Criaturas marinhas estranhas surgem depois de furacão

0
685
views

Criaturas marinhas estranhas surgem depois de furacão

Agosto foi um mês terrível para o Caribe e litoral dos Estados Unidos. A devastação provocada entre outros, pelo furacão Harvey, foi implacável mas, entre casas destruídas, mortes, e um cenário de terra arrasada, surgiram criaturas marinhas estranhas, até então pouco vistas. Uma delas foi encontrada numa praia do Texas. Preeti Desai, que trabalha para a National Audubon Society, de conservação de pássaros, foi o responsável. Impressionado, ele colocou diversas fotos do animal no twetter, pedindo ajuda no reconhecimento.

Biólogo descobre o tipo das criaturas marinhas estranhas reveladas pelo furacão

Uma destas fotos foi parar nas mãos do biólogo, especialista em enguias, Kenneth Tighe, do Smithsonian Museum. O especialista acredita tratar-se de uma enguia Aplatophis chauliodus, da família Ophichthidae, que pertence à ordem dos anguilliformes – das enguias e moreias.

imagem de enguia gigante, uma das criaturas marinhas estranhas reveladas pelo furacão do Texas

O habitat das enguias do tipo Aplatophis chauliodus

De acordo com o ele, o animal habita o Atlântico entre a área do Golfo do México até a Guiana Francesa. A página oficial do Smithsonian Tropical Research Institute diz que esta espécie de enguia tem o corpo comprimido na parte traseira, a cabeça longa, o focinho curto e os dentes grandes. Pode atingir profundidades até os 91 metros.

Animal já foi visto no Nordeste do Brasil

De acordo com a BBC “os Aplatophis chauliodus, que já foram vistos na costa do Nordeste brasileiro e assunto de um estudo da Universidade Federal de Alagoas, geralmente vivem na costa Atlântica do sul da América do Norte, Caribe e norte da América do Sul, a uma profundidade de 30 a 90 metros. Eles passam a maior parte do tempo escondidos em buracos no fundo do mar.”

Redes sociais contribuíram para desfazer o mistério

Mais uma  vez, as redes sociais, que muitas vezes disseminam bobagens e notícias ‘fake’, tiveram papel relevante na ajuda para descobrir de que se tratava. É mais uma prova que, se bem usadas, elas podem contribuir com a sociedade. Depende do uso que se faz delas.

Fontes: BBC.com; /fr.wikipedia.org; rtp.pt.

Conheça uma bactéria que come o plástico dos oceanos.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here