ICMBio aprova plano de proteção à predadores

0
878
views

ICMBio aprova plano de proteção à predadores: tubarões e raias incluídos

ICMBio aprova plano de proteção à predadores. O Plano de Ação Nacional para a Conservação dos Tubarões e Raias Marinhos Ameaçados de Extinção. Ele tem ênfase em 12 espécies. O plano estabelece objetivos, ações, prazo de execução, abrangência e formas de implementação e supervisão. A portaria foi publicada na edição do doa 05.12.2014 do Diário Oficial da União.

ICMBio aprova plano de proteção à predadores, imagem de cardume de tubarões
ICMBio aprova plano de proteção à predadores

ICMBio aprova plano de proteção à predadores

Foram estabelecidas 67 ações, distribuídas em nove objetivos específicos. O prazo de vigência até julho de 2019 e com supervisão anual. Entre os objetivos estão o aperfeiçoamento do processo de gestão pesqueira. E o aprimoramento do marco legal e a sensibilização dos pescadores e da sociedade.

Veja texto publicado na portaria 125 sobre o PAN Tubarões.  O Mar Sem Fim também divulga link para a edição completa do Diário Oficial da União de 05 de dezembro de 2014.

ICMBio e proteção aos predadores marinhos

O site do ICMBio publicou nota em dezembro de 2016 sobre o tema. Entre outras, diz que ” O Centro Nacional de Pesquisa e Conservação da Biodiversidade Marinha do Litoral Sul (Cepsul), do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), abriu consulta pública sobre o estado de conservação dos tubarões, raias e quimeras marinhos.

A consulta, que faz parte do processo permanente de avaliação do estado de conservação da fauna. Esta é uma responsabilidade do ICMBio. A consulta segue até 26 de novembro.

Para que avaliação do risco de extinção dessas espécies seja feito a partir dos melhores dados disponíveis, é fundamental a participação da comunidade científica, usuários dos recursos e comunidade em geral.

A lista com os nomes das espécies e o acesso aos formulários para a coleta de informações estão disponíveis. Tanto  para as espécies avaliadas como menos preocupantes (LC) no ciclo anterior, como para o restante das espécies”.

Tubarões valem mais vivos que mortos.

Repórteres do Mar

O Mar Sem Fim quer a sua colaboração. Não é possível estar em todos os lugares ao mesmo tempo e, com a sua ajuda, podemos melhorar ainda mais o nosso conteúdo. Saiba como colaborar com o Mar Sem Fim.

Comentários Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here