Aquário natural de corais convida ao mergulho, Maragogi, AL

0
1379
views

Aquário natural de corais convida ao mergulho, Maragogi, AL

Aquário natural de corais : ponto de mergulho com 9 metros de profundidade fica a 6 km da praia. Exploração submersa pode ser feita em aquários e naufrágios.

Aquário natural de corais : um dos principais destinos do litoral de Alagoas

Considerado um dos principais destinos do litoral de Alagoas , Maragogi também é um lugar para ser explorado a fundo. A opção para os mais destemidos são os mergulhos que podem ser realizados em aquários naturais. Eles têm  ‘florestas’ de corais e embarcações naufragadas, abrigos para cardumes e diversas outras espécies marinhas que vivem na Área de Preservação Ambiental (APA) Costa dos Corais.

Aquário natural de corais , Mergulhador segue trajeto ao lado de floresta de corais submessa (Foto: Jonathan Lins/G1 AL)
Mergulhador segue trajeto ao lado de floresta de corais submessa (Foto: Jonathan Lins/G1 AL)

Maior barreira de corais da América Latina

Foi em um destes pontos de mergulho, situados na região que abriga a maior barreira de corais da América Latina, que a reportagem do G1 atracou. Com o auxílio da equipe de mergulhadores profissionais da Maragogi Dives Sub, realizamos o batismo no mergulho autônomo, modalidade que é praticada com o uso de cilindros de oxigênio.

Com a instrução de mergulhadores credenciados eles repassam informações sobre a respiração no fundo do mar, o trajeto a ser percorrido, a profundidade , os sinais utilizados e o funcionamento dos equipamentos. O instrutor Sales Manoel ao explica

O mergulho é um esporte que pode ser praticado com segurança por pessoas de 4 a 86 anos. No entanto, é recomendável que a atividade seja feita com o auxílio de profissionais e equipamentos credenciados

Aquário natural de corais , imagem de Corais
Corais servem de moradia e proteção para diversas espécies marinhas (Foto: Jonathan Lins/G1)

 Reportagem do G1 foi conferir as belezas submersas do Litoral Norte

Local  conta com uma floresta formada pelos diversos tipos de corais que se aglomeram atraindo outras espécies de vida marinha. A cor da água varia a medida que o barco se afasta da costa. O cenário formado pelo distanciamento da praia e pela aproximação da barreira de corais é um atrativo à parte.

Ao chegar no aquário, do alto da embarcação já é possível antecipar o que está por vir. Com a água transparente, é possível visualizar o aglomerado de corais, tipo de fauna subaquática que forma uma espécie de continente habitado por cardumes de peixes diversos, crustáceos e outros tipos de animais da vida marinha.

Aquário natural de corais , imagem de Peixes coloridos em corais

Peixes coloridos circulam livremente pelo aquário natural formado pelos corais (Foto: Jonathan Lins/G1)

Exploração submersa

Quando o mergulho começa, toda a ansiedade some em instantes. Uma sensação de tranquilidade e silêncio toma conta do mergulhador aumentando a percepção visual. É neste momento que a natureza subaquática se revela com formas e cores singulares a cada trecho do trajeto.

Contato com a vida aquática encanta a todo momento

Embaixo d’água o contato com a vida aquática encanta a todo momento. Tímidas e ao mesmo tempo curiosas, algumas espécies começam a aparecer. A exemplo de pequenos peixes que, ao perceberem que não há ameaça, passam a acompanhar os mergulhadores pelo trajeto no fundo do mar.

Os instrutores esclarecem que, do aquário, só pode ser levada a experiência de explorar Maragogi por dentro do mar. Ao fim do mergulho, as lembranças são materializadas em fotos  e filmagens produzidas debaixo d’água, além da sensação de tranquilidade e o respeito ao meio ambiente. Desta forma, tudo que é encontrado durante o mergulho é deixado no local para a apreciação de outros visitantes e preservação da vida marinha.

Por: Waldson Costa, do G1 Al / Globo.com

Tornado de peixes: você imagina como eles acontecem?

Repórteres do Mar

O Mar Sem Fim quer a sua colaboração. Não é possível estar em todos os lugares ao mesmo tempo e, com a sua ajuda, podemos melhorar ainda mais o nosso conteúdo. Saiba como colaborar com o Mar Sem Fim.

Comentários Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here