Pantanal atravessa pior seca em 60 anos

2
2142
views

Pantanal atravessa pior seca em 60 anos

Em 2020 o Pantanal sofreu uma devastação sem precedentes em tempos recentes. O fogo se espalhou durante meses pela maior área úmida do planeta, reconhecida pela Unesco como Patrimônio Natural da Humanidade e Reserva da Biosfera, e atingiu até mesmo a Serra do Amolar, área montanhosa no coração do bioma. Pior que os focos de incêndio em 2020, é a forte seca que atinge a região. Segundo cientistas do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres (Cemaden), o Pantanal vive atualmente a pior seca dos últimos 60 anos. Isso quer dizer que os incêndios em 2021 podem superar os do ano que passou. Pantanal atravessa pior seca em 60 anos.

Imagem de seca no Pantanal
A seca continua a ameaçar o Pantanal. Imagem, Deutsche Welle.

Pantanal atravessa pior seca em 60 anos

De acordo com o site SOS Pantanal, o bioma ‘é considerado um Complexo de Ecossistemas, pois trata-se de uma região de encontro entre Cerrado, Chaco, Amazônia, Mata Atlântica e Bosque Seco Chiquitano’.

Em 2020 mais de 4,5 milhões de hectares do Pantanal foram devastados pelas chamas. Edna Scremin Dias, botânica especialista em vegetação aquática explicou o que aconteceu em 2020.

‘O Pantanal é um bioma regido por períodos de secas e cheias. Para manter a saúde do Pantanal, esses períodos devem estar equilibrados. Nem muita seca, nem muita cheia’.

‘Ano passado foi um período de extrema seca. Sem água, grande parte da vegetação associada às áreas alagadas morreram, gerando um acúmulo enorme de matéria orgânica. O que significa, na prática, muito combustível para o fogo. Quando os incêndios começaram, foi fácil se alastrar por todo lado’.

O problema é que a seca deste ano é ainda mais grave. Os pesquisadores do Cemaden alertam, também, que a seca ainda deverá durar mais alguns anos e ter graves consequências para a fauna, a flora e as pessoas, a exemplo do aumento de grandes incêndios.

Os motivos da seca

Segundo matéria da Deutsche Welle ‘As causas da atual seca não estão claras. Pode ser tanto em decorrência das mudanças climáticas como do desmatamento da bacia amazônica – menos floresta por lá, significa menos formação de nuvens e, portanto, menos chuva por aqui’.

‘Um ciclo natural também não está descartado: entre 1968 e 1973, o Pantanal também passou por uma seca extrema. Provavelmente é um misto dos três fatores’.

A hipótese do desmatamento da Amazônia gerar menos chuvas na região também nos foi apontada pelo físico, ex-diretor do Inpe, Ricardo Galvão em entrevista a este site.

Fevereiro de 2021 deveria trazer chuva, mas continua a seca

Já sobre a seca, a equipe da Deutsche Welle que esteve no Pantanal  relatou que ‘quem chega ao Pantanal em fevereiro, normalmente está preparado para encarar um tempo molhado. Nesta época do ano, tudo costuma estar submerso, com grande parte da região transitável apenas a cavalo ou de barco’.

Imagem de boiada no Pantanal
Imagem, Deutsche Welle.

‘Mas, em vez disso, a poeira queima no nariz e nos olhos quando se dirige por uma estrada de terra de Mutum até à maior reserva natural privada do Brasil, no interior do Pantanal. E no lugar de nuvens escuras, o sol brilha no céu’.

A equipe da DW conversou com vários fazendeiros da região e a impressão de todos é a mesma: nunca houve um período de seca como o atual. A equipe visitou a RPPN Sesc Pantanal, no município de Barão de Melgaço. A RPPN é considerada uma das reservas naturais mais bem administradas do Brasil.

A equipe conversou com os guardas da RPPN e diz que ‘agora ele e seus colegas se preparam para os próximos incêndios. Com a ajuda de tratores, eles traçam mais corredores ao redor da reserva para parar o avanço de possíveis incêndios. Além disso, o Sesc também busca conscientizar a população dos entornos da reserva sobre o perigo das tradicionais queimadas de campos’.

Efeitos do aquecimento global

O climatologista Carlos Nobre, ouvido pela Deutsche Welle, disse que “a seca extrema e a propensão aos incêndios serão o ‘novo normal’ da região.” Para Carlos Nobre  “por anos, quando colaboramos para os primeiros relatórios técnicos do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC, organizado pelas Nações Unidas), acreditávamos que alguns desses eventos demorariam, talvez só veríamos certas situações em 2040”. “Porém, já está acontecendo.”

Para coroar o processo, 2021 registra o menor orçamento para o Ministério do Meio Ambiente e suas autarquias, Ibama e ICMBio, desde o ano 2000. Análise do Observatório do Clima diz que ‘Somente a área de fiscalização ambiental e combate a incêndios florestais teve uma redução de 27,4% na previsão do orçamento, em relação ao que foi autorizado para essa ação em 2020. Em relação a 2019 a queda é ainda maior: 34,5%’.

Seca severa, Ibama e ICMBio em pleno desmonte e com orçamento baixo sinalizam mais problemas ambientais em 2021.

Imagem de abertura: Deutsche Welle

Fontes: https://www.dw.com/pt-br/inc%C3%AAndios-e-seca-nas-nascentes-do-pantanal-alertam-para-mudan%C3%A7as-clim%C3%A1ticas/a-55372348; https://www.dw.com/pt-br/%C3%A0-espera-da-chuva-pantanal-teme-nova-cat%C3%A1strofe/a-56719823; https://www.terra.com.br/noticias/ciencia/sustentabilidade/orcamento-previsto-para-o-meio-ambiente-em-2021-e-o-mais-baixo-do-seculo-alerta-ong,8709f25a828037246877d6a2efab8fcf58lupoje.html.

Pinguim-rei amarelo chama atenção nas redes sociais

Repórteres do Mar

O Mar Sem Fim quer a sua colaboração. Não é possível estar em todos os lugares ao mesmo tempo e, com a sua ajuda, podemos melhorar ainda mais o nosso conteúdo. Saiba como colaborar com o Mar Sem Fim.

Comentários Comentários do Facebook

2 COMENTÁRIOS

  1. O homem ainda muito insignificante para mudar a natureza na Terra, ele apenas pensa que é importante. Daí que os ciclos naturais acabam se tornando motivo propagandista dos futurólogos de plantão. Se o homem chegar a fazer cocegas na natureza, é simples, um simples meteorito reorientado acaba com a raça humana, como acabou com os dinossauros, simples como é. arioba.

  2. ENQUANTO AS MÍDIAS ESTÃO OCUPADAS COM A PANDEMIA, VAMOS ACELERAR OS DESMATAMENTOS E PASSAR AS BOIADAS.

    QUE AS PESSOAS DO FUTURO TENHAM COMO ACESSAR AS INIFINITAS CA$%¨&S COMETIDA POR SEUS PAIS, AVÔS, BISAVOS PARA CULPAREM O TRISTE DESTINO RESERVADO PARA O BRASIL.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here