Parna do Cabo Orange, conheça a UC na fronteira

0
8262
views

Parna do Cabo Orange, na divisa do Norte do Brasil

De difícil acesso, pouca gente sabe da existência do Parna do Cabo Orange. Unidade de Conservação localizada no extremo norte do país, no Amapá.

Assista ao vídeo

Parque Nacional do Cabo Orange

Os parques nacionais são a mais popular e antiga categoria de Unidades de Conservação. Seu objetivo é preservar ecossistemas de grande relevância ecológica e beleza cênica, possibilitando a realização de pesquisas científicas, realização de atividades educacionais e de interpretação ambiental, recreação e turismo ecológico, por meio do contato com a natureza.

O manejo dos parques, feito pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da biodiversidade, ICMBio, leva em consideração a preservação dos ecossistemas naturais, a pesquisa científica, a educação, a recreação e o turismo. O regime de visitação pública é definido no Plano de Manejo da respectiva unidade.

imagem da sede do Parque Nacional do Cabo Orange

PUBLICIDADE

Bioma: Marinho Costeiro

Área: 619.000 hectares

Criação: 15 de julho de 1980

Localização: Calçoene e Oiapoque, Amapá

Estrutura do Parque Nacional

Surpreendente. Uma boa notícia afinal, a UC tem três analistas ambientais! Um deles é o chefe, Ricardo Motta Pires, outro é Paulo Rodrigo Silvestro, Analista Ambiental e atual chefe substituto; finamente, Ivan Machado de Vasconcelos é o terceiro.

E, pasmem, tem até mesmo um barco!! Longe de ser o ideal, ao menos é um barco de porte, capaz de sair barra afora. Um  tipo de traineira, construído para o Parque, com recursos do ARPA, o maior programa de conservação de florestas do planeta. Ufa, até que enfim uma delas não é tão capenga como a maioria.

A exemplo dos outros da costa brasileira pouca gente sabe da existência deste parque. As cidades próximas, Oiapoque e Calçoene, não têm qualquer estrutura para receber turistas.

Basta dizer que para chegar até à porta de entrada, o município do Oiapoque, é preciso  viajar até aos confins do Brasil de avião, Macapá, depois pegar um ônibus e rodar durante 10 horas até atingir o destino. Leia nosso relato sobre a visita ao Parque Nacional do Cabo Orange.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here