Argentina vai proteger seus mares. Nem assim o Brasil se toca

0
101
views

Até a Argentina vai proteger seus mares. Mas o Brasil…continua parado

Argentina vai proteger seus mares. Notícia publica em março de 2017, pelo telam.com.ar. Título: ” El Gobierno Nacional impulsa la creación de nueve áreas marítimas protegidas”. Funcionários do governo argentino presentes na Conferência dos Oceanos, da ONU, informaram que “o presidente Macri identificou nove áreas prioritárias por sua biodiversidade com o fim de proteger os recursos do mar argentino”.

Argentina vai proteger seus mares, imagem do litoral argentino
Argentina: até tu Brutus? (Foto: Buenas Dicas)

O mundo responde ao desafio da ONU. Menos o Brasil…

O site diz que “o presidente Mauricio Macri tomou a decisão estratégica de duplicar as áreas protegidas, e isso inclui o mar”. E prossegue: “as zonas marinhas identificadas como prioritárias abarcam 10% do mar argentino”. “O pessoal do meio ambiente trabalha atualmente elaborando as propostas para a criação de nove áreas protegidas”.

A escolha das áreas marinhas protegidas

O site diz que “estas áreas incluem a plataforma do rio da Prata, a plataforma média de Buenos Aires, a área chamada El Rincón, que começa na Bahía Blanca e chega até Viedma, a plataforma de Santa Cruz, o talude austral onde fica a ilha dos Estados, em frente das Malvinas”.

Argentina vai proteger seus mares, imagem de flamingos em san blás, argentina
Flamingos em San Blás

O ‘Pampa Azul’

Assim como os militares brasileiros apelidaram nossas águas territoriais de ‘Amazônia Azul, os ‘irmanos’ se inspiraram e fizeram o mesmo. A matéria diz que ” as iniciativas do estado argentino destinadas a conservação do mar, o ‘Pampa Azul’, buscam melhorar o conhecimento sobre seus recursos e o ordenamento do território que definirá que usos se podem fazer em cada zona protegida”.

A saúde dos Oceanos

Enquanto nós patinamos em escândalos de corrupção os irmanos dizem que ” a saúde dos oceanos está em estado crítico…30% das áreas de pesca estão sobre-exploradas, os habitats costeiros estão perdendo aproximadamente 20% das áreas de coral. Os resíduos plásticos matam um milhão de aves marinhas, e 100.000 mamíferos marinhos por ano”.

Metas de Aichi

A matéria finaliza informando que “em 2010 a Argentina subscreveu o plano de ação conhecido como Metas de Aichi em consenso com a ONU para conservar a diversidade marinha com o compromisso de estender os atuais 2,8% do mar e zona costeira argentina protegidas, para 10%”.

Argentina vai proteger seus mares, imagem de revoada de gaivotas em san blás, argentina
San Blás, litoral argentino

Até os ‘irmanos’ se engajaram! Que vergonha, Brasil,  atrás da Argentina é triste! Até quando ficaremos nesta posição subalterna?

(Foto de abertura: Buenas Dicas)

Conheça a proposta do Mar Sem Fim aos ambientalistas e se engaje nela!

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here