Oceanos e danos irreversíveis prestes a acontecer

0
931
views

Oceanos e danos irreversíveis prestes a acontecer: cientistas concluíram que oceanos e a vida marinha estão ameaçados

De acordo com Douglas McCauley, ecologista da Universidade da Califórina, e autor do estudo publicado na Science cujo título não deixa dúvidas, “Podemos estas sentados à beira do precipício de uma grande extinção”. Oceanos e danos irreversíveis é o tema desta matéria.

Segundo McCauley, ainda assim há tempo de evitar uma catástrofe maior. A pesquisa cruza dados de diversas fontes, desde relatórios sobre a exploração de combustíveis fosseis até estatísticas sobre remessas de containers, pesca e mineração oceânica.

Oceanos e danos irreversíveis, imagem de recifes de corais
Corais, o mais importante ecossistema marinho, estão ameaçados. Oceanos e danos irreversíveis

O ser humano afetou os oceanos de forma grave

Os cientistas detectaram sinais claros que os seres humanos afetaram os oceanos e a vida marinha de forma grave. A intervenção humana gerou consequências graves sobre a população marinha. Enquanto algumas espécies sofrem com a superpopulação, outras estão ameaçadas de extinção.

Recifes de corais diminuíram 40%

A população de recifes de corais, por exemplo, diminuiu 40% no século passado. Como causa principal, as consequências do aquecimento global.

Algumas espécies de peixes estão migrando para águas mais frias. Outras, com a locomoção reduzida, não  conseguirão encontrar novos habitats. Outras ainda migram para regiões distantes causando um grave desequilíbrio. Este é o caso do peixe- leão.

Mudança da química da água do mar

Ao mesmo tempo, as emissões de gases do efeito estufa estão alterando a química da água do mar, tornando-a mais ácida. Ainda assim, a pesquisa afirma que há tempo para reduzir os estragos, com a implantação de programas que limitem a exploração dos oceanos.

Douglas McCauley, ecologista da Universidade da Califórnia, não está sozinho em sua tese perturbadora. Muitos cientistas, e meios de comunicação, confirmam o perigo iminente.

The Washington Post publica a matéria A sexta extinção nos Oceanos: as maiores espécies desaparecem primeiro.

COMPARTILHAR

Repórteres do Mar

O Mar Sem Fim quer a sua colaboração. Não é possível estar em todos os lugares ao mesmo tempo e, com a sua ajuda, podemos melhorar ainda mais o nosso conteúdo. Saiba como colaborar com o Mar Sem Fim.

Comentários Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here