Ancestral de baleia quadrúpede é encontrado

0
1582
views

Ancestral de baleia quadrúpede é encontrado

A paleontologia avança e nós conhecemos mais o nosso passado. A última novidade em relação aos oceanos foi a recém-descoberta de um ancestral de baleia quadrúpede, que viveu há 43 milhões de anos. Um fóssil parcial da criatura foi descoberto no Deserto Ocidental do Egito e chamado Phiomicetus anubis devido à semelhança de seu crânio com o do antigo deus da morte com cabeça de chacal, Anúbis.

Ilustração de ancestral de baleia
Reconstrução imaginária de Phiomicetus anubis pelo palentologista Dr. Robert Boessenecker.

Ancestral de baleia quadrúpede é encontrado

A imprensa mundial destaca a descoberta como ‘fundamental para ajudar os cientistas a entenderem a transição das baleias da terra para o mar’.

Imagem de fóssil de ancestral de baleia
Os pesquisadores e parte do achado. Imagem, https://www.iucn.org/.

As baleias evoluíram de animais de quatro patas, com cascos, que viveram na Terra há 50 milhões de anos. “Phiomicetus anubis é uma nova espécie-chave de baleia e uma descoberta crítica para a paleontologia egípcia e africana”, disse Abdullah Gohar, principal autor de um artigo sobre a descoberta publicado no jornal Proceedings of the Royal Society B.

Características do animal

Pesando cerca de 600 kg e com três metros de comprimento, o Phiomicetus anubis, que  teria sido um predador de ponta, tinha mandíbulas fortes para pegar as presas, diz o estudo. E era capaz de andar na terra e nadar na água.

Para o coautor do trabalho, Mohamed Sameh, as baleias desse período que até agora eram um grande mistério “variam desde as baleias semiaquáticas semelhantes a crocodilos até baleias gigantes totalmente aquáticas”. Seu esqueleto parcial revelou-a como o cetáceo extinto mais primitivo conhecido da África.

PUBLICIDADE

Os restos foram desenterrados das rochas do Eoceno na Depressão Fayum no Deserto Ocidental, que já foi coberto pelo mar.

Mapa da África
A Depressão Fayum assinalada em vermelho.

O fóssil já foi submetido a estudos no Centro de Paleontologia de Vertebrados da Universidade Mansoura, no oeste do Egito, onde continuará a ser pesquisado.

Apesar das recentes descobertas de fósseis, o quadro geral da evolução inicial das baleias na África permanece um mistério, disseram os pesquisadores. O trabalho na região tinha o potencial de revelar novos detalhes sobre a transição evolutiva de baleias anfíbias para baleias totalmente aquáticas.

Assista ao vídeo da BBC e saiba mais

Imagem de abertura:

Fontes: https://www.bbc.com/news/world-middle-east-58340807;https://www.independent.co.uk/news/science/ancient-fourlegged-whale-found-in-egypt-named-after-god-of-death-b1909408.html.

Energia da biomassa, conheça o potencial no Brasil

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here