Matança de botos: Colômbia entra na luta

0
967
views

Matança de botos: Colômbia entra na luta

Matança de boto: petição com milhares de assinaturas contrárias à matança de botos mobiliza governo colombiano.

Matança de botos, imagem de boto cor de rosa

Matança de botos: petição com mais de 140 mil assinaturas

Após receberem uma petição com mais de 142 mil assinaturas de pessoas de todo o mundo pedindo a suspensão da venda da piracatinga – peixe apanhado usando carne de boto como isca –, o Ministério de Relações Exteriores da Colômbia abriu as portas à World Animal Protection.

Governo brasileiro  proíbe  pesca e comercialização de piracatinga

Em julho de 2015, o governo brasileiro proibiu a pesca e  comercialização de piratinga em todo território. A notícia sobre a  suspensão da comercialização na Colômbia é positiva para o Brasil porque a carne de um boto pode render a captura de uma tonelada de piratinga. A maioria  é contrabandeada para a Colômbia.

Em reunião que aconteceu na segunda-feira, dia 15/12, representantes da Colômbia disseram estar conscientes da mobilização pública em torno da proteção ao boto cor-de-rosa. Estão mobilizados para encontrar soluções em conjunto com os demais países amazônicos.

Fórum de oito países discute os problemas  da região amazônica

A intenção das autoridades colombianas e da World Animal Protection é abordar o assunto dentro da OTCA (Organização do Tratado de Cooperação Amazônica), um fórum de oito países que, desde 1978, discute os problemas e desafios transnacionais da região amazônica.

Em outra frente, os representantes do Ministério colombiano se dispuseram a levar nossas reivindicações para os órgãos responsáveis pelo comércio. A ideia é discutir as medidas que o país vizinho deve adotar depois que a moratória da piracatinga entrar em vigor no Brasil, a partir de janeiro de 2015.

Ricardo Mora, diretor de programas na América Latina de World Animal Protection, declarou:

Uma vez mais, o governo colombiano se mostrou sensibilizado com a ameaça ao boto cor-de-rosa e aberto a discutir conosco medidas para proteger este animal. Estamos esperançosos de que uma resolução mais firme e concreta surja em breve

A World Animal Protection continuará sua campanha até que medidas concretas sejam tomadas para a proteção do boto. E que sejam oferecidas alternativas sustentáveis aos pescadores da Amazônia.

Você sabia que Belugas imitam a voz humana?

Repórteres do Mar

O Mar Sem Fim quer a sua colaboração. Não é possível estar em todos os lugares ao mesmo tempo e, com a sua ajuda, podemos melhorar ainda mais o nosso conteúdo. Saiba como colaborar com o Mar Sem Fim.

Comentários Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here