Surfista morre: Austrália cogita sacrificar tubarões com mais de 3 m

0
979
views

Surfista morre: Austrália cogita sacrificar tubarões com mais de 3 metros

Surfista morre: tubarão-branco atacou e matou surfista de 35 anos no fim de semana. Clube de surfistas alerta para grande quantidade de ataques.

surfista morre, imagem de tubarão branco

Um tubarão-branco atacou e matou o surfista Chris Boyd

Um tubarão-branco atacou e matou o surfista Chris Boyd. (Foto: Image Source/Arquivo AFP)

A morte no fim de semana de um surfista após o ataque de um tubarão-branco em uma praia do sudoeste da Austrália reavivou o pedido para que todos os animais com mais de três metros sejam sacrificados.

Pedido foi feito depois da morte do surfista Chris Boyd

O pedido foi feito depois da morte do surfista Chris Boyd, de 35 anos, em uma das praias perto da cidade de Gracetown, após o recente ataque de um tubarão, que é procurado intensamente pelas autoridades do estado da Austrália Ocidental.

A morte de Boyd é a primeira deste ano no estado da Austrália Ocidental. Ele é conhecido por ataques fatais de tubarões. Esta é a terceira em uma década no litoral de Gracetown.

Litoral da Austrália está infestado de tubarões-brancos

O presidente do clube de surfistas da região de Margaret River, Tom Innes, disse que o litoral da Austrália está infestado de tubarões-brancos devido ao status de proteção que têm no país.

Innes, em declarações citadas pela agência AAP disse que,

O número de tubarões está aumentando e estão atacando um número maior de pessoas que antes. Evidentemente, há mais tubarões na água e tubarões de grande tamanho são mais agressivos

Governo do estado da Austrália Ocidental se opõe

Mas o presidente do Governo do estado da Austrália Ocidental, Colin Barnett, se opõe ao massacre dos tubarões. E aos esforços da organização americana OCEARCH para etiquetar os animais como o fez em outras partes do mundo.

O Ministério do Ambiente da Austrália calculou que havia menos de dez mil exemplares de tubarão-branco em 1990. Neste ano ele foi incorporado na lista de espécies protegidas, embora seja impossível fazer uma avaliação exata da população.

 “Tubarão”, dirigido por Steven Spielberg

O grande tubarão-branco, que chega a medir até 5,5 metros, adquiriu fama mundial de assassino na década dos 70 com o filme “Tubarão”, dirigido por Steven Spielberg. Foi um desserviço prestado pelo cineasta. Depois deste filme os tubarões passaram a ser vistos como inimigos.

No entanto, este animal aquático se alimenta de peixes e outras espécies como arraias, mamíferos, crustáceos e aves.

Da EFE.

Tubarão- baleia coopera com mergulhador. Sensacional!

Repórteres do Mar

O Mar Sem Fim quer a sua colaboração. Não é possível estar em todos os lugares ao mesmo tempo e, com a sua ajuda, podemos melhorar ainda mais o nosso conteúdo. Saiba como colaborar com o Mar Sem Fim.

Comentários Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here