Arie Ilha Ameixal e Mosaico Juréia-Itatins – Episódio 13

2
523
views

Arie Ilha Ameixal e Mosaico Juréia-Itatins

Visita a mais duas Unidades de Conservação no estado de São Paulo. A Arie Ilha Ameixal é uma esquisitice, mas o Mosaico Juréia-Itatins é uma UC deslumbrante. A Unidade de Conservação Estadual “Mosaico” Juréia-Itatins”  além da beleza e riqueza, tem uma linda história. Ela ocupa uma área de cerca de 80 mil hectares, fica no bioma costeiro e está encravada entre quatro municípios do sul de São Paulo: Iguape, Miracatu, Itariri e Peruíbe.

A criação do Mosaico Juréia-Itatins

A Unidade de Conservação foi criada num período complicado quando a área era disputada pelo setor imobiliário (Gomes de Almeida Fernandes) e pelos militares. Os primeiros estavam de olho na beleza da região, e suas praias desocupadas, prontos para implantarem os famigerados condomínios e loteamentos que tanto estragam nosso litoral. Os segundos, através da NUCLEBRAS, queriam construir duas usinas nucleares na Juréia.  No meio deles, espremidos, os ambientalistas. A beleza da história é que foram estes os ganhadores da peleja.

mapa mostrando a área de duas unidades de conservação, Arie Ilha Ameixal e Mosaico Juréia-Itatins
O mapa mostra a localização das duas UCs: Arie Ilha Ameixal e Mosaico Juréia-Itatins

Características das Unidade de Conservação

Arie Ilha do Ameixal

Bioma: marinho costeiro

Área: 358,88 hectares

Município: Peruíbe.

Diploma legal de criação: decreto 91.889 de 5 de novembro de 1985.

Tipo: uso sustentável.

Plano de Manejo: Apesar da idade da UC federal, 29 anos, a UC não conta com plano de manejo. No momento de minha visita a UC também não tinha um chefe designado. Fomos recebidos por Márcio Barragana, chefe da UC APA Cananéia- Iguape- Peruíbe.

Mosaico estadual Juréia Itatins

Reunião de seis UCs superpostas numa mesma região. Uma ESEC, dois Parques Estaduais, duas Reservas de Desenvolvimento Sustentável e um Refúgio da Vida Silvestre.

Bioma: marinho costeiro.

Município: Peruíbe.

Área: 80 mil hectares.

Plano de Manejo: Iniciado em março de 2008 com estudos voltados ao Mosaico de Unidades de Conservação Juréia-Itatins, em parceria com a Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e o Instituto Socioambiental (ISA), a previsão de conclusão era agosto de 2009. As atividades foram suspensas em junho de 2009 em função de uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIN) contra a criação do mosaico. Estacionado em fases conclusivas (última atividade realizada foi a Oficina de Programas em maio de 2009).

COMPARTILHAR

Repórteres do Mar

O Mar Sem Fim quer a sua colaboração. Não é possível estar em todos os lugares ao mesmo tempo e, com a sua ajuda, podemos melhorar ainda mais o nosso conteúdo. Saiba como colaborar com o Mar Sem Fim.

Comentários Comentários do Facebook

2 COMENTÁRIOS

    • Obrigado, Mário, mas vc também é responsável. Temos que pressionar o Poder Público, exigir condições melhores para as UCs, o fim da roubalheira, e muitas coisas mais. Você pode ajudar compartilhando as matérias de que gostou nas redes sociais. Elas já deram provas de que funcionam, vide as manifestações de Junho, e as mais recentes. Vide a Primavera Árabe…Vamos à luta? Conto com vc! abraços e volte sempre.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here