Matança de tubarões em pesca esportiva

0
2133
views

Matança de tubarões na pesca esportiva na Bahia

A associação Divers for Sharks – Mergulhadores pelos Tubarõesem nome de seus quase 150.000 apoiadores em 85 países, enviou carta aberta protestando contra a matança de tubarões em torneios de pesca baiano. Este site apoia o protesto em gênero, número e grau. Não é possível que pescadores esportivos, que têm informação, contribuam para a matança indiscriminada de tubarões considerado um dos grandes problemas mundiais dos oceanos.

Matança de tubarões, image de tubarão mako no mar
Matança de tubarões: o tubarão Mako está na lista vermelha das espécies ameaçadas de extinção

Campeonato baiano recebe críticas

A atitude do clube baiano foi motivo de críticas de todos os lados. A internet e as redes sociais estão repletas de protestos. Não é para menos. Está na hora das pessoas que gostam do mar respeitarem um pouco mais o mais importante ecossistema marinho.

Protesto pela matança de tubarões em campeonato de pesca na organizado pelo Yacht Clube da Bahia

HORA DE REVER PRÁTICAS PREDATÓRIAS EM CAMPEONATOS E CLUBES NÁUTICOS

Na manhã desta última sexta-feira (11), às vésperas do torneio de pesca oceânica do Yacht Clube da Bahia, foi desembarcado um tubarão Mako medindo aproximadamente três metros e pesando mais de 200kg. A excitação de alguns sócios, ao ver o animal abatido, se misturou à decepção de outros. A campanha Divers for Sharks – Mergulhadores pelos Tubarões, em nome de seus quase 150.000 apoiadores em 85 países, incluindo empresários e profissionais do Mergulho Recreativo, e os especialistas em conservação que subscrevem esta Nota, desejam expressar também sua decepção e preocupação com o que parece ser uma falta de consciência do meio náutico baiano e brasileiro para com a situação dos tubarões e raias.

Yacht Clube da Bahia promove evento onde espécies vulneráveis são mortas

O Yacht Clube tem orgulho de ser a única instituição da Bahia autorizada pelo Ministério da Pesca e Aquicultura a organizar campeonatos de Pesca Esportiva, e, no seu site, afirma o seu foco “na preservação das espécies e responsabilidade social” através do incentivo à prática do Pesque e Solte. O Clube tem ainda outras iniciativas ambientais relevantes, pelo que nos entristece ainda mais que esteja promovendo um evento no qual espécies vulneráveis e ameaçadas estejam sendo mortas, dando uma sinalização equivocada à sociedade como um todo em relação a esses animais.

Tubarão Mako – na lista vermelha de espécies ameaçadas

No caso em tela, o tubarão Mako (Isurus oxyrhincus) está na lista vermelha das espécies ameaçadas de extinção, listado pela IUCN (União Mundial para a Conservação da Natureza) como vulnerável. A população global continua em declínio, e a espécie sofre inúmeras pressões antrópicas, entre elas a pesca oceânica.

Matança de tubarões, imagem de tubarao-mako pescado em campeonato baiano
Matança de tubarões: o tubarão mako pescado no campeonato baiano (Foto: leitor Metro 1)

Tubarão Mako: ciclo reprodutivo extremamente longo, maturidade sexual aos 18 anos

O ciclo reprodutivo do tubarão Mako, como de diversas outras espécies de tubarões e raias, é extremamente longo, o que dificulta a conservação da espécie. A maturidade sexual é atingida apenas aos 18 anos nas fêmeas, e o tubarão dá a luz a filhotes vivos após um longo tempo de gestação, que dura de 15 a 18 meses.

40% das espécies de tubarão estão ameaçadas

Quase 40% de todas as espécies pelágicas de tubarão encontram-se ameaçadas de extinção. Um artigo científico publicado recentemente na revista Marine Policy estima que cerca de 100 milhões de tubarões são perdidos para a pesca todos os anos. E nesta última sexta-feira,  o Yatch Clube da Bahia se juntou a esta estatística alarmante.

O tubarão Mako

O tubarão Mako se diferencia de outros peixes de profundidade pela resistência a mudanças súbitas de profundidade e pressão. A espécie, portanto, tem altas taxas de sobrevivência pós-soltura (mais de 90%). E aos que se preocupam com “ataques de tubarão”, é importante salientar que, apesar de ser uma espécie de grande porte, o tubarão Mako é uma espécie de hábito oceânico, e o encontro com banhistas é raríssimo, assim como são extremamente raros os incidentes com tubarões em geral.

Tubarões são aliados na conservação dos oceanos

Os tubarões são importantes aliados para a conservação dos oceanos e manutenção da própria pesca enquanto atividade comercial e esportiva. Estes predadores de topo de cadeia são responsáveis pela manutenção do equilíbrio no ecossistema marinho, se alimentando de peixes e invertebrados que estejam menos aptos à sobrevivência, garantindo a saúde dos estoques pesqueiros de todo o mundo. Matar tubarões é diminuir a saúde dos oceanos.

Yacht Clube da Bahia devia proibir a captura de tubarões

Esperamos que o Yacht Clube da Bahia, enquanto uma instituição importante para o esporte náutico nacional, demonstre na prática o seu compromisso com a preservação das espécies, proibindo a captura de tubarões e raias em seus eventos esportivos, e considere proibir todo o desembarque de tubarões e raias em suas dependências. Que no futuro, o Clube incentive os seus sócios a devolverem ao mar quaisquer tubarões ou raias capturados durante, antes ou depois dos campeonatos, e ajude a educar seus sócios e frequentadores para a necessidade de proteger esses animais ameaçados.

Quem assina o protesto

José Truda Palazzo, Jr. – Mergulhador Advanced Open Water PADI

Paulo Guilherme Alves Cavalcanti – Instrutor de Mergulho SSI Platinum 5000

Co-fundadores, Divers for Sharks – Mergulhadores pelos Tubarões

MSc. Luciana Leite

Mestre em Conservação Ambiental pela Cambridge University, UK

Doutoranda na Oregon State University, USA

MSc. José De Anchieta Nunes

Mestre em Ecologia e Biomonitoramento pela Universidade Federal da Bahia

Doutorando no Programa de Pós Graduação em Ecologia e Biomonitoramento, Universidade Federal da Bahia

Dr. Cláudio Sampaio, PhD

Professor da Universidade Federal de Alagoas – Unidade de Ensino Penedo, Engenharia de Pesca

Golfinho-cor-de-rosa da Ásia risco de extinção

COMPARTILHAR

Repórteres do Mar

O Mar Sem Fim quer a sua colaboração. Não é possível estar em todos os lugares ao mesmo tempo e, com a sua ajuda, podemos melhorar ainda mais o nosso conteúdo. Saiba como colaborar com o Mar Sem Fim.

Comentários Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here