Tubarão-fantasma, vedete nas redes sociais

0
5395
views

Tubarão-fantasma, raríssimo, é filmado e torna-se a nova ‘vedete’ das redes sociais

Saiu no site www.azula.com em2016: o Tubarão-fantasma, gênero Chimaera,  um tipo de peixe cartilaginoso que vive nas profundezas e considerado um raríssimo ‘primo distante’ de tubarões e arraias, está fazendo sucesso nas redes sociais depois de ser filmado.

Tubarão-fantasma
Foto: Azula

O Azula explica que,

novas imagens do Monterey Bay Aquarium Research Institute trouxeram atenção renovada a esses animais misteriosos. Os cientistas acreditam que a espécie no vídeo mais se assemelha à Chimaera azul cheirosa (ou Hydrolagus trolli). Ela nunca foi filmada  antes. Mas que também pode ser um novo tipo de Chimaera ainda desconhecido

imagem de tubarão-fantasma nadando
Foto: Azula

O Azula aponta algumas características do tubarão-fantasma entre elas:

o movimento lento, em formato de um tubarão tirado da memória de uma criança, e capturado no brilho das luzes do veículo operado remotamente. O animal parece pouco real. Algumas de suas características mais legais incluem pequenos buracos dispostos como sobrancelhas em sua cabeça. Os especialistas acreditam que são órgãos sensoriais que os ajudam a encontrar comida.

PUBLICIDADE

Crânio de 280 milhões de anos permite reconstituição do animal

O Azula informa ainda que

Embora essas descobertas tenham sido publicadas na revista Nature, o crânio em si, que vem de um peixe de 280 milhões de anos chamado Dwykaselachus oosthuizeni, foi encontrado nos anos 80. Com a nova tecnologia de imagem, uma equipe de pesquisa liderada pela Universidade de Chicago Medical Center Michael Coates foi capaz de analisá-lo mais de perto do que ninguém tinha feito antes. Eles descobriram que enquanto o exterior do crânio parecia pertencer a um symmoriiform, uma espécie de tubarão pré-histórico, o interior tinha as características de um tubarão fantasma.

ilustração de tubarão
A reconstituição do animal

Parentes de tubarões e raias

A National Geographic diz que “parentes de tubarões e raias, esses habitantes do mar profundo se separaram desses outros grupos há cerca de 300 milhões de anos. Embora os tubarões fantasmas tenham deslizado pelas profundezas desde muito antes dos dinossauros, ainda sabemos muito pouco sobre eles. Agora, um vídeo lançado recentemente pelo Monterey Bay Aquarium Research Institute, na Califórnia, lançou uma nova luz sobre essas criaturas misteriosas.”

Assista ao vídeo:

Conheça o Tubarão-raposa e sua cauda mortal.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here