Mudanças climáticas no Ártico e a pesca

0
935
views

Mudanças climáticas no Ártico e a pesca

Mudanças climáticas no ártico: caiu na rede é peixe. Pescadores quando jogam a rede nunca sabem ao certo o que poderão capturar. No Ártico, a busca por cavala traz o atum.

Mudanças climáticas no Ártico e a pesca

Pescadores das águas geladas do Ártico, na Groenlândia, tem vivido o fato durante o dia a dia da pesca da cavala. Tudo começou em 2012 . Pescadores, enquanto buscavam levantar os números de cavalas visando o aumento da liberação da pesca, acabaram fisgando três grandes atuns. Cerca de 100 kg cada um.

Brian MacKenzie, ecologista do Instituto Nacional de Recursos Aquáticos da Universidade Técnica da Dinamarca, declarou:

Foi surpreendente, o navio de pesquisa estava navegando no Estreito da Dinamarca, entre a Groenlândia e a Islândia, onde as temperaturas da água tem sido historicamente muito frias para o atum rabilho

Mudanças climáticas no Ártico e a pesca
Atuns são processados já na embarcação

Desde então muitos outros atuns foram pegos no leste da Groenlândia. Alguns com mais de 200 kg.  Só no ano de 2014, de junho até o fim de agosto, as embarcações de pesca da Groenlândia capturaram 21  atuns, de acordo com a Greenland Today.

Mudanças climáticas no Ártico e o  comportamento do atum

O fato levanta uma questão. Como peixes como o atum, comuns em águas mais quentes do Atlântico e Mediterrâneo, podem estar agora sendo pescados nas frias águas do Ártico?

Com o aquecimento das águas árticas atraindo o atum rabilho, a Islândia e a Noruega,  implementaram em 2014 novas cotas comerciais para a pesca na região.

Mudanças climáticas no Ártico: águas cada vez mais quentes

O ecologista Brian MacKenzie e seus colegas analisaram a temperatura da água a leste da Groenlândia usando imagens de satélite, boias oceanográficas e medições dos navios. Os cientistas descobriram que a água morna tinha se espalhado a partir do Sudeste Atlântico até o leste da Groenlândia. As temperaturas, de agosto de 2010 a 2012, foram mais quentes do que em qualquer outro momento desde 1870.

Mudanças climáticas: embaralhando as espécies

Encontrar atum rabilho na Groenlândia é mais uma evidência de que a mudança climática está embaralhando as espécies que nadam  nos oceanos do mundo. Peixes geralmente encontrados em águas mais quentes estão sendo vistos em regiões anteriormente preenchidas por espécies tolerantes ao frio. As cavalas mudaram-se para as águas ao sul da Islândia, e a anchova, agora, nada no Mar do Norte.

imagem mudança climática

Aquecimento das águas

As alterações climáticas, consequência do aquecimento global, refere-se ao aumento da temperatura média da superfície da Terra. Um esmagador consenso científico sustenta que a mudança climática acontece principalmente em razão do uso de combustíveis fósseis que liberam dióxido de carbono, e outros gases de efeito estufa  na atmosfera.

A ONU já vem alertando sobre os efeitos das mudanças climáticas no planeta e principalmente no Pacífico.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here