Coca-Cola: maior poluidora de plástico do Reino Unido

0
692
views

Coca-Cola é a maior poluidora de plástico do Reino Unido pelo quarto ano consecutivo

A Coca-Cola é um fenômeno. Uma empresa americana de bebidas que começou com uma única receita de refrigerante. Cento e trinta anos depois, é uma das maiores empresas do mundo, entregando centenas de marcas em mais de 200 países e territórios. Nos Estados Unidos ela tem nada menos que 43,7% do mercado de refrigerantes. Em 2022, a receita operacional líquida foi de US$ 38,7 bilhões de dólares. Contudo, ao lado destes números de fazer inveja, a marca recebeu pelo quarto ano consecutivo o ‘título’ de maior poluidora de plástico do Reino Unido numa auditoria anual da Surfers Against Sewage.

Lixo plástico entre os quais da marca coca-cola
Imagem, www.surfgirlmag.com.

“Os resultados da Brand Audit deste ano são chocantes”

Izzy Ross, gerente de campanhas da Surfers Against Sewage, disse: “Os resultados da Brand Audit deste ano são chocantes. Mas, infelizmente, não são surpreendentes. Ano após ano, vemos os mesmos responsáveis ​​pelas quantidades repugnantes de poluição plástica nas nossas praias, cidades e no campo. Esta Dúzia Suja de empresas poluidoras de plástico precisa melhorar sua atuação. Deve ser responsabilizada pela poluição e levada a fazer mais para adotar modelos de negócios circulares para reduzir o plástico e (por extensão) a sua pegada de carbono. Estas gigantes da indústria têm o poder de salvar ou condenar o oceano. No momento elas estão escolhendo a última opção.”

O oceanographicmagazine.com explica como funciona o Relatório Brand Audit: O relatório é uma publicação anual que analisa dados recolhidos por voluntários durante o Million Mile Cleans do SAS – que reúne comunidades de todo o Reino Unido para limpar o litoral, canais, caminhos e ruas de cidades durante um período de 12 meses. Este ano, mais de 4.000 voluntários participaram em 499 limpezas.

12 maiores poluidores do Reino Unido
Os 12 maiores poluidores do Reino Unido segundo o Surfers Against Sewage.

Não é só no Reino Unido, é no mundo inteiro

Contudo, aparentemente não é apenas nas águas do Reino Unido que a gigante norte-americana bate recordes de poluição. Em 2019 publicamos o post Coca-cola e plástico no mar: poluição tem que parar.

Nele, comentávamos que a organização sem fins lucrativos Break Free From Plastic apontou a Coca-Cola  como a maior produtora de resíduos plásticos do mundo. A ONG conseguiu arregimentar um enorme grupo de 72.541 voluntários em 51 países. Eles  coletaram lixo plástico em setembro de 2019 e depois identificaram os resíduos. 43% eram marcas de consumo. A Coca-Cola foi a número um, com quase 12.000 embalagens de produtos da marca encontradas em 37 países em todo o mundo.

Pudera, segundo o Greenpeace, em 2016 a coca-cola despejou no mercado 110 bilhões de garrafas, um aumento de 1 bilhão de unidades em relação ao ano anterior.

PUBLICIDADE

Repercussão mundial

Mais uma vez, a notícia teve ampla repercussão no hemisfério norte. Infelizmente, a imprensa brasileira continua alheia a estas questões, desse modo, o consumidor brasileiro sequer fica sabendo.

O Guardian foi um dos que repercutiu: ‘Coca-Cola, McDonald’s e PepsiCo são os maiores poluidores de embalagens no Reino Unido.’

‘A auditoria constatou que 12 empresas foram responsáveis ​​por mais de dois terços (70%) da poluição de marca acumulada ao longo do ano. A Coca-Cola é a maior poluidora do Reino Unido pelo quarto ano consecutivo e responsável por quase um quinto (17%) da poluição por plásticos de marca.’

E prossegue o Guardian: ‘O McDonald’s ficou em segundo lugar, respondendo por 11% dos itens poluentes, ultrapassando a PepsiCo, que ficou em terceiro.’

Coca-cola, a maior poluidora de plástico do mundo

Contudo, não é apenas no Reino Unido que a marca bate recordes de poluição. Segundo o francês Le Monde (novembro de 2022),  ‘Coca-Cola, patrocinadora da COP27, é a maior poluidora de plástico do mundo.’

Note-se a incoerência destas conferências do clima. A COP27, como mostramos, teve 90% de seus patrocinadores ligados ao setor de petróleo.

Assim começa a matéria do Le Monde: E o vencedor é… Coca-Cola. A famosa marca de refrigerantes é classificada como “campeã mundial” de 2022 no Top 10 Corporate Plastic Polluters, de acordo com a auditoria publicada em 15 de novembro pela ONG Break Free From Plastic.’

Um título nada invejável que a empresa norte-americana conquistou pelo quinto ano consecutivo desde o lançamento do estudo em 2018. Uma distinção bastante problemática, já que a Coca-Cola atua como um dos patrocinadores da Conferência das Nações Unidas sobre o Clima (COP27),  principal evento de combate às mudanças climáticas, que acontece em Sharm El-Sheikh, no Egito.’

Por último, sabemos que o consumidor tupiniquim ainda não usa a única arma que tem. Mesmo assim, se você consome o refrigerante, e é amigo do meio ambiente, pense sobre isso na sua próxima compra.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here