Lembra do óleo no Nordeste? O litoral continua ao deus-dará!

5
4299
views

Lembra do óleo no Nordeste? O litoral continua ao deus-dará!

Segundo a Petrobras, a origem do óleo seria a  Venezuela. Testes da Universidade Federal da Bahia, em outubro de 2019, confirmaram a procedência. Mas não fomos além disso. Como aconteceu; quem foi o responsável ou qual o balanço dos prejuízos aos ecossistemas, são perguntas sem respostas.

Do mesmo modo, perguntas sem respostas, o fato de que o nosso litoral está sendo engolido pelos eventos extremos sem qualquer resposta do poder público.

imagem de Alexander Turra
Alexander Turra.

Para entender por que o litoral brasileiro está ao deus-dará, conversamos com Alexander Turra. Sua área de atuação é a oceanografia biológica. Turra é professor titular do Departamento de Oceanografia Biológica da Universidade de São Paulo, a USP. E sua linha de pesquisa, os ‘usos, impactos e gestão de recursos e ecossistemas marinhos’. Turra também é responsável pela cátedra UNESCO para a sustentabilidade dos oceanos.

Repórteres do Mar

O Mar Sem Fim quer a sua colaboração. Não é possível estar em todos os lugares ao mesmo tempo e, com a sua ajuda, podemos melhorar ainda mais o nosso conteúdo. Saiba como colaborar com o Mar Sem Fim.

Comentários Comentários do Facebook

5 COMENTÁRIOS

  1. O maior problema das praias brasileiras é o esgoto, não frequento mais Maragogi pelo cheiro fortíssimo de vinhoto e cana. Não existe controle e divulgação dos níveis de poluição fecal, comi confiar? Se SP com toda sua riqueza não limpa suas praias imaginem o resto. Turismo no Brasil é risco de morte.

  2. Moro em João pessoa e não tem nem um ponto de óleo nas praias ,aqui foi pouco afetado e foi rapidamente limpo,o problema de uma manchete como essa é que acaba prejudicando mais ainda o turismo no nordeste porque parece que está tudo sujo e não é verdade ,generalizar é sempre um erro

  3. Obrigado pela sua contribuição. Eu moro diretamente na praia, em uma remota vila de pescadores do Rio Grande do Norte. Nunca vimos nada disso, graças a Deus, mas o problema subjacente persiste. Por que o Brasil não consegue encontrar os culpados neste caso? A atitude cultural arraigada sobre a poluição e a proteção das praias é muito visível. Apesar de sua aparência imaculada, a cada poucos metros ao longo da areia eu encontro destroços descuidadamente descartados, plásticos e cerveja, principalmente. Só consigo escolher minha seção de costa e, a menos que os brasileiros acordem e mudem seus hábitos, esse patrimônio único ficará sujo para sempre.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here