Gases de efeito estufa tiram oxigênio dos oceanos

0
1151
views

Gases de efeito estufa tiram oxigênio dos oceanos, alerta a ONU

Os biólogos marinhos estão perplexos. Algumas espécies de peixes como o atum e o espadarte, conhecidos como mergulhadores de águas profundas, onde caçam até a 200 metros abaixo da superfície, estão hoje chegando à tona. A razão para a peculiaridade é que o aquecimento do mar expeliu o oxigênio das águas. Fica cada vez mais difícil para os predadores respirar – quanto mais caçar – em águas profundas. À medida que a atmosfera captura mais calor, os oceanos ficam mais quentes. Gases de efeito estufa tiram oxigênio dos oceanos, é o alerta da ONU. Não são só os predadores de águas profundas que sofrem. Peter Thomson, responsável da ONU para os oceanos, declarou:

Se você acha que o oceano está aquecendo, pense no aumento do nível do mar, nas mortes de recifes de coral e na acidificação do oceano. Isso tornará mais difícil para formas de vida, como crustáceos, sobreviverem no oceano.

Imagem do mar com poluição atmosférica
Gases de efeito estufa tiram oxigênio dos oceanos. Imagem:Wikimedia.

A matéria é da UN Environment.

Os gases de efeito estufa e a mudança de habitats da vida subaquática

Nas conversas sobre as questões dos oceanos, as consequências dos gases de efeito estufa, como o ozônio e o dióxido de carbono, não recebem tanta atenção quanto o plástico. Em grande parte porque não são visíveis. Mas o oxigênio é tão essencial para o oceano quanto para a terra. E embora possa variar em diferentes profundidades, o aumento da temperatura do mar tem causado áreas oceânicas profundas, já com baixo teor de oxigênio,  desoxigenadas ainda mais, mudando os habitats da vida subaquática.

Saiba como os gases de efeito estufa tiram oxigênio dos oceanos

Um relatório publicado pela Organização Meteorológica Mundial revelou que mais de 90% da energia retida pelos gases de efeito estufa penetra nos oceanos. No ano passado, registraram-se novas elevações da temperatura do oceano nos primeiros 700 metros, e 2.000 metros de água, superando o recorde anterior estabelecido em 2017. Thomson, que recebeu o mandato de pressionar pela conservação e pelo uso sustentável dos oceanos, diz que todos nós devemos nos preocupar, porque o oxigênio que respiramos também é produzido pelos oceanos.

Dia Mundial do Meio Ambiente de 2019, e a responsabilidade de cada um

O Dia Mundial do Meio Ambiente desse ano se concentra na poluição do ar. E em como podemos fazer mudanças em nossa vida cotidiana para reduzir a quantidade de poluição que produzimos. Os gases de efeito estufa são a principal fonte de poluição do ar e incluem dióxido de carbono, metano, óxido nitroso e hexafluoreto de enxofre. Enquanto alguns gases são produzidos através de processos naturais, como respiração animal e vegetal, a atividade humana, como a queima de combustíveis fósseis, a criação de gado e as emissões de veículos, aumentaram sua quantidade.

Os gases de efeito estufa são invisíveis, por isso preocupam menos os cidadãos

A ONU diz que a poluição de fontes terrestres é uma preocupação especial para os oceanos por causa das formas de nitrogênio reativo – que inclui o óxido nitroso (um potente gás de efeito estufa). Deposição de nitrogênio das emissões atmosféricas e do escoamento superficial (junto com fósforo) pode desencadear a proliferação de algas tóxicas que são prejudiciais à vida marinha e causar deficiência de oxigênio no oceano, que pode matar peixes, caranguejos, ostras e outros animais (Obs: em doses mais baixas, o processo cria as marés vermelhas, em larga escala, as zonas mortas).
Esse problema global, comparado com a questão da poluição por plásticos, é “invisível “, mas não menos importante, pois aumenta ainda mais a poluição por nutrientes das águas residuais, agrícolas e outros escoamentos industriais transportados para o meio ambiente pelos rios.

Oceanos, o maior dreno de carbono do planeta

Os oceanos são, de longe, o maior dreno de carbono do planeta. Eles absorvem cerca de 93% do gás de efeito estufa, o dióxido de carbono.  É por isso que a sociedade civil, os governos e as empresas devem trabalhar juntos para reduzir os poluentes. Para Gabriel Grimsditch, diretor de gerenciamento de programas para ecossistemas marinhos da ONU Ambiental,
o oceano tem sido um amortecedor para as mudanças climáticas extremas. O aquecimento dos oceanos, a acidificação dos oceanos e o aumento do nível do mar são todas as conseqüências de um sistema que está poluindo o mundo e colocando a vida na Terra, e debaixo d’água, em risco

A parte de cada um de nós

A poluição do ar é o tema do Dia Mundial do Meio Ambiente em 5 de junho de 2019. A qualidade do ar que respiramos depende das escolhas de estilo de vida que fazemos todos os dias. Pense nisso, e faça sua parte!

Assista ao vídeo e saiba mais:

Fonte: https://www.unenvironment.org/news-and-stories/story/greenhouse-gases-are-depriving-our-oceans-oxygen

Novas espécies de corais de aguas profundas descobertos

Repórteres do Mar

O Mar Sem Fim quer a sua colaboração. Não é possível estar em todos os lugares ao mesmo tempo e, com a sua ajuda, podemos melhorar ainda mais o nosso conteúdo. Saiba como colaborar com o Mar Sem Fim.

Comentários Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here