Peixe pulmonado, um tipo exótico, com 400 milhões de anos

0
1229
views

Peixe pulmonado, um tipo exótico e diferente

De acordo com o aquário de Chicago Granddad, nome de batismo do peixe, chegou ao local já adulto,vindo da Austrália, e acompanhado de uma fêmea que morreu nos anos 80. Durante este período foi visitado por mais de 104 milhões de pessoas que assim puderam conhecer mais uma espécie rara. Ele era era um peixe pulmonado originário da Austrália, uma espécie com hábitos particularmente sedentários.

Onde vivia originalmente Granddad, o peixe pulmonado que tem 400 milhões de anos!

De acordo com o site da rtp,

Os peixes pulmonados australianos são nativos dos rios Mary e Burnett, em Queensland. Esta espécie existe há mais de 400 milhões de anos e manteve-se inalterada durante mais de 100 milhões de anos. Estes peixes são conhecidos por terem um único pulmão e, além de serem uma espécie protegida, estão entre os poucos peixes que podem respirar fora de água. Ainda assim, apesar do pulmão, este ser vivo não consegue sobreviver fora de água.

Granddad, honrado com um elogio fúnebre, era uma espécie raríssima

O aquário decidiu abreviar o sofrimento de Ganddad quando o peixe deixou de se alimentar e “apresentou falência de órgãos”. Ele era dos animais mais vistos e queridos no aquário. E não era apenas o mais velho residente, mas também “o peixe mais velho em qualquer zoo ou aquário do mundo”.

O necrológio

Hoje estamos tristes de compartilhar que a família Shedd se despediu de um de nossos membros mais queridos. O ‘peixe pulmonado australiano’, Granddad (ou Avô), que fez de Shedd sua casa desde 1933, foi humanamente eutanizado domingo devido a um rápido declínio na qualidade de vida associada à velhice.

Em sua longa vida em Shedd, ‘o avô’ ofereceu boas lembranças. E uma conexão compartilhada com o mundo vivo para gerações de visitantes. Pedimos que você mantenha a família Shedd em seus pensamentos durante este momento difícil, especialmente os cuidadores mais profundamente afetados por sua morte.

Parece incrível, mas foi assim que o Shedd Aquarium, de Chicago, se despediu de uma de um peixe pulmonado com 90 anos que morreu esta semana. Poderia ser o obituário de uma pessoa, mas era o necrológio de um peixe que estava no local desde 1933.
necrológio-de-um-peixe
A foto do Granddad publicada pelo aquário de Chicago

 Mais uma imagem…

necrológio de um peixe, imagem de um peixe pulmonado australiano
O peixe pulmonado, da família dos Dipnoicos

Esta é a função principal do aquários: ensinar, mostrar as espécies e seus habitats, que são reconstruídos à perfeição, prova maior é esta espécie ter vivido 90 anos em Chicago, para que possam inspirar as pessoas a protegerem os ecossistemas, e conhecerem aquilo que apenas poucos podem ver.

No Brasil o melhor exemplo é o aquário do Rio de Janeiro, recém inaugurado.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here