Rio da Prata, um dos mais poluídos do mundo

5
566
views

Rio da Prata, um dos mais poluídos do mundo

Jornal El Tribuno, de 2017: “Especialistas revelam que a água do rio da Prata representa “perigo biológico” que poderia afetar a água potável.” E mais: “Conteúdo de arsênico e bactérias perigosas que ultrapassam nove mil vezes o limite permitido compõem um coquetel que, se continuar caindo sobre o  Prata, pode afetar a água potável da cidade, segundo estudo elaborado da Universidade de Palermo a pedido do Conselho Econômico e Social da Cidade de Buenos Aires (Cesba). “

imagem do rio da Prata poluído
O drama do Rio da Prata (foto: www.iagua.es)

Água para o consumo humano deve gerar conflitos internacionais

Já o El Dia, junho de 2018 diz que “no curto prazo, a água para o consumo humano deve gerar conflitos internacionais que podem se tornar guerras porque está simplesmente se esgotando. E das reservas existentes uma grande parte está altamente contaminada por resíduos biológicos e químicos, o que inviabiliza para nós, para o habitat marinho e florestal adjacente.”

imagem do rio da Prata poluído

De onde vem a poluição do Prata

Para o El Dia, “a poluição, quase em sua totalidade, é uma conseqüência da atividade humana. Inescrupulosa para o ambiente, e a apatia ou cumplicidade daqueles que, como autoridades públicas, devem controlar. Existem dois tipos de fontes poluentes. Os PONTOS produzidos por fábricas, estações de tratamento de águas residuais, minas subterrâneas, poços de petróleo, petroleiros, etc. E os da poluição DIFUSA, como deposição ácida de ar, tráfego automotivo, poluentes transportados através de rios e poluentes que entram na água através da água subterrânea, etc. Foi recentemente estabelecido que enquanto em áreas úmidas a precipitação aumenta, estas são reduzidas em áreas secas, todas causadas pelo efeito da mudança climática. Isso motiva os cientistas a alertar que uma mudança na distribuição de água doce no mundo está em andamento.

Exemplos de poluentes despejados no Prata

Os piores, são aqueles que têm consequências sobre a saúde humana, como teores de mercúrio, zinco, chumbo e cromo; até 50 vezes acima dos valores legalmente admitidos. A contribuição dos aterros é realizada por 220 deles, em céu aberto ao longo do rio. Por outro lado, 65% das casas na bacia, não têm esgotos e seus resíduos vão diretamente para o rio sem tratamento.

imagem de poluição no rio da Prata
A poluição do Prata. Foto:diariogreenblog.wordpress.com.

Pesca proibida

O visionmaritima.com.uy diz que, “o ponto de contaminação visto por satélite no Rio da Prata, em frente às cidades de Buenos Aires e La Plata, levou às autoridades pesqueiras argentinas, há mais de 3 anos, a proibirem a pesca em uma grande área do ‘Medio  Prata.” E reclama que  não haja nenhuma medida conhecida para neutralizar a contaminação em si, que continua a se espalhar por todo o rio.”

imagemde morticínio de peixes no rio da Prata
Morticínio no Prata. (Foto:http://eltigreverde.blogspot.com)

Riachuelo, um afluente mal visto…

O site uruguaio www.visionmaritima.com.uy diz que uma das fontes de poluição é “o Riachuelo. Com bom fluxo, este rio  desemboca no Prata e, consequentemente, derrama o produto de suas águas, a ponto de alterar as condições de qualidade do “Rio Grande Como Mar”. .

imagem de mapa do rio da Prata
Banhar dois países da América do Sul não é bolinho, não.

Notícias recentes, referentes ao saneamento do Riachuelo, informam que das 23 mil empresas que despejam seus resíduos, apenas 9 mil foram inspecionadas. Verificou-se que 350 poluem.”

Rio da Prata, cinco milhões de pessoas dependem dele

www.fororiodelaplata.com.ar: “estamos falando de um rio que é a fonte de água para consumo humano (cerca de cinco milhões). Além de irrigação, recreação e uso industrial. A fauna e a flora já estão seriamente comprometidas. Em qualquer lugar ao longo de toda a costa, com acesso de pessoas – o cartaz onipresente é o que informa que é proibido nadar no Rio da Prata por estar contaminado.

Imagem de poluição hídrica

Segundo o WWF, o Prata está entre os 10 rios mais poluídos do mundo. Os outros são: Salween – Danubio – Grande – Bravo (EUA) – Gange – Indo Nilo – Lago Victoria – Cuenca Murray – Darling (Austrália) – Mekong Bacia – Rio Lancang e do Rio Yangtze.

Assista e conheça outras formas de contaminação do Prata:

Fontes: https://www.eldia.com/nota/2018-6-2-1-44-41-el-rio-de-la-plata-la-contaminacion-y-la-calidad-del-agua-que-consume-la-ciudad-opinion; http://www.visionmaritima.com.uy/noticias/actualidad-noticias/contaminacion-en-el-rio-de-la-plata/; http://www.fororiodelaplata.com.ar/la-contaminacion-en-el-rio-de-la-plata-continua-en-aumento/; http://www.visionmaritima.com.uy/noticias/actualidad-noticias/contaminacion-en-el-rio-de-la-plata/; http://eltigreverde.blogspot.com/2012/01/rio-de-la-plata-aparecieron-muertos.html.

Foto de abertura: http://eltigreverde.blogspot.com.

COMPARTILHAR

Repórteres do Mar

O Mar Sem Fim quer a sua colaboração. Não é possível estar em todos os lugares ao mesmo tempo e, com a sua ajuda, podemos melhorar ainda mais o nosso conteúdo. Saiba como colaborar com o Mar Sem Fim.

Comentários Comentários do Facebook

5 COMENTÁRIOS

  1. Por que se preocupar com isto?
    Afinal, se querem liberar a maconha e a cocaína ou demais drogas, por que se preocupar com os rios e a poluição?

  2. A fabricação, venda e uso de embalagens descartáveis precisam ser proibidos. Nos anos 60 eu era criança e elas não eram comuns. Nós vivíamos sem maiores problemas. Sacos plásticos e garrafas pets estão entre os mais poluidores. É urgente acabar com essa imundície!

  3. “a água para o consumo humano deve gerar conflitos internacionais que podem se tornar guerras porque está simplesmente se esgotando.”

    E não será num futuro distante, mas nos próximos trinta a cinquenta anos, já que falar em controle de natalidade tem as vertentes contrárias como dos direitos de reproduzirem feitos ratos e, em países ricos estão precisando de jovens para pagarem a aposentadorias dos velhos que insistem tem não morrer. Parece insensível??? Os que hoje são jovens e viverão mais uns trinta ou mais anos sofrerão com as faltas d’água e todas as consequências inerentes como escassez de alimentos e subidas vertiginosas de preços. Há poucos anos passados os brasileiros riam a ver que no China e em outros países se consomem escorpiões ou mesmo baratas, mas é bom que os jovens repensem nos alimentos porque o futuro se mostra nada agradável comparando aos dias atuais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here