Toninhas são protegidas na Baía da Babitonga, em São Francisco do Sul

1
616
views

Toninhas são protegidas na Baía da Babitonga, em São Francisco do Sul

Toninhas são protegidas na Baía da Babitonga: projeto estuda mamífero marinho. O estuário da Babitonga é composto por 14 ilhas e encontro de rios e o mar.

Toninhas são protegidas na Baía da Babitonga, imagem de são francisco do sul
Baía da Babitonga e São Francisco do Sul (Foto: Spry Vídeo/Divulgação)

A Baía da Babitonga

A Baía da Babitonga é um estuário localizado na cidade de São Francisco do Sul, na região Norte de Santa Catarina. O local é formado por 14 ilhas e águas calmas, com aproximadamente 160 km² de espelhos de água.

Toninhas
Guará chama atenção pela cor das plumas
(Foto: Spry Vídeo/Divulgação)

Manguezais favorecem a vida de crustáceos e aves

Na região, os manguezais favorecem a vida de crustáceos e também de aves, como o colhereiro e o guará. “Muitos animais entram aqui na baía para ter os seus filhotes”, comenta a bióloga Annelise Colin Holz.

Projetos destaques da região

Um dos projetos  é o que busca preservar as toninhas. Pesquisar a fauna  e sensibilizar a comunidade sobre a necessidade da conservação dos ecossistemas costeiros. A toninha, mamífero marinho semelhante ao golfinho, pode ser encontrada entre a Argentina e o estado brasileiro Espírito Santo. “Ela tem o comportamento discreto, é pequena e a coloração é parecida com a da água, então é difícil de observá-la. Mas aqui, conseguimos trabalhar com o animal vivo”, afirma Annelise Colin Holz.

 Toninha em risco de extinção

A toninha está em risco de extinção. As principais causas são a pesca acidental, a contaminação das águas e o stress por poluição sonora dos barcos. O animal é o mamífero marinho mais ameaçado do Atlântico Sul ocidental.

Toninhas
Toninha está cada vez mais ameaçada,
segundo biólogos (Foto: AFP)

As soluções: áreas de preservação

Para evitar ainda mais a diminuição do número de exemplares, a bióloga comenta que entre as soluções estão a criação de áreas de preservação. E a conscientização da população para não jogar lixo na água. “Preservando a toninha, conseguimos preservar outras espécies também”, explica a bióloga Annelise.

Na Babitonga, um museu ajuda a explicar para as crianças a importância dos ecossistemas da Baía. “Quando a gente aprende mais sobre os animais, a gente aprende a conservar a natureza”, conta Jaqueline Mafra, de 14 anos.

Hackers ameaçam mostrar sua ‘ira’ contra caça de golfinhos no Japão

 Do G1 SC; http://g1.globo.com/sc/santa-catarina/cidade/sao-francisco-do-sul.html.

COMPARTILHAR

Repórteres do Mar

O Mar Sem Fim quer a sua colaboração. Não é possível estar em todos os lugares ao mesmo tempo e, com a sua ajuda, podemos melhorar ainda mais o nosso conteúdo. Saiba como colaborar com o Mar Sem Fim.

Comentários Comentários do Facebook

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here