Estuário, ecossistema marinho importante, venha conhecer

0
198
views

Estuário, ecossistema marinho importante,  comprometido por poluição, saiba mais a respeito

Estuário, ecossistema marinho. O termo “estuário” descreve tipicamente a área rasa e abrigada da foz de um rio. Aquela parte onde a água doce se mistura com a salgada, ao penetrar no mar. O termo também pode se referir a outras áreas com águas salobras, como lagoas ou clareiras. O grau de salinidade varia com as marés e o volume de vazão do rio. Os organismos que habitam os estuários são especialmente adaptados a essas condições distintas; mas, a diversidade de espécies tende a ser menor do que no oceano aberto. Os estuários também desempenham uma função importante como viveiros para muitos tipos de peixes, mariscos, anfíbios, répteis e aves. Além disso, as áreas úmidas servem como uma barreira protetora para os ecossistemas do interior, já que fornecem um amortecedor contra tempestades. Quando se pesquisa o tsunami na Indonésia, em 2004, o primeiro, é comum encontrar consensos como, “nos locais fartos em florestas de mangues (elas mesmas um importante ecossistema) o efeito devastador das ondas gigantes foi menor.” Assim, um de seus muitos serviços é ‘proteger a linha da costa contra a natura erosão.’

imagem Estuário, ecossistema marinho
O estuário do rio Camocim, Ceará. Estuário, ecossistema marinho.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Estuário, definição da NOAA

“Estuários e suas áreas úmidas circundantes são corpos de água normalmente encontrados onde os rios encontram o mar. Os estuários abrigam comunidades únicas de plantas e animais que se adaptaram à água salobra – uma mistura de água doce que sai da terra e da água salgada do mar. Os estuários estão entre os ecossistemas mais produtivos do mundo. Muitos animais dependem de estuários para alimentação, locais para se reproduzir e escalas de migração. Os estuários são ecossistemas delicados. Essas reservas estuarinas são habitat essencial para a vida silvestre, e servem como laboratórios vivos para cientistas.

O vídeo da NOAA ajudará a quem nunca esteve num estuário.

E ao redor de estuários?

“Muitos tipos diferentes de habitat são encontrados em e ao redor de estuários, incluindo águas rasas, pântanos de água doce e salgada, praias arenosas, costão rochoso, manguezais, deltas de rios,  e tapetes de gramas marinhas, todos ecossistemas importantes, este último, tremendamente ameaçado.

imagem do Estuário, ecossistema marinho ararangua SC
A foz, quando o do Ararangua (SC) invade o mar.Estuário, ecossistema marinho.

Mas, outro problema anda mais sério persegue os rios brasileiros.

O segredo de sucesso dos estuários

“Os estuários são habitats vitais para milhares de espécies marinhas. Os estuários têm sido chamados de “berçários do mar” porque o ambiente protegido e alimentos abundantes fornecem um local ideal para a reprodução de peixes e crustáceos. A maioria das espécies de peixes comercialmente importantes passam uma parte do seu ciclo de vida nos estuários. Além do peixe, muitas espécies de aves dependem de estuários para alimentação e áreas de nidificação. Eles ainda mantêm a qualidade da água através da filtração natural enquanto os micróbios decompõem a matéria orgânica e os sedimentos ligam os poluentes.

imagem de Guarás em manguezal.
Guarás em manguezal.Estuário, ecossistema marinho.

As aves migratórias usam os estuários como pontos de parada para descanso e alimentação antes de continuar sua jornada. Os mamíferos marinhos (por exemplo os peixes- boi) também usam estuários como áreas de alimentação e viveiros. Todos esses organismos marinhos se alimentam facilmente porque um estuário saudável produz entre 4 e 10 vezes mais matéria orgânica do que um milharal do mesmo tamanho. Os estuários fornecem uma ampla gama de habitats que levam a uma grande diversidade de vida marinha.”

Poluição em quase todos os rios braseiros

Fizemos uma matéria mostrando a situação de quase todos os grandes rios que deságuam na costa brasileira. O seu estado de saúde é pra lá de debilitado. Em geral, a brutal poluição é regra, não excessão. Poluição tanto industrial,  num dos muitos polos petroquímicos espalhados pela costa brasileira, sendo o maior deles o de Camaçari; ou a poluição causada por cada cidadão que joga, desde butucada cigarro, até sofá velho no meio da rua. Tudo isso vai parar no mar…

‘Comprometido por poluição’

No Brasil os mangues, ou estuários, ficam ao lado das grandes cidades. Veja-se o polo de Cubatão, em São Paulo, o polo de Camaçari, na Bahia, ou ainda as duas refinarias que coabitam a baía de Guanabara.

imagem do Polo de Cubatão
Polo de Cubatão, erguido em cima de mangues…Estuário, ecossistema marinho.

Lembrando que nenhuma destas baías, portanto estuários, existe praticamente saneamento básico, mais uma mancha que nos envergonha. Os estuários são o local preferido para assentamento humano.  Eles recebem o impacto final das atividades humanas em toda a bacia. Lixeira, poluição, desenvolvimento urbano e industrial e pressões recreacionais são alguns dos impactos imediatos.

Fontes: https://observador.pt/2014/12/24/tsunami10-anos-mangais-protegem-aceh-de-tsunamis-e-inspiram-criatividade/; https://oceanservice.noaa.gov/facts/estuary.html; https://www.niwa.co.nz/education-and-training/schools/students/estuaries.

COMPARTILHAR

Repórteres do Mar

O Mar Sem Fim quer a sua colaboração. Não é possível estar em todos os lugares ao mesmo tempo e, com a sua ajuda, podemos melhorar ainda mais o nosso conteúdo. Saiba como colaborar com o Mar Sem Fim.

Comentários Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here