Rebio de Santa Isabel, Espírito Santo

0
989
views

Rebio de Santa Isabel, Espírito Santo

Preservar a natureza, livrando-a, o quanto possível, da interferência humana; objetivo da Rebio de Santa Isabel, no Sergipe. Proteger a fauna local e áreas de desovas de tartarugas marinhas;  lagoas, dunas, restingas, manguezais e florestas remanescentes; favorecer a manutenção das condições de vida das comunidades e acesso aos serviços ambientais (água, praia limpa, meios de vida, lazer, etc) estão entre os seus objetivos.

Bioma : Marinho Costeiro

Área: 5.547,42 hectares

Criação: 20 de outubro de 1988

PUBLICIDADE

Localização: litoral norte de Sergipe, municípios de Pirambu e Pacatuba

Tipo: proteção integral

crianças soltando tartarugas na Rebio de Santa Isabel
Crianças soltando tartarugas

TAMAR, exemplo do litoral

Em Ponta dos Mangues há mais uma base do TAMAR. Este é um dos projetos de maior sucesso da costa brasileira. Um trabalho épico que começou no final dos anos 70 por inspiração de Maria Tereza Jorge Pádua, na época trabalhando no IBDF (Instituto Brasileiro de Desenvolvimento Florestal).

No mundo existem sete espécies de tartarugas marinhas, cinco frequentam o litoral brasileiro e estão ameaçadas de extinção. Quatro espécies, Cabeçuda, de Pente, Oliva e de Couro, desovam em praias de nosso litoral.

De acordo com o site do Tamar “A tartaruga-verde (Chelonia mydas) está menos exposta, pois desova principalmente nas ilhas oceânicas (Atol das Rocas, Fernando de Noronha e Trindade), onde a ação predatória do homem é mais controlada, o que contribui com a estabilidade da sua população.” Segundo o mesmo site, “de cada mil tartarugas apenas duas conseguem atingir a maturidade.”

Rebio de Santa Isabel e a  Carcinicultura

Infelizmente a praga da carcinicultura também está disseminada em Sergipe. A diferença é que neste estado ainda não existem grandes empresas explorando a criação de camarões. Aqui ela é praticada por pequenos proprietários.

Ainda assim, os problemas ambientais são os mesmos: poluição, corte de mangues, conflitos sociais com aqueles que exploram os manguezais, etc.

» Expedição à Rebio de Santa Isabel, leia mais sobre a nossa visita.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here