Degelo na Groenlândia em uma única foto

7
6965
views

Degelo na Groenlândia em uma única foto

Imagem do degelo na Groenlândia
O degelo na Groenlândia será mesmo irreversível? Imagem de Steffen Olsen.

Esta é a próxima foto icônica. Ela está rodando o mundo ao mostrar os efeitos da urgência climática, o degelo na Groenlândia. Foi feita dia 13 de junho no noroeste da Groenlândia. O autor é o cientista dinamarquês Steffen Olsen, do Danish Meteorological Institute.
A foto alerta também para os desafios para a pesquisa na região, com as mudanças de áreas de pesquisas e estações meteorológicas, por exemplo. O Ártico está, literalmente, derretendo. Navios já começam, pela primeira vez, a cruzar o oceano ártico antes fechado pelo gelo.

Degelo na Groenlândia, no fiorde Inglefield Bredning

A foto, tirada no fiorde Inglefield Bredning, mostra a água em cima do era gelo. Olsen disse que, antes, aquilo era uma camada de gelo de 1,2 metro de espessura. Pelo Twitter o pesquisador também lembrou que ¨as comunidades da Groenlândia dependem do gelo marinho para o transporte, caça e pesca.¨ E que eventos extremos, como este degelo abrupto, requerem atenção redobrada para o Ártico.

A mudança é assustadora mesmo. Para se ter uma ideia, na semana passada, a temperatura na Groenlândia chegou a 17 Graus Celsius, sendo que a máxima nesta época é de 3,2 graus Celsius.

Groenlândia já perdeu 30% do seu gelo marinho

A Groenlândia já perdeu 30% do seu gelo marinho. E 63% das geleiras do país estão em retrocesso. Especialistas ouvidos pelo El Pais, como o pesquisador e diretor de campanha no Ártico, Andrés Barbosa, alertam que o derretimento prematuro traz muitas consequências. Uma delas é  a alteração do equilibro entre temperatura e salinidade da água marinha, e o aumento do nível do mar. Ao se reduzir a camada de gelo que reflete o sol, temos um aumento da radiação solar.

Financiamento ao combate às mudanças climáticas

A foto foi publicada quatro dias antes do início da reunião preparatória da COP 25, em Bonn, Alemanha, que reuniu especialistas, cientistas e negociadores para destravar temas como o financiamento ao combate às mudanças climáticas, e o mercado de carbono.

A única opção

Logo na abertura do evento, a secretária-executiva da Convenção do Clima da ONU, a mexicana Patrícia Espinosa, reafirmou a urgência e a importância de chegar a conclusões durante a reunião: ¨Nós estamos literalmente numa emergência climática. Esta é a batalha das nossas vidas. A única opção que temos é caminhar para um futuro de baixas emissões¨.

A próxima Reunião do Clima da ONU, COP 25, será realizada em Santiago, no Chile, de 2 a 13 dezembro de 2019.

Fontes: https://twitter.com/RasmusTonboe/status/1139504201615237120: http://www.observatoriodoclima.eco.br/reuniao-preparatoria-para-cop25-comeca-em-bonn-sob-alerta-de-emergencia-climatica/; https://brasil.elpais.com/brasil/2019/06/18/ciencia/1560863265_359643.html

Limpeza subaquática, conheça a maior do mundo

Repórteres do Mar

O Mar Sem Fim quer a sua colaboração. Não é possível estar em todos os lugares ao mesmo tempo e, com a sua ajuda, podemos melhorar ainda mais o nosso conteúdo. Saiba como colaborar com o Mar Sem Fim.

Comentários Comentários do Facebook

7 COMENTÁRIOS

  1. Melhor que os textos do Mesquita são os comentários dos aloprados que se julgam gente capacitadas a flatular. O lado bom é que podemos ver como o Bosó chegou ao poder em vista de tantos ignorantes que sufragaram seu nome.

    • Talvez o floquinho acima esteja falando de meu texto…
      Pode ser que não tenha informação suficiente…

      Vamos nutrir com um documentário interessante, apresentada em uma filial do PSL chamada History Channel…
      https://www.youtube.com/watch?v=Sn-egbTt9GU&t=43s

      Se necessário for, posso apresentar alguns livros para leitura, também da equipe do Bozo, Como:
      O Acaso e a Necessidade
      Origem das Espécies
      Só para iniciar…

  2. Que falta conhecer ciência faz para esses articulistas.

    Essa foto é de um fenômeno natural, chamado degelo, que ocorre todo o ano na Groenlândia

    Essa visão criacionista e antropocêntrica apresentada insistentemente pelo Mar sem Fim merece uma resposta que, claro, será censurada…

    A vida que existe no planeta Terra se formou esperando e convivendo com um planeta mutante, por isso é tão importante a variabilidade genética, para garantir a persistência da vida em um planeta onde não só os continentes se movem, como segue uma orbita elíptica ao redor do sol e com mais de 10 movimentos associados a sua rotação e translação e o movimento do sistema solar em relação a via Láctea.
    O planeta Terra se formou antes de ter a Lua, que colidiu e desfez os corpos celestes dando origem ao sistema Terra-Lua atual. No início a proximidade era tanta que os oceanos seguiam o rastro lunar em ondas de talvez kilometros de altura.
    A atmosfera e os oceanos da Terra, antes da Vida, tinham composição diferente da atual. O oxigênio e a oxidação do Ferro que tornaram nossa atmosfera azul tal qual os oceanos, é resultado da fotossíntese que liberou Oxigênio molecular e precipitou o ferro nos continentes. O mar, antes da vida, tinha cor oliva.
    O surgimento de plantas arbóreas criou o carvão, pois, no início, nenhum ser vivo era capaz de digerir a celulose. Isso veio bem depois.
    Com tudo isso, creditar ao ser humano tudo o que ocorre hoje na Terra é uma visão criacionista e antropocêntrica.
    A vida não corre risco na Terra por causa da humanidade, ela corre risco por causa do envelhecimento solar.
    Para se certificar disso basta lembrar que o asteroide que colidiu com a Terra 60 milhões de anos atras, não acabou com a vida, mas, apenas com os dinossauros..

  3. Essa foto foi publicada no ano de 1984 por dois pesquisadores Dinamarqueses. Ainda que ela seja meramente ilustrativa do que está ocorrendo agora (o que não é, pois afirma-se que ela foi tirada agora), ela não confirma o aquecimento global, pois o degelo da Groenlândia (um efeito do verão mais quente, que de vez em quando ocorre) já ocorria em 1984, ou seja há 35 anos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here