Lagoa da Conceição tem presença de coliformes fecais acima do normal

2
221
views

Lagoa da Conceição tem presença de coliformes fecais acima do normal

Análise da água da Lagoa da Conceição, em Florianópolis, mostra presença de coliformes fecais acima do limite tolerado. De acordo com análises laboratoriais de amostras coletadas por uma ONG internacional na Lagoa da Conceição, em Florianópolis, a água da lagoa apresenta coliformes fecais até mil vezes acima do limite máximo tolerado, reforçando a presença de despejo de esgoto diretamente na água.

lagoa da conceição, imagem da lagoa da conceição
lagoa da conceição

Dez amostras condenaram Lagoa da Conceição

As amostras foram recolhidas na Lagoa pela ONG Instituto Sea Shepherd Brasil, Núcleo Santa Catarina,  durante uma ação de limpeza no local. Dos 10 pontos analisados pelo QMC Laboratório de Análises, de Florianópolis, cinco apresentaram presença excessiva de coliformes termotolerantes (fecais), acompanhados de outros indicativos de poluição.

Demais pontos apresentaram quantidade aceitável

Os demais pontos, que apresentaram quantidade aceitável de coliformes para balneabilidade, tiveram outros indicativos de despejo de esgoto que prejudicam a vida aquática. Embora estes fatores não afetem a balneabilidade, impactam a vida dos seres que vivem na Lagoa, provocando mortandade, intoxicação e proliferação de microrganismos invasores.

Mobilizações públicas

A ideia da ONG é fazer outras mobilizações parecidas em outros pontos da Ilha — destaca o coordenador voluntário da Sea Shepherd Brasil em SC, Luiz Antonio Faraoni.

Entenda as consequências e causas dos problemas encontrados na água da Lagoa da Conceição.

Coliformes termotolerantes: a presença elevada de coliformes causa problemas gastrointestinais nos banhistas. Essa bactéria tem como origem o esgoto sanitário. Alguns dos pontos apresentaram mil vezes o limite máximo tolerado.

Nitrogênio amoniacal total: a presença elevada do nitrogênio amoniacal causa uma proliferação de algas na superfície. Esses elementos também têm como origem o esgoto sanitário.

Oxigênio dissolvido: a baixa quantidade de oxigênio causa dificuldade de sobrevivência da vida aquática. Ela é causada pelo esgoto despejado. O esgoto quando se decompõe captura o oxigênio do ambiente aquático.

pH: o baixo valor do pH demonstra um desiquilíbrio no ambiente aquático. Isso ocorre devido alguma influência humana. Esse nível de pH causa dificuldade de sobrevivência da vida aquática.

COMPARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here