Moradores de Ubatuba dizem não à verticalização

20
12679
views

Moradores de Ubatuba dizem não à verticalização

Ubatuba, litoral norte de São Paulo, vive do turismo. E o turismo está vivo em razão das belezas naturais deste município, como a Serra do Mar ao fundo, coberta por mata atlântica, suas cachoeiras, e o lindo canto de centenas de aves nativas; de suas praias, da tradição dos caiçaras e suas canoas maravilhosas, sem falar na cozinha típica. Mas, aos poucos, por total inépcia dos últimos prefeitos mais preocupados em ganhar dinheiro seja a que custo for, o município corre perigo. Moradores de Ubatuba dizem não à verticalização.

Imagem de Ubatuba
Ubatuba. Imagem, https://www.ubatuba.sp.gov.br/.

Moradores de Ubatuba dizem não à verticalização

Recentemente publicamos um post para mostrar a podridão dos rios de Ubatuba, que deságuam suas imundícies nas praias da cidade e, em consequência, no mar onde os turistas, e moradores, se refrescam. E isso sem que nenhum dos últimos três ou quatro prefeitos tenham tomado qualquer providência efetiva.

Blabláblá, é a resposta. Ação, que é bom, só mesmo por parte de mutirões dos cidadãos mais antenados. É triste ver a degradação do litoral paulista. Mas é a realidade.

Na opinião do Mar Sem Fim grande parte dos problemas se dá pela ganância de quase todos os políticos que, uma vez eleitos, não perdem a chance de encher as burras comandando a especulação.

Mas não é só. Desde pelo menos 2016 este site denuncia a derrubada ilegal de mata atlântica para dar lugar a novos condomínios, um escárnio total.

PUBLICIDADE

cartaz de protesto Moradores de Ubatuba dizem não à verticalização
Moradores de Ubatuba dizem não à verticalização.

A especulação imobiliária destrói Ilha Comprida, no litoral sul. Ilhabela, no lado oposto, vem sendo arrasada pelos últimos prefeitos, e também pela omissão de muitos dos donos de casas de segunda residência.

Aos poucos, Ilhabela está se tornando um cortiço de ricos;  enquanto suas tradições centenárias são quase apagadas da memória pelos próprios prefeitos que são nativos (!?), não fosse a insistência de alguns caiçaras de umas poucas praias e comunidades já teriam desaparecido.

E, em São Sebastião a mesma pantomima acontece ano sim, ano não: a tal da verticalização.

Morador indignado

Segundo matéria do Sistema Costa Norte, um dos moradores,  indignado, escreveu: “Participe da consulta pública que acontecerá agora, dia 29, às 14h na Câmara Municipal. Muitas associações de bairro somando grupos, vizinhos, moradores que merecem ser respeitados. Congela tudo até ter saneamento básico para quem já reside aqui.”

Quem são os ‘moradores’ indignados

Entre eles estão os representantes das comunidades tradicionais, associações de bairros, pesquisadores, cientistas e ambientalistas; e coletivos das mais diversas atividades que lutam pelo regramento e ordenamento do território através de um amplo debate sobre a sustentabilidade do município que, como cereja do bolo, tem nada menos que 85% de sua área coberta por mata atlântica.

Não à VERTICALIZAÇÃO em Ubatuba

Esta foi a resposta dos moradores com espírito público. Eles sabem dos inúmeros problemas do município, entre eles a falta de coleta seletiva de lixo, o saneamento básico carente, a grilagem de terra, o ensino deficiente, um único hospital que não dá conta de atender minimamente a população, etc.

Mas, vem cá, quem se importa se Ubatuba tem um único hospital que não consegue atender a população? Isto é quirera, bobagem, importante mesmo é verticalização, mudanças na Lei do uso do solo, etc. Doenças, que doenças?

praia do lázaro, Ubatuba
Prédios, aqui? Não, dizem os moradores. Praia do Lázaro. Imagem, https://www.viagensecaminhos.com/.

