Navio em perigo: Resgate Dramático

0
353
views

Veja o resgate dramático de um navio em perigo.

Se você acha que a vida no mar é fácil, veja este vídeo. Imagine a força dos elementos, vento e ondas, para fazer com que esta enorme massa de ferro balance como se fosse um brinquedo. Tal situação provocou um resgate dramático de um navio em perigo.

Navio em perigo.
Resgate dramático: navio em perigo balança com tal violência que mal é possível mostra-lo com a foto.

Estatística sobre afundamento de navios

Não, a vida no mar não é nada fácil. De acordo com o livro A Onda, de Susan Casey (editora Zahar), “estatísticas mostram que a cada semana dois navios grandes desaparecem nos mares globais”. Susan percorreu o mundo atrás de ondas gigantes. Estudou ondas de até 30 metros de altura. E disse

que há poucas décadas eram consideradas impossíveis segundo as leis da física e hoje são estudas com afinco

Em seu livro a autora, editora-chefe da “O, The Oprah Magazine“, percorreu o mundo com surfistas de ondas gigantes, como Laird Hamilton. Ele procurava justamente as ondas gigantes. Entrevistou físicos, geólogos, oceanógrafos e capitães de navios,

todos aqueles que poderiam dar uma pista de como estas ondas gigantes surgem.

Na África do Sul

Na África do Sul ela esteve com o  meteorologista marinho Jean Pierre Arabonis. Eke é dono da empresa Ocean Satellite Imaging Systems (OSIS), famoso “devido a suas previsões estranhamente exatas das ondas, do oceano e do clima.”

Navios muito velhos ainda em ação

No Arabonis comentou a estatística: “provavelmente veremos mais acidentes assim enquanto o preço – e a demanda- das commodities permaneceram altos. Os navios mais antigos permanecem em serviço. Normalmente um graneleiro, após vinte anos, precisa ser desmontado. Mas agora existem muitas latas-velhas ainda em atividade depois de 25, 27 anos. Eles arranjam uma tripulação de Terceiro Mundo. E um capitão que está à beira do desemprego. Já deveriam estar fora de serviço há muito tempo.”

As ondas estão realmente crescendo de altura

O fato é que navios afundam não apenas por serem “latas-velhas”. Parece que as ondas estão realmente crescendo em altura. Os motivos apontados pelo livro são muitos. Entre eles o “encolhimento rápidos das geleiras” em razão do aquecimento global. Dr. Russel Wynm, pesquisador do National Oceanography Centre, em Southampton, Inglaterra, declarou:

Você começa a colocar mais água sobre o leito marinho que pode não gostar da sobrecarga e entra em colapso – e este colapso acontece na forma de um terremoto. E neste momento, bem, o nível do mar está começando a aumentar rapidamente

Vídeo resgate dramático: navio em perigo

Para saber mais sobre o afundamento de navios experimente Shipwrecks and Salvage in South Africa.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here