Bruno Covas vai proibir canudinhos de plástico, só eles?

2
1136
views

Bruno Covas vai proibir canudinhos de plástico, por que só eles, prefeito? Seja mais ousado, São Paulo exige!

São Paulo é a terra dos Bandeirantes, aqueles matutos que aumentaram o tamanho do Brasil com sua bravura e ousadia. É a terra dos que se levantaram contra a ditadura Getulista, e foram à luta por uma Constituição para todos os brasileiros. Como você sabe, prefeito Bruno Covas, São Paulo é terra dos que não se deixam conduzir; NON DUCOR DUCO, está estampado no brasão da cidade. Bruno Covas vai proibir canudinhos de plástico. Por que só eles, prefeito? Aja com ousadia, como os paulistas sempre agiram!

imagem de canudinhos de plástico
Bruno Covas vai proibir canudinhos de plástico.

São Paulo está atrasada, prefeito Bruno Covas

Caro prefeito, convenhamos, demorou demais pra vocês tomarem esta decisão. São Paulo ficou atrás de Rio de Janeiro, que aprovou esta medida em julho de 2018. E não foi só o Rio, cidades como Fortaleza, Salvador, Camboriú (SC), Ilhabela (SP), Santos (SP), Rio Grande (RS) e todo o estado do Rio Grande do Norte já sancionaram leis de proibição dos canudos e de outros plásticos descartáveis. Na qualidade de primeiro jornalista brasileiro a trazer o problema do plástico nos oceanos para nosso atrasado País, nossa sugestão é que o senhor seja de fato um progressista. Segundo li na imprensa, ‘na avaliação interna do Executivo, a proibição aos canudos pode ajudar a gestão Covas na construção de uma imagem pública progressista’. Pois saiba que só proibir canudinhos não vai ajudá-lo, não. Isso é apenas obrigação.

Bruno Covas vai proibir canudinhos de plástico: conheça o projeto de São Paulo

É de autoria do vereador Reginaldo Tripoli (PV), e prevê multa que pode atingir R$ 8.000,00 em caso de reincidência. A lei será aplicada a hotéis, restaurantes, bares, padarias, clubes noturnos e eventos musicais. O projeto tramita na Câmara Municipal e aguarda a segunda votação que deve ocorrer ainda no primeiro semestre. Bruno Covas disse à Folha de S. Paulo ‘que a prefeitura aguarda a redação final do projeto de lei para se manifestar. Mas vê com bons olhos toda iniciativa para reduzir nossa dependência dos derivados de petróleo.’

O Mar Sem Fim faz um reparo

‘Reduzir nossa dependência dos derivados de petróleo’ é o de menos, senhor prefeito. Medidas como esta diminuem a brutal poluição em toda e qualquer cidade brasileira onde for adotada. O prefeito deve ter visto a grotesca foto do Tietê publicada estes dias pela imprensa, não? Aquilo é de envergonhar qualquer cristão. Veja, prefeito, a brutal quantidade de plástico!

imagem de poluição plástica no rio Tietê
Bruno Covas vai proibir canudinhos de plástico. Foto: Defesa Civil, Salto

Progressista é ser favorável às transformações, às reformas, é ser moderno

E ser moderno, prefeito, é a preocupação mundial com os oceanos, o mais importante ecossistema da Terra, sem o qual não haveria vida. Esta é a grande discussão mundial. Infelizmente, o Brasil passa ao largo dela, devido ao atraso de nossos agentes políticos sempre a reboque das tendências mundiais. Hoje, mais de 15 países já baniram o plástico. Roterdã, na Holanda, em breve vai testar o uso de plástico recolhido dos oceanos para pavimentar ruas, prefeito. Isso sim é ser progressista! Enquanto países e cidades modernas se esforçam para mitigar o problema do plástico, cientistas estudam produzir bactérias que comam o material, tal é a grandeza do problema. Outros vão além, e estudam produzir um tipo de bioplástico a partir da casca de camarões, isso sim, é ser moderno!

A sugestão do Mar Sem Fim para o prefeito entrar para a história como ‘progressista’

Se é isso mesmo que o senhor quer, prefeito, aja com ousadia e proíba copos, xícaras, pratos e talheres de plástico, em todas as escolas municipais, nas creches, nas repartições públicas da prefeitura, na Câmara Municipal, etc. Converse com os vereadores de sua bancada, mostre a eles as tendências mundiais, o que cidades como Los Angeles, a mais avançada no mundo, já fez a este respeito. Estude o que estão fazendo lá fora, prefeito, e traga as novidades para São Paulo. São Francisco, por exemplo, proibiu garrafas plásticas pequenas. Ninguém vai morrer por tomar água em garrafas grandes, a União Européia se prepara para proibir todo tipo de plástico de uso único até 2021, e assim por diante. Proibir canudinhos é obrigação. Avance, prefeito, e entre para a história.

Fontes: https://www.bemparana.com.br/noticia/prefeito-bruno-covas-vai-proibir-canudinhos-plasticos-na-cidade-de-sao-paulo; https://www.gazetaonline.com.br/noticias/brasil/2018/06/canudinhos-de-plastico-sao-banidos-no-rio-de-janeiro-1014134832.html.

Equipe do Ministério do Meio Ambiente decepciona

Repórteres do Mar

O Mar Sem Fim quer a sua colaboração. Não é possível estar em todos os lugares ao mesmo tempo e, com a sua ajuda, podemos melhorar ainda mais o nosso conteúdo. Saiba como colaborar com o Mar Sem Fim.

Comentários Comentários do Facebook

2 COMENTÁRIOS

  1. E porque nao deixar maquinas, como na Alemanha, que sao depositados os plasticos e a pessoa recebe creditos. Como o Estado brasileiro é muquirana, que pelo menos retire das ruas incentivando de outra forma as pessoas. Como “militante” do Mar Sem Fim o Sr sabe que existem, inclusive, organizações de defesa da vida marinha que vendem camisetas e outros produtos promocionais feitos a base de plastico reciclado. Poderiamos produzir com o tecido reciclado uniformes escolares, roupas a desabrigados, etc……mas, pedir que funcionarios publicos ou mesmo filhos de caudilhos como o Sr Bruno Covas é pedir demais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here