Prefeita contesta

Enquanto isso, a prefeita Flávia Pascoal (PL) manda publicar no site da prefeitura um texto onde se lê: “Em virtude de boatos e fake news que estão sendo compartilhados nas redes sociais, a Prefeitura de Ubatuba manifesta repúdio a toda e qualquer distorção que venha confundir a opinião pública, por questões políticas, de entendimento intelectual, pessoal, ou mesmo, por desconhecimento. Não falamos em momento algum em verticalização e, sim, em revisão do Plano Diretor e da Lei 711, que regulamenta o uso e ocupação do solo.”

canto da praia Itaguá
Canto da praia Itaguá. Imagem, https://www.viagensecaminhos.com/.

Diz a prefeitura que ‘a Lei é ultrapassada.’ O fato é que os sucessivos prefeitos insistem em modificar a legislação sobre o uso do solo e, de acordo com denúncia do Sistema Costa Norte, ‘não seguem qualquer planejamento urbano vinculado ao Plano Diretor’.

Leia a íntegra do discurso da prefeitura neste link.

PUBLICIDADE

Nós já vimos isso em Ilha Comprida, Ilhabela, São Sebastião, na própria Ubatuba (no passado) e em quase todos os municípios costeiros do Brasil.

É a sem-vergonhice de sempre. Como resposta, os moradores fizeram um abaixo-assinado que já conta com 11.316 nomes. A meta é chegar até 15 mil.

Pelo sim, pelo não, o Mar Sem Fim assinou o documento que está neste link e sugere que você faça o mesmo!

Imagem de abertura: https://www.ubatuba.sp.gov.br

Fonte: https://costanorte.com.br/cidades/ubatuba/moradores-de-ubatuba-fazem-abaixo-assinado-contra-verticalizac-o-da-cidade-1.355025.

José Bonifácio de Andrada e Silva, o ecologista do Império

Comentários

20 COMENTÁRIOS

  1. Atuação política, primeiro elegendo um gestor competente com visão a longo prazo, foco em BALNEÁRIO UBATUBA, conscientização da população e estar entre os melhores no ranking ambiental do litoral (compromisso), segundo um Secretário de Meio Ambiente especialista, atuante, respeitado e não um político que visa a próxima eleição, eleger Vereadores comprometidos em melhorar condições de saneamento, do meio ambiente e sem vínculo com construtores, afinal atualmente fundo eleitoral é somente público (?). Dessa maneira teríamos um Plano Plurianual com metas estabelecidas com acompanhamento da população e compromisso do gestor principal, pois acredito que tem recursos financeiros internacionais disponíveis para fins ambientais. Parabéns ao Mar Sem Fim e às entidades que fazem o alerta e minimizam os danos a essa privilegiada natureza de Ubatuba.

  2. Boa Noite
    Não deixem esses politicos safados acabarem com o Litoral Brasileiro,recentemente acabaram com Ilha Comprida,estão destruindo nosso litoral Brasileiro,não tem saneamento básico,lixão empurram para outra cidade vizinha sempre. Não tem hospitais,escolas,nda.

  3. Sou natural do Rio de Janeiro, mas vivi em São Paulo desde 1988. Frequento Ubatuba há mais ou menos 20 anos por conta de atividades náuticas que gosto de praticar. Quando me aposentei resolvi vir morar em aqui achando que conhecia o lugar e que seria um bom lugar para viver. Já estou por aqui há 8 anos desde então. O resultado é que, sinceramente, foi um choque quando comecei a ver o que acontece por aqui. Essa cidade tem 384 anos e apesar dessa idade parece que está na idade da pedra e está destinada a destruição. A incompetência admistrativa e a ganância de uma grande quantidade de empresários imperam nesse lugar causando sua destruição. Lixo jogado pelas ruas, especulação imobiliária, falta de respeito com os cidadãos, falta de educação, falta de infraestrutura é o que temos por aqui. Não dá para entender a maior parte da cidade sem esgoto. Quando o esgoto é coletado não é tratado sendo jogado nas praias (Praia da Enseada onde resido), devastação da mata e rios, seja por derrubada da mata, quanto despejo de dejetos nos mananciais. Esgoto jogado nas descidas de água das serras….. tá difícil gente e acho que não tem jeito não. O destino é a destruição. Estou pensando em vender tudo e ir embora, porque não dá para aguentar. A senhora Prefeita durante o auge da pandemia só se manifestou quando o irmão foi parar na Santa Casa Ela teve a coragem de postar um video absolutamente bizarro e lamentável. Não tenho que falar mal dos profissionais da Santa Casa, quando precisei fui muito bem atendido, mas dá pena das condições de trabalho deles…. Bom esse é o retrato de uma cidade que poderia ser um paraíso, mas a cada dia que passa se aproxima mais do inferno levando seus cidadãos ralo abaixo. Desculpem o desabafo, mas não podia deixar de me manifestar.

