Concentração de algas na costa do Rio em imagem divulgada pela Nasa

2
1166
views

Concentração de algas na costa do Rio em imagem divulgada pela Nasa

Concentração de algas na costa do Rio : manchas escuras ocupam 800 quilômetros da costa brasileira.

Satélite da Nasa fotografou concentração de algas na costa do Rio

Um satélite da Nasa fotografou em janeiro deste ano imagens da costa do Rio de Janeiro que mostram a concentração de algas marítimas. As manchas escuras ocupam 800 quilômetros da costa.

Concentração de algas na costa do Rio, imagem da nasa de algas na cota do RJ

Identificaram a alga como uma Myrionecta rubra

De acordo com informações da Nasa, biólogos identificaram a alga como uma Myrionecta rubra (conhecida como Mesodinium rubrum). Um protista autótrofo – que produz o próprio alimento – e não é tóxico.

Vistas de perto as algas têm cor vermelho escuro. Mas aparecem quase pretas na imagem de satélite por causa da forma como o oceano espalha e absorve a luz solar.

Espuma na orla do Rio

No dia 20 de janeiro os cariocas se surpreenderam com uma onda de espuma branca que tomou conta da orla da praia. A espuma desencorajou alguns banhistas a entrarem no mar.

Em nota o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) esclareceu que a espuma não é tóxica e não oferece riscos. O fenômeno natural

é decorrente da decomposição de algas e microorganismos, associado ao mar mais agitado, e não necessariamente indicativo de que as praias estejam impróprias para o banho

Algas saiba mais

O site coladaweb.com diz que ” elas constituem um grupo bastante heterogêneo. As algas podem ser unicelulares ou pluricelulares. Microscópicas ou macroscópicas e de coloração bastante variável. São encontradas em vários tipos de ambientes:  lagos, rios, solos úmidos, casca de árvores e principalmente nos oceanos. Daí o nome alga, palavra que vem do latim e significa ‘planta marinha’.

Algas e nossa saúde

O site greenme.com.br diz que “estas ervas marinhas são usadas a milênios pelos ocidentais. Tanto na medicina alternativa quanto na cosmética”. E mais: ” Auxiliam o aumento do sistema imune, fornecendo proteinas e protegem contra doenças infecciosas (graças à ação do iodo e das vitaminas). Regulam o metabolismo; limpam e desintoxicam o organismo, e o sangue ( por conta da ação das vitaminas, sais minerais e aminoácidos), entre outros benefícios.

 

Peixe elétrico da Amazônia inspira criação de robôs

Repórteres do Mar

O Mar Sem Fim quer a sua colaboração. Não é possível estar em todos os lugares ao mesmo tempo e, com a sua ajuda, podemos melhorar ainda mais o nosso conteúdo. Saiba como colaborar com o Mar Sem Fim.

Comentários Comentários do Facebook

2 COMENTÁRIOS

    • Oi, Adriana, tudo bom? Desculpe a demora na resposta. Eu estava gravando programas para minha nova série que estréia em Março na TV Cultura, desta vez com foco nas 62 UCs Federais da zona costeira…Bom, que eu saiba isto acontece devido ao maior derrame de esgotos não tratados. Aprendi que quando isto acontece há uma proliferação de certo tipo de algas. Elas aproveitam o esgoto para se alimentarem, causando esta “explosão” que muitas vezes gera a maré vermelha. Em casos mais graves até mesmo o surgimento de uma ‘zona morta’ por falta de oxigênio. Enfim, coisas deste Brasil…bjs, volte sempre.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here