


imagem do navio REV Barco de pesquisa e limpeza

Antes de mais nada, os equipamentos permitirão medições da atmosfera. Ou até a 6.000 metros abaixo da superfície do mar – incluindo, até mesmo, 20 metros abaixo do assoalho marinho!

imagem do navio REV Barco de pesquisa e limpeza
O navio será terminado na Noruega.

Barco de pesquisa e limpeza: minissubmarinos e drones a bordo

Além disso, minissubmarinos e drones, aquáticos e aéreos, igualmente, estarão no navio. além do mais, ainda terá auditório e sete laboratórios. De acordo com o site da embarcação, igualmente, será oferecido para charters. Um modo de gerar renda e contribuir com as  pesquisa.

PUBLICIDADE

imagem do Minissubmarino REV Ocean
O submarino REV Ocean.

Coletando cinco toneladas de plástico por dia, com até 60 pesquisadores a bordo

Mas, esta será sua capacidade emblemática. Talvez, a mais urgente. Isso, quando se quantifica a quantidade de plástico, anualmente, nos oceanos.

Imagem de submarino em ação

Para a ONU, “entre 22% e 43% do plástico usado no mundo inteiro são descartados em aterros (Produção mundial: 310 milhões de toneladas)”. Já, para a Ellen MacArthur Foundation, “pelo menos 8 milhões de toneladas de plástico- equivalentes a um caminhão de lixo por minuto- vazam para os oceanos anualmente”.

 ilustração do navio REV

Novas manchas no Ártico e no Pacífico

Aida assim, para piorar uma nova mancha foi descoberta no Ártico. E, numa área remota do Pacífico, também foi vista outra mancha de plástico. Além de, lixo humano e químico.

Acima de tudo, o tamanho da prova de nossa omissão é estimado em 386,100 milhas quadradas. Ou seja, quatro vezes o tamanho do Reino Unido ou, ainda,  1,5 vezes o tamanho do Texas.

imagem do helicóptero do REV Ocean.
O helicóptero vai ajudar nas pesquisas.

Contudo, o super iate de Kjell Røkke será capaz de coletar e derreter até cinco toneladas de plástico, todos os dias sem, entretanto, emissões nocivas.

Quem é Kjell Inge Røkke?

Dono de 67%  das ações públicas da Aker, conglomerado  de transporte marítimo e perfuração offshoreRokke começou a vender peixe em Seattle, antes de retornar à sua Noruega. Assim, ali construiu uma frota e ganhou reputação como investidor corporativo implacável.

Ilustração mostra barco mapeando o fundo do mar
Mapear o fundo do mar é uma das capacidades do Rev Ocean.

Contudo, em 2016 a companhia diminuiu a exposição ao setor vendendo a participação na empresa de pesca Havsfisk. Isso  o tornou ainda mais rico. Seu patrimônio, segundo a Forbes, é de US$ 2. 7 bilhões.

“O mar me deu grandes oportunidades. Sou grato por isso “

Foi o que declarou Røkke. Do mesmo modo, ele está financiando  o projeto  de seu bolso. Enquanto isso, paga uma soma desconhecida para a compra e manutenção da embarcação, bem como, manter tripulação de 30 pessoas. Entretanto, a equipe de pesquisa poderá contar com até 60 pessoas.

Cientistas e pesquisadores serão convidados a estudar e inovar em questões como mudanças climáticas, sobrepesca, poluição, além de tudo,  extração mineral.

Ele fez bem feito!

VARD, a fabricante, “o desempenho ambiental era importante no projeto da embarcação. O REV será equipado com um “sistema de leme de recuperação de energia, motores de velocidade média. Um sistema de propulsão diesel-elétrico de transmissão direta com pacote de bateria, finalmente, um sistema de limpeza de exaustão”.

PUBLICIDADE

Barco de pesquisa e limpeza, ilustração do navio REV

“Quero devolver à sociedade a maior parte do que ganhei”

Røkke disse à publicação Aftenposen de Oslo: “Quero devolver à sociedade a maior parte do que ganhei. Este navio faz parte disso . O mar cobre 70% da superfície da Terra e não é muito pesquisado”.

