Cocaína nos mares de Santos. Poluição afeta vida marinha

2
1636
views

Cocaína nos mares de São Paulo? Era só o que faltava

Pois é, cocaína nos mares, era só o que faltava. “Um estudo de pesquisadores da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e da Universidade Santa Cecília (Unisanta) apontou altas concentrações de produtos farmacêuticos e de cocaína na Baía de Santos, no litoral de São Paulo. No laboratório, já foram comprovados os danos que as substâncias trazem ao ambiente marinho. Agora, os pesquisadores buscam aprofundar mais esse estudo sobre as concentrações de drogas ilícitas nesse ecossistema e seus reais danos.”

imagem de pesquisadora mostrando cocaína amada nos mares
Em Santos foram coletados 95 kg de lixo, incluso cocaína e enfeites de natal (foto: Francisco Arrais/PMS)

Os autores da pesquisa sobre cocaína nos mares de São Paulo

“A pesquisa foi coordenada por Camilo Seabra Pereira, ecotoxicologista e professor do curso de mestrado em Ecologia da Unisanta. O grupo é também composto pelos pesquisadores Luciane Maranho, Fernando Cortez, Fabio Pusceddu, Aldo Santos, Daniel Ribeiro, Augusto Cesar e Luciana Guimarães.”

São Vicente e Praia Grande

O estudo também apontou contaminação nas águas entre São Vicente e Praia Grande. Ele foi apresentado no 12º Encontro da Sociedade de Tecnologia e Química Ambiental da América Latina. O encontro bienal da Sociedade de Toxicologia e Química Ambiental – América Latina foi realizado na Unisanta, reunindo cientistas de 15 países.

Não basta a poluição “normal“?

Quer dizer que não basta a poluição “normal“, isto é, aquela que já conhecemos como excesso de metais pesados, poluição industrial gerada pelo polo petroquímico de Cubatão, e a industrial pelo porto de Santos, o maior do país. Mas, para além destes, ainda existem outros considerados “normais“, a erosão constante, assim como a dragagem que revolve o fundo do mar mais fortemente que um arado no campo, deixando as partículas ruins em suspensão quase constante. E quer outra ainda? Que tal lembrarmos dos acidentes comuns no porto de Santos? É preciso lembrar que o estado é o nº 1 em quantidade de embarcações circulando, e isso também aumenta a probabilidade de acidentes com potencial nefasto ao mais ambiente marinho. Agora, ao caldo mortal, acrescente-se doses de cocaína em quantidade suficiente para prejudicar ainda mais o semi-morto ambiente marinho.

Como a droga é encontrada nos mares?

Camilo Seabra, da Unifesp, explicou:

Em todas as estações encontramos tanto a cocaína quanto metabólicos. As maiores concentrações foram no carnaval de 2014. As quantidades de cocaína na água já estão próximas das que causam efeitos em organismo marinhos, que é na ordem de 200 a 2.000 nanogramas por litro, ou seja, para cada 1 litro de água, são 500 nanogramas de cocaína 

FAPESP financia estudo

“O estudo é financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo e o monitoramento e análise das amostras segue até 2018.

Foto de abertura: Francisco Arrais/PMS

Fontes: https://g1.globo.com/sp/santos-regiao/noticia/estudo-aponta-contaminacao-por-cocaina-no-mar-do-litoral-de-sp.ghtml; http://www.atribuna.com.br/noticias/noticias-detalhe/cidades/estudo-revela-cocaina-no-mar-de-sao-vicente-e-praia-grande/?cHash=740d4869030195413b0807b41b630ef8; http://noticias.unisanta.br/campus/palestra-com-professor-norte-americano-abre-o-12o-setac-latin-america-na-quinta-feira-7-na-unisanta.

Conheça a fascinante história do primeiro ambientalista

COMPARTILHAR

Repórteres do Mar

O Mar Sem Fim quer a sua colaboração. Não é possível estar em todos os lugares ao mesmo tempo e, com a sua ajuda, podemos melhorar ainda mais o nosso conteúdo. Saiba como colaborar com o Mar Sem Fim.

Comentários Comentários do Facebook

2 COMENTÁRIOS

  1. Vocês estão acompanhando a fase implantar um porto, ou não, na cidade de Pontal do Paraná-litoral do PR? Seria muito interessante uma matéria sobre o que está acontecendo por lá. Bom trabalho pessoal!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here