A maior limpeza marinha do mundo, conheça

16
10139
views

A maior limpeza marinha do mundo, conheça

Em agosto de 2020, após 48 dias de trabalho, a maior expedição de limpeza marinha do mundo conseguiu extrair toneladas de plástico do oceano no que é conhecido como Grande Mancha de Lixo do Pacífico. O Ocean Voyages Institute, uma organização sem fins lucrativos para ajudar a preservar os oceanos, organizou a missão. Conheça a maior limpeza marinha do mundo.

Imagem de barco que participou da maior limpeza marinha do mundo
O barco responsável pela façanha. Imagem, https://ecoosfera.com

A maior limpeza marinha do mundo

A Grande Mancha de Lixo do Pacífico é uma espécie de filme de terror produzido pela nossa geração. Infelizmente não é ficção, mas a realidade deste mundo superpopuloso.

Imagem de rede com pedaços de corais
Esqueleto de tartaruga na rede. Imagem, https://ecoosfera.com

Foi justamente ali que o Ocean Voyages decidiu trabalhar no que foi considerada a maior expedição de limpeza do mundo. Esta área remota do Pacífico, localizada entre a Califórnia e o Havaí, é um vórtice onde o lixo gira em pilhas nas águas do oceano.

Uma enorme quantidade de plásticos derivados da pesca, assim como plásticos descartáveis, se acumulam na área, formando ilhas inteiras de lixo.

103 toneladas retiradas

O site ecosfera.com informa que ‘a expedição de limpeza do instituto conseguiu extrair impressionantes 103 toneladas de lixo do oceano. Os objetos que mais apareceram na coleção foram equipamentos de pesca comercial e “redes fantasmas”.

PUBLICIDADE

Estas redes fantasmas são responsáveis por parte da indecente pesca incidental que assola os oceanos do planeta, entre muitos outros absurdos.

Imagem de barco de limpeza lotado de redes de pesca
É mole o que somos capazes de fazer? Imagem,https://ecoosfera.com

Infelizmente, e como esperado, diz o site, a equipe da expedição encontrou vários esqueletos de tartarugas emaranhados nos escombros. Um sinal de que as toneladas de lixo despejadas no oceano estão causando danos abismais aos ecossistemas marinhos.

Imagens de redes no convés de barco
Bis! Imagem, https://ecoosfera.com

Mesmo assim a equipe comemorou os resultados. Mary Crowley, fundadora e CEO do Ocean Voyages Institute, comentou:

Excedemos nossa meta de capturar 100 toneladas de plásticos de consumo tóxicos e redes ‘fantasmas’ abandonadas. Nestes tempos difíceis, continuamos ajudando a restaurar a saúde de nosso oceano, o que influencia nossa própria saúde e a do planeta. Os oceanos não podem esperar que essas teias e detritos se decomponham em microplásticos que prejudicam a capacidade do ecossistema de armazenar carbono além de envenenar a frágil teia alimentar. 

Estima-se 80 mil toneladas de plástico na Grande Mancha do Pacífico

Estima-se que 80 mil toneladas de plástico ainda permaneçam na lixeira. A equipe espera organizar a próxima expedição de limpeza com mais três navios trabalhando por meses para coletar mais lixo que será levado à terra para reciclagem.

Imagem de tartaruga presa em rede
As redes continuam matando quando largadas no mar. Esta mostra o esqueleto de uma tartaruga. Imagem, https://ecoosfera.com

Mary Crowley foi contundente:

Não tenho dúvidas de que nosso trabalho é tornar os oceanos mais saudáveis ​​para o planeta e mais seguros para a vida selvagem marinha, já que essas redes nunca mais prenderão ou prejudicarão uma baleia, golfinho, tartaruga ou recife

Esta foi apenas a primeira expedição do grupo em 2020. Ainda neste ano eles fizeram outra operação quando ficaram mais 35 dias no mar recolhendo mais 67 toneladas da Grande Mancha do Pacífico.

Assista ao vídeo e saiba mais

Imagem de abertura:

Fontes: https://www.oceanvoyagesinstitute.org/; https://ecoosfera.com/limpieza-marina-plastico-mancha-pacifico-contaminacion/.

Alcatrazes Revis, mais um erro grosseiro do ICMBio

Comentários

16 COMENTÁRIOS

  1. O trabalho planetário, das nações, dos entes estaduais, municipais e de cada cidadão é grande.
    O trabalho visto desde uma visão mais ampla é grande; é enorme.
    Pessoalmente junto todo o lixo reciclável da minha casa para entregar a uma cooperativa de recicláveis.
    Tudo o que junto, separadamente: lixo reciclável de papel e papelão, de plásticos, de vidro — que descarto num container da Green — e de metais.
    É a minha contribuição para a humanidade!
    Não faço mal nenhum.
    Se todos fizessem o que faço teríamos uma condição bem melhor de ajuste do Planeta às condições de vivência dos humanos no Planeta!

  2. O mundo com os bilhões de serem humanos na mais completa ignorância de si e de seu meio, não entendera jamais a situação de degradação da Terra. A ordem é consumir. Os ricos consomem muito até porque é status social o desprezo pelo material, o descarte do lixo e o consumo desnecessário, dado o modismo do modelo do ano, e os pobres, pela inveja e copia dos ricos. É um beco com saída para um abismo, no qual já estamos em reta final.

  3. Apesar do grande mérito dos trabalhos o estrago já está feito afinal de contas com mais de um século usando os materiais seguramente já devem até estar afetando a biologia dos seres dos mares nas formas de micro ou nano partes que são absorvidos e depois repassados aos seres humanos nas formas de alimentos.
    Não sou melhor que ninguém, mas eu descarto todos os plásticos (metais e vidros) e seus assemelhados reduzindo-os na menor forma possível e passo fita crepe para que diminua o volume e os faço depois de lavar e secar. Se a prefeitura de Belo Horizonte não tem coleta de lixo seletivo eu não posso fazer mais nada.

  4. Primeiro passo antes de mais nada : PARAR de FABRICAR plásticos. Não adianta recolher plásticos usados se as fábricas continuem fabricando plásticos novos !

  5. Bonito trabalho.isso era para estender em todos países.temos que conservar o Planeta.sou fã do Mar sou Marinheiro de Convés e contribui pela conservação do Mar.viver nele sem poluir.

  6. É uma tristeza saber que não existe fiscalização para as indústrias de pescas, e que tudo seja apenas máscaras de ante de todo o mundo. E com muita felicidade que eu vejo essa repostagem e que todos nós fazendo a nossa parte, conseguiremos um mundo melhor!! De um banhista que vai a praia para se banhar e jogar o seu lixo no lugar certo. Ocean Voyages Institute, uma organização sem fins lucrativos para ajudar a preservar os oceanos! Muito obrigado!!

  7. Trabalho maravilhoso. Parabens!. Mas o que acontece com as empresas pesqueras que jogam redes no mar? Este pessoal limpa o oceano e as grandes empresas o poluem se dó. Não existe forma de punir eles, dar multas enormes, obrigar eles a limpar?

  8. Parabéns pela reportagem e aos envolvidos… Enquanto alguns gastam milhões em viagens de minutos ao espaço, outros fazem o que realmente importa

  9. Sou muito fã do mar sem fim assisti à muitos programas na TV Cultura e muito me dói assistir à essa desastre ambiental por falta de consciência e informação das pessoas e crianças ignorantes! Acredito q pra sacudir essas pessoas só colocando vídeos informativos por tds os lados mostrando essa realidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here