  4. Acho que o plano diretor deveria ser mais restrito do que é hoje, as várias construções em andamento (péssimas por sinal) estão piorando a cidade em detrimento de sua bela natureza, que é justamente o que atrai turistas não só de São Paulo, mas de todo o Brasil e exterior. Acordem ou vão acabar com mais esse patrimônio e orgulho do nosso país.

  5. Tenho 2 casas em Ubatuba e conheço bem a cidade e ela não tem infraestrutura para a verticalização , se se verticalizar vai perder seus frequentadores para Santos que é muito mais perto da capital.

  6. Esperamos que os residentes desta linda cidade tenham garra pra enfrentar estes especuladores, em grande parte com o aval dos políticos local. Hoje políticos dessa qualidade estão em toda parte, não se importando com a preservação e qualidade dos municípios, os cidadãos tem que fazer valer as suas reivindicações, mostrar que este é um bem maior para todos, e sobrevivência da cidade como uma das melhores para turismo.

  7. Além de todas as questões aqui discutidas, os prédios são aprovados cada vez mais altos, construídos nos bairros centrais, tipo Itaguá, onde haviam casas com área verde e que abrigavam muitos pássaros e alguns animais silvestres. Encantos de Ubatuba sendo destruídos em nome do progresso e ganância política. NÃO A VERTICALIZAÇÃO DESENFREADA!

  8. A especulação imobiliária e os políticos não conseguem visualizar um futuro sem verticalização nem enxergar a riqueza que já existe em Ubatuba. VERTICALIZAÇÃO NÃO

  9. Parabéns.Visitei Ubatuba em 1987(sim ,sou velho),e nunca mais.Fiquei na praia da Enseada,linda na época.Continuem assim pra não virar uma Camboriú(ou “Balneário”,como alguns estranhamente chamam considerando o significado da palavra).Tem gente que gosta,mas olhando de cima(no teleférico,ou em um avião),é uma poluição monstruosa.De que adianta pegar areia do marzão e aumentar a praia?Abu Dhabi,Dubai,etc,fizeram a mesma coisa-sim,mas não poluíram.Eles são mais ricos e espertos.

  10. As construtora são as que mais gera emprego em Ubatuba , os prédio são construído em locais legalizado com saniamento básico será msm que o problema está na verticalização? Sou morador de Ubatuba a verdade que casas e pousada joga esgoto diretamente no rio por falta de fiscalização em todas as questões Ubatuba vive de turismo único atrativo são nossas linda praia sim devemos preserva a natureza porém o problema não e a verticalização o problema e falta de fiscalização e falta de saniamento básico !! RT

    • Os empregos da construcao civil verticalização) são temporários. As consequências são permanentes. Que seja preservada a cidade contra a verticalização. Os próprios moradores pagarão por isso com a especulação imobiliária, que empurra com o tempo os moradores para as periferias. Cidades lotadas, poluição, impacto ambiental, com qual finalidade? Desenvolvimento econômico? O meio ambiente pode trazer muito dinheiro se bem trabalhado.

  11. Sou apaixonado por Ubatuba e ainda vou ter um Imóvel lá. Amo a bela natureza de lá. E realmente estão transformando-a em um monte de prédios e concreto. Estive lá no feriado do dia 15 de novembro.
    Diga não à verticalização. Que Ubatuba permaneça sempre bonita como sempre foi. Não aos interesses econômicos em detrimento da Natureza

  12. Sem dúvida toda esta polemica só existe porque a especulação imobiliária passa pelos os políticos de plantão, sem pensar nos municípios em questão querem mesmo é enriquecer com a desgraça da população, os impostos não cumpre o seu papel para a proteção e equilíbrio para bem estar de quem reside ou tem residência nestes locais, a população deve ficar atento para defender os seus direitos dos farsantes que rondam as esferas municipais a todo momento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here