Salve o Ártico

0
508
views

Salve o Ártico e ajude a salvar nosso planeta!

imagem ártico

Uma pedalada mundial para salvar o Ártico aconteceu no último final de semana. Foi a bicicletada global organizada pelo Greenpeace pela proteção da região.

O Ice Ride aconteceu simultaneamente em 30 países e envolveu mais de 20 mil pessoas que saíram pelas ruas para pedir o fim da exploração de petróleo e da pesca industrial no Ártico e a criação de um santuário no Polo Norte. Cidades de países como Tailândia, Canadá, Bulgária, Chile, Alemanha, entre outros, mostraram apoio à causa.

Ao todo, já são mais de 6 milhões de pessoas de todo mundo que assinaram a petição pedindo a criação do santuário no Polo Norte.

As consequências para esse ecossistema magnífico, com seus povos tradicionais e animais únicos, já são visíveis.

O Ártico tem um papel fundamental na regulação do clima global e está perdendo cada vez mais gelo. Nos últimos oito anos, tivemos os oito recordes de gelo mínimo durante o verão. O gelo do Ártico está desaparecendo rapidamente. Outro dado é que nos últimos 30 anos, perdemos três quartos das calotas polares.

A causa principal do derretimento do Ártico envolve o uso de combustíveis fósseis. O fim do gelo no Polo Norte seria devastador não só para o ecossistema local, como ursos polares, narvais, morsas e outras espécies que vivem lá, mas também para o resto do mundo. O gelo no topo do mundo reflete muito do calor do Sol de volta para o espaço e, assim, mantém todo o nosso planeta resfriado, estabilizando os sistemas climáticos dos quais dependemos para cultivar alimentos. Proteger o Ártico significa proteger a todos nós.

Quem quiser saber mais e assinar a petição basta acessar o site Salve o Ártico.

COMPARTILHAR

Repórteres do Mar

O Mar Sem Fim quer a sua colaboração. Não é possível estar em todos os lugares ao mesmo tempo e, com a sua ajuda, podemos melhorar ainda mais o nosso conteúdo. Saiba como colaborar com o Mar Sem Fim.

Comentários Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here