Atol, conheça a formação, beleza, e biodiversidade

1
1888
views

Atol, você é capaz de dizer o que é,  como são formados, e quais os mais emblemáticos dos oceanos?

De acordo com o dicionário a palavra atol, um substantivo masculino, significa um “recife de forma elíptica, com laguna central, que se forma distante da costa; recife circular.”

Mas não é tão simples assim. Conheça o …

Atol do ponto de vista da geografia

Um atol  é uma ilha oceânica em forma de anel com estrutura coralínea e de outros invertebra­dos. Seu in­terior abriga uma lagoa. Normalmente o processo de criação começa por uma ilha vulcânica. Depois da explosão, a lava  chega até o mar dando sustentação a  uma estrutura de recifes costeiros que começa a se formar. Os recifes tendem a sair para fora da boca do vulcão buscando águas ricas em nutrientes. Aos poucos, vai formando uma barreira em volta de todo o vulcão submerso. Segundo a National Geographic, às vezes um atol conta com várias ilhotas. Os canais que se formam entre elas servem de ligação entre a laguna e o mar aberto.

Neste vídeo você aprende com uma ilustração de menos de 1’30”.

Atóis:  só em águas tropicais, saiba por quê

Só existem recifes de coral em águas tropicais porque “tais organismos (chamados de corais hermatípicos) reproduzem-se apenas em águas quentes em um estreito limite de temperatura,” explicam os especialistas Abilio Soares Gomes e Roberto Villaça, do Programa de pós- graduação em Biologia Marinha, da Universidade Federal Fluminense.

“A Água também deve ser rasa já que o crescimento desses corais depende da associação com certas algas que precisam da luz solar”, reforçam os professores.

O maior atol do mundo

Quem responde é o wikipedia: Kiritimati ou ilha Christmas é uma ilha do Pacífico, parte da república de Kiribati, uma vítima do aquecimento global.  É considerada o maior atol do mundo. Tem 642 km² de superfície emersa, o que representa 70% do território de Kiribati.

Imagem do atol Kiritimati, o maior do mundo
Kiritimati, o maior do mundo (foto: wikipedia)

É o primeiro local habitado do mundo a ver o nascer de cada dia, já que usa o fuso horário UTC+14 .Consequentemente, é  o primeiro país a mudar de ano. Tem cerca de cinco mil habitantes.

Atol no Brasil

É curioso, mas o Atlântico Sul tem um único atol, é o atol das Rocas, que fica no litoral do Rio Grande do Norte. Quem o conheceu, como Darwin, na viagem do Beagle, fica encantado com sua beleza e biodiversidade.

imagem do atol das Rocas
O Atol das Rocas irradia beleza

Darwin descreveu o atol das Rocas em seu célebre diário da viagem, que se tornou o clássico, A Origem das Espécies:

começou pela formação de um recife costeiro de corais ao redor de uma ilha vulcânica. À medida que esta ilha vai afundando o recife vai se acumulando e crescendo para fora em busca de águas mais ricas em nutrientes e transformando-se em um recife de barreira. A parte central, com menor circulação de água fica preservada como uma laguna interior

imagem de piscinas cercadas por corais no atol das Rocas
Piscinas internas cercadas por corais no Atol das Rocas

A biodiversidade do Atol das Rocas

Em geral a fantástica biodiversidade dos atóis não se resume à vida marinha. Normalmente eles são pródigos em aves marinhas, e aves marinhas migratórias.

imagem de aves marinhas no atol das rocas
A avifauna de Rocas

Em alguns atóis existem espécies endêmicas. Estas imagens demonstram bem a beleza da avifauna do atol das Rocas.

imagem de aves marinhas no atol das rocas
E, então, impressiona, não?

Bikini: o Atol que virou alvo nuclear

Ele fica no oceano Pacífico, sua falta de sorte é que era longe de tudo e desabitado. O Atol de Bikini faz parte da República das Ilhas Marshall, um país insular, com 36 ilhas, localizado na Micronésia. A primeira explosão nuclear aconteceu em 1946. Entre julho de 1946, e julho de 1958, o pobre atol recebeu nada menos que 20 bombas de hidrogênio e nucleares.

imagem do atol de Bikini durante explosão nuclear

Vejam como o mar tem sido desprezado até bem pouco tempo. E isso é generalizado. O desrespeito ainda persiste na vasta maioria dos países do mundo.

Midway, o atol onde as aves marinhas morrem por ingestão de plástico!

Midway, também fica no Oceano Pacífico. Trata-se de um conjunto de ilhas que fica a mais de dois mil quilômetros do continente mais próximo. Mesmo assimmilhares de albatrozes morrem por inanição. Os pais dos filhotes confundiram o lixo flutuante com comida.

Imagem de estômago de albatroz cheio de plástico no atol de Midway
Mesmo estando a dois mil km de distância da terra mais próxima, o plástico chega ao minúsculo atol. Por falar nisso, vc recicla o seu?

Atóis  do Índico

Pacífico e Índico. Os dois foram os mais contemplados no quesito quantidade de atóis. No Índico ficam dois países insulares formados por atóis. A República das Maldivas, formada por 1.196 ilhas, apenas 203 habitadas; as ilhas estão agrupadas em 26 atóis. O outro é a República das Seichelles, composto de 115 ilhas distribuídas entre vários arquipélagos.

imagem de atol em Seichelles
Em comum, além da biodiversidade, a grande beleza dos atóis. Seichelles. (foto: www.kangaroo.com.br)

Está localizada a norte e nordeste de Madagascar. E ainda existem os atóis do arquipélago do Chagos, e do Peros Banhos.

Atóis do Pacífico

São tantos que não haveria espaço para citar todos. Vamos aos mais emblemáticos, começando pelos atóis dos Estados Federados da Micronésia; os das ilhas Salomão; da Polinésia Francesa; da Nova Zelândia; de Kiribati; das ilhas Cook e assim por diante. São milhares de atóis espalhados pelo maior oceano da Terra.

imagem de atol na polinésia francesa
Polinésia Francesa, que tal? (foto: http://maravilhana.blogspot.com.br)

Imagem de abertura: Atol das Rocas

Fontes: https://pt.wikipedia.org/wiki/Atol; https://www.researchgate.net/publication/268741576_O_Atol_das_Rocas_Ecossistema_unico_no_Oceano_Atlantico_sul; https://www.nationalgeographic.org/encyclopedia/atoll/.

Conheça a campanha da ONU contra o lixo plástico e os problemas que causa nos oceanos

COMPARTILHAR

Repórteres do Mar

O Mar Sem Fim quer a sua colaboração. Não é possível estar em todos os lugares ao mesmo tempo e, com a sua ajuda, podemos melhorar ainda mais o nosso conteúdo. Saiba como colaborar com o Mar Sem Fim.

Comentários Comentários do Facebook

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here