Maior iceberg do mundo se forma na Antártica

2
3802
views

Maior iceberg do mundo se forma na Antártica

Se alguém ainda duvida do aquecimento global…é bom saber que o maior iceberg do mundo acaba de se formar na Antártica. A enorme placa de gelo de 4.320 quilômetros quadrados apelidada de A-76 quebrou da plataforma de Ronne e está flutuando no mar de Weddell. De acordo com a Agência Espacial Europeia é o maior iceberg do mundo.

Imagem do maior iceberg do mundo
Imagem da Agência Espacial Europeia que compara o iceberg à cidade de Maiorca.

Maior iceberg do mundo se forma na Antártica

O iceberg recém-parido, designado A-76 pelos cientistas, foi visto em imagens de satélite recentes capturadas pela missão Copernicus Sentinel-1, disse a agência espacial em um comunicado postado em seu site com uma foto da enorme placa de gelo oblonga.

O jornal The Guardian diz que o iceberg ‘é quase quatro vezes o tamanho da cidade de Nova York’. No Brasil o G1 o comparou com a cidade de São Paulo, e disse que ‘o gigantesco iceberg tem uma área três vezes maior que a cidade de São Paulo’.

imagem de mapa do mar de Weddell, na Antártica
Foi no mar de Weddell que se formou o imenso iceberg.

The Guardian dá as dimensões completas: ‘Sua área de superfície se estende por 4.320 km2  e mede 175 km  de comprimento por 25 km de largura’.

A enormidade do A-76, que se separou da plataforma de gelo Ronne da Antártica, é a maior  existente no planeta – ultrapassando o A-23A, que tem cerca de 3.380 km2 e também está flutuando no Mar de Weddell.

PUBLICIDADE

Este iceberg chegou e preocupar os cientistas porque estava no caminho da ilha Geórgia do Sul onde poderia encalhar e provocar severos danos à vida marinha. Felizmente, ele se partiu antes, evitando o acidente.

British Antarctic Survey e US National Ice Center confirmam

O A-76 foi detectado pela primeira vez pelo British Antarctic Survey e confirmado pelo US National Ice Center, baseado em Maryland, usando imagens do Copernicus Sentinel-1, consistindo de dois satélites em órbita polar.

A plataforma de gelo Ronne no flanco da península Antártica é uma das maiores de várias enormes camadas de gelo flutuantes que se conectam à massa de terra do continente e se estendem para os mares circundantes.

O parto periódico de grandes pedaços dessas prateleiras faz parte de um ciclo natural. Mas algumas plataformas de gelo ao longo da península Antártica sofreram rápida desintegração nos últimos anos, um fenômeno que os cientistas acreditam estar relacionado à mudança climática.

Assista ao vídeo

Imagem de abertura: Agencia Espacial Européia

Fontes: https://www.theguardian.com/world/2021/may/20/worlds-largest-iceberg-nearly-four-times-size-of-new-york-forms-in-antarctica; https://g1.globo.com/mundo/noticia/2021/05/20/iceberg-tres-vezes-maior-que-a-cidade-de-sao-paulo-se-separa-na-antartica-esta-a-deriva-e-se-torna-o-maior-do-mundo.ghtml?fbclid=IwAR0uIl_9Yb7qJueUKrg8ssO9PlZqy19WY69wHQR9HODE2i2JqDp51WpJaRs; https://www.esa.int/ESA_Multimedia/Images/2021/05/A-76_The_world_s_largest_iceberg#.YKZSqfD1MlV.link.

Arquipélago do Arvoredo será mais um parque nacional

Comentários

2 COMENTÁRIOS

  1. É assustador como o ser humano está destruindo o planeta Terra. Somos o câncer do mundo. Recomendo a todos assistir ao documentário Seespiracy.

  2. É preocupante, porém é necessário avaliar se realmente se realmente é o “efeito estufa” tão falado por quem muitas vezes não tem embasamento cientifico para determinar , pode ser que seja o ciclo da vida dessas geleiras milenar. só resta agora a monitoração o que tudo isso pode causar, com certeza a ciência terá uma resposta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here