Maior iceberg do mundo ruma para mar aberto

6
13804
views

O maior iceberg do mundo, que ruma para mar aberto, e as altas temperaturas

O ano de 2020 começou enviando sinais do quanto a crise climática avança a passos largos. Janeiro foi o mês mais quente já registrado na história. A Antártica bateu recorde de temperatura. E a temperatura dos oceanos é a maior da história. Não deu outra, o maior iceberg do mundo acelerou seu movimento. Agora, ele está cada vez mais próximo de chegar a mar aberto.

imagem do maior iceberg do mundo

A mais alta temperatura já registrada na Antártica foi em fevereiro. No dia 9 de fevereiro, cientistas brasileiros registraram a temperatura de 20,75°C na Antártica, maior que o recorde anterior, de março de 2015.

Antártica, 3ºC mais quente

O The Guardian informa que “a península da Antártica – a área que aponta para a América do Sul – é um dos locais de aquecimento mais rápido da Terra”. A temperatura subiu quase 3°C nos últimos 50 anos, diz a Organização Meteorológica Mundial. “Quase todas as geleiras da região estão derretendo. A leitura de Esperanza bate o recorde para o continente antártico. O recorde para a região antártica – ou seja, em todo o sul de 60 graus de latitude – é de 19,8 ° C, registrado na ilha de Signy em janeiro de 1982.”

Infográfico mostra separação do iceberg
The Guardian mostra como foi a separação.

“A razão pela qual a península está se aquecendo mais rapidamente do que em outros lugares é uma combinação de variações naturais e sinais de aquecimento (global)”, disse o cientista James Renwick, da Organização Meteorológica Mundial.

Janeiro, mês mais quente da história

Depois de 2019 ter sido o segundo ano mais quente já registrado na história, janeiro mostrou que 2020 pode ser ainda pior. Janeiro bateu recorde histórico e se tornou o mês mais quente já registrado. A temperatura média no planeta no mês superou em 0,03°C a de janeiro de 2016, recorde anterior. As informações são do serviço europeu Copernicus de mudanças climáticas. “Janeiro de 2020 (também) é 0,77°C mais quente que a média no período de referência 1981-2010”, publicou o G1.

Na Europa, as temperaturas foram 3,1°C mais altas do que a média do período de referência 1981-2010. “No nordeste da Europa, essa diferença superou 6°C. Já no Hemisfério Sul, o verão tem sido tórrido. No Rio de Janeiro, a sensação térmica chegou a 54°C em 11 de janeiro, quando os termômetros ultrapassaram os 40°C.”

Maior iceberg é do tamanho do DF

Denominado A68, o iceberg atualmente tem cerca de 5.800 quilômetros quadrados. Tamanho equivalente ao do Distrito Federal (DF). Desde que se desprendeu da Península Antártica, em 2017, ele vem perdendo gelo. Antes, media 6.000 km².

infográfico mostra onde se formou o maior iceberg do mundo
A formação.

Cientistas disseram à BBC que o iceberg não deve se manter inteiro quando chegar ao oceano Antártico. Hoje, ele está no limite entre a Península e o Antártico. “Fico surpreso que as ondas do oceano ainda não tenham transformado o A68 em cubos de gelo”, afirmou o glaciologista Adrian Luckman, da Universidade de Swansea, no Reino Unido.

Corredor dos Icebergs

O iceberg se separou em julho de 2017 da plataforma de gelo Larsen C. Ficou praticamente imóvel por quase um ano. “Mas ventos e correntezas acabaram empurrando o iceberg para o norte. Neste verão, o movimento se acelerou rapidamente.” Embora mais rápido, o gigantesco bloco de gelo se desloca num caminho previsível, segundo os cientistas. Quando ultrapassar a Península, deverá seguir numa rota conhecida pelos pesquisadores como Corredor dos Icebergs até chegar ao oceano Atlântico.

infográfico mostra caminho que percorrerá o maior iceberg
O provável caminho do maior iceberg. Ilustração,

“O maior iceberg já registrado em tempos modernos era um bloco de 11 mil km² chamado B15, que se descolou da plataforma de gelo Ross em 2000. Um de seus últimos pedaços restantes, hoje com ‘apenas’ 200 km², está a meio caminho das ilhas Sandwich do Sul, no Atlântico. Estruturas deste tamanho precisam ser constantemente monitoradas porque representam um risco para a navegação.”

Novo iceberg de 1,5 mil Km2

Os cientistas informam também que estão monitorando dois futuros icebergs prestes a se formar. “Um está quase se soltando da geleira de Pine Island, no oeste da Antártica. Esse terá um pouco mais de 300 km² quando se libertar.

imagem do maior iceberg

O segundo é um grande iceberg se formando no leste da Antártica, nos limites da plataforma de gelo Brunt. Esse deve ter cerca de 1,5 mil km² — mais ou menos o tamanho do município de São Paulo. Ele chamou muita atenção porque uma estação de pesquisa britânica na Antártica (a base Halley) teve de ser movida para não ser afetada pelas fissuras que estão se formando na plataforma de gelo.”

Assista ao vídeo do The Guardian, e saiba como aconteceu

Fontes: https://www.nsctotal.com.br/noticias/janeiro-de-2020-e-o-mes-mais-quente-da-historia; https://g1.globo.com/natureza/noticia/2020/02/04/2020-comeca-com-o-mes-de-janeiro-mais-quente-ja-registrado-ate-hoje.ghtml; https://noticias.uol.com.br/meio-ambiente/ultimas-noticias/redacao/2020/02/06/com-183-c-antartida-tem-o-dia-mais-quente-da-historia.htm?fbclid=IwAR3nSf6IsAiVAdqput6a-D79TOqQgEl_29o5jT8wC5LNlET3lwuY9-2gyJQ; https://www.theguardian.com/world/2020/feb/07/antarctica-logs-hottest-temperature-on-record-with-a-reading-of-183c; https://www.bbc.com/portuguese/geral-51405967;https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/bbc/2020/02/06/maior-iceberg-do-mundo-esta-prestes-a-chegar-ao-oceano-aberto.htm.

Litoral engolido por eventos extremos, e nada de políticas públicas

Repórteres do Mar

O Mar Sem Fim quer a sua colaboração. Não é possível estar em todos os lugares ao mesmo tempo e, com a sua ajuda, podemos melhorar ainda mais o nosso conteúdo. Saiba como colaborar com o Mar Sem Fim.

Comentários Comentários do Facebook

6 COMENTÁRIOS

    • Sr. Ronaldo o conteúdo é sério, os pesquisadores trabalham com uma enorme boa fé com a finalidade de elucidar os fatos às pessoas, as decisões de cada um são extremamente importantes. Precisamos focar em soluções técnicas devido à gravidade do problema. Temos deveres sociais com o planeta, minimamente para esboçar uma reação diante do que é vindouro em data breve. Um grande abraço e boa sorte a todos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here