Sítio histórico na Antártica

0
98
views

Sítio histórico na Antártica: conheça o refúgio de Shackleton na viagem do Nimrod, em 1908

A Antártica procura preservar vários relíquias dos primeiros exploradores da região. Um deles é o refúgio de Shackleton, na viagem do Nimrod, em 1908. Um sítio histórico na Antártica.

Sítio histórico na Antártica, imagem do refúgio de Shackleton na Antártica
Sítio histórico na Antártica: o refúgio de Shackleton

Sítio histórico na Antártica: saiba mais sobre a expedição Nimrod

De arcordo com a wiquipedia,

‘A Expedição Antárctica Britânica de 1907–09, conhecida como Expedição Nimrod, foi a primeira de três expedições à Antártica lideradas por Ernest Shackleton. O seu principal objectivo, para além da pesquisa geográfica e científica, era ser o primeiro a chegar ao Polo Sul. O objectivo não foi atingido, mas o grupo atingiu um novo recorde chegando à latitude de 88° 23′ S, a apenas 157 km do polo. Foi a maior expedição ao Polo Sul até à data’.

Sítio histórico na Antártica: a viagem virou livro

A épica primeira viagem de Shackleton também virou livro, A Viagem do Nimrod, não tão conhecido como outros que contam as aventuras do irlandês no período heroico das descobertas na Antártica. Mas é também uma leitura deliciosa.

Sítio histórico na Antártica: o Nimrod

Mais uma vez, de acordo com o wiquipedia, o Nimrod era ‘uma escuna com 41 anos, de 334 toneladas, utilizada para a caça de focas e baleias.  Shackleton pagou 5 000 libras pelo navio. Ele tinha um motor auxiliar a vapor que lhe dava  uma velocidade de apenas seis nós. O navio estava tão cheio de mantimentos que não havia espaço para o carvão necessário para para alcançar a Antártida pela Nova Zelândia,  assim Shackleton teve de pedir ajuda para que o navio fosse rebocado’.

Ele foi um dos mais importantes exploradores da Antártica. Liderou três expedições que entraram para a história. Numa delas cujo objetivo era atravessar o polo Sul a pé seu navio, o Endurance, acabou preso no gelo no mar de Weddel. Era julho de 1915. O navio lentamente foi esmagado pela pressão. Esta é considerada uma das maiores aventuras da náutica mundial. E rendeu um livro que o Mar Sem Fim recomenda, um clássico da literatura náutica.

Saiba mais sobre Shackleton.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here