Peixe elétrico da Amazônia inspira criação de robôs

0
922
views

Peixe elétrico da Amazônia inspira criação de robôs

Cientistas de uma universidade americana criaram um robô subaquático a partir da análise de características de um peixe elétrico da Bacia Amazônica.

peixe elétrico, imagem de peixe elétrico da Amazônia
O peixe elétrico da Amazônia

Peixe elétrico da Amazônia: ituí-cavalo ou Apteronotus albifrons

O ituí-cavalo (Apteronotus albifrons) é um peixe de hábitos noturnos que vive na região amazônica. Ele é cego, mas consegue emitir uma leve corrente elétrica na água para determinar como é o ambiente onde está.

Estes peixes têm receptores distribuídos pelo corpo. Isso permite que “sintam” o ambiente a partir da corrente emitida. Pesquisadores da Universidade Northwestern acreditam que essas características ajudam no desenvolvimento de uma nova geração de robôs autônomos que operam debaixo d’água.

A partir do ituí-cavalo, os pesquisadores criaram robôs que conseguiram se mover em meio a destroços e na escuridão total.

Peixe elétrico, imagem do pesquisador Malcolm MacIver
O pesquisador Malcolm MacIver

Campo elétrico

Malcolm MacIver estuda o ituí-cavalo há anos. Ele decifrou seus sistemas sensorial e de movimento. Para o pesquisador é possível aprender com estes peixes.

Eles não usam a visão para caçar durante a noite nos rios da bacia do Amazonas, e seus movimentos em meio a raízes amontoadas e florestas inundadas tem que ter uma precisão incrível

pese elétrico, imagem de sensores espalhados em robôs

Sensores foram espalhados no robô, de maneira semelhante ao corpo do peixe elétrico

Propulsão

Além de reproduzir a forma com que o peixe reage aos obstáculos, MacIver também quer copiar a técnica de propulsão do ituí-cavalo. O  peixe elétrico se move enviando ondas através da longa nadadeira na barriga.

De todas as nossas simulações, agora temos relações matemáticas entre coisas como frequência e amplitude da onda e o quanto de propulsão você consegue. Então agora podemos transformar isto em tecnologia e fazer funcionar

No momento, o laboratório da Universidade Northwestern conseguiu criar uma plataforma robótica que reproduz a capacidade sensorial do peixe e outra que consegue imitar a capacidade de locomoção. Oobjetivo agora é juntar estas duas capacidades em um único dispositivo.

Saiba mais sobre a Amazônia onde um oceano subterrâneo foi descoberto.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here