Que o exemplo gere frutos, é o desejo do Mar Sem Fim. Assista ao vídeo do barco de pesquisa e limpeza e agradeça Røkke.

Fonte: www.aftenposten.no; http://www.vard.com.

Ilha de Páscoa, autodestruição, parábola de nossa época

Comentários

17 COMENTÁRIOS

  1. Impressionante, vivemos e dependemos totalmente deste Planeta mas mesmo assim de forma consciente, metódica e constante poluímos rios, mares e oceanos, queimamos florestas e destruímos tudo que foi elaborado pela Natureza ao longo de bilhões de anos. Mas a fatura da destruição já chegou é irreversível, infelizmente não há outras opções de Casa, as gerações futuras e atuais pagarão o preço da nossa ganância.

  2. Os plásticos são a praga do Mundo Moderno. Não sei como não proibiram sua utilização em tão larga escala assim como o isopor p embalagens. Quem sabe no Futuro próximo vejam isso. O plástico deve ser utizado de forma restrita , assim como o isopor. Vejam o estado lamentável das praias e Oceanos, com essa poluição.

    • Parece clichê, mas o plástico não é um vilão popr si só. As pessoas, é que não mudam. Tenho uma filha de 4 anos de idade, e desde sempre, dissemos a ela que lixo, se joga no lixo. Hoje em dia, ela mesma chama atenção dos coleguinhas, que jogam lixo no chão. Tudo começa em nós.

    • Luiz Carlos o problema não é o plástico, mas nossos descasos e descartes como jogar a sujeira debaixo dos tapete e fingir que não temos responsabilidades.

      Não sou melhor que ninguém, mas descarto todos os plásticos reduzindo-os no menor tamanho possível e os mantenho no formato final usando fita crepe. Também separo metais e vidros lavados e secos, mas depois que os coloco na rua me eximo de responsabilidades uma vez que as ditas autoridades não me ajudam a ser melhor.

  3. Entre outras providências, a mais simples, rápida e economica é a de limitar a utilização das embalagens de plástico. É imprescindível o rigoroso controle daquelas indispensáveis, como somente vender o produto mediante a entrega da embalagem de plástico anteriormente utilizada.

  4. Pois e’ ,,,,,um dos comentarios diz que precisariamos de mais milhonarios desse tipo para limpar a sujeira que os pobres fazem com seus carros movidos a combustivel fossil.
    O ser humano continua o de sempre, achando que a salvaçao do planeta precisa ser feita,,,MAS PELOS OUTROS

  5. O ser humano é o vírus da doença da terra. Vai se reproduzindo até matar o hospedeiro, não sabe se controlar, não sabe cuidar de seu meio. A estupidez dos sistemas sem reciclagem e sustentabilidade vai nos matar, basta pensar que queimamos o ar que respiramos para obter energia. Oras, isso um belo dia acaba, a natureza se vinga. Já estamos sentindo os efeitos da febre desse organismo doente.

  6. Se houvesse mais ricos com mentalidade semelhante teríamos um incremento valioso na batalha contra a degradação do meio ambiente.Que tal vincular prêmios de loterias a ações deste tipo ?

  7. Excelente, mas…
    Por mais espetaculoso que seja, se recolher 5 Ton/dia todos os dias do ano, serão 1.285 Ton/ano, ou apenas 0,02% do que é despejado anualmente.
    Precisamos mais 4.382 barcos com essa capacidade de limpeza apenas para deixar de aumentar a sujeira.
    Sugiro começar uma lista para juntar 4.382 bilionários.

  8. Bastante sensato uma pessoa que conseguiu se tornar bilionário graças ao mar e agora quer retribuir utilizando os seus recursos financeiros para contribuir na limpeza do mesmo.
    Mas tem milionário que pensa que vai levar toda a sua fortuna para o túmulo ou para a vida além.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here