Novas espécies da Amazônia, em dois anos 381 foram descobertas

0
1912
views

Novas espécies da Amazônia, em dois anos 381 foram descobertas

A maior floresta úmida do planeta continua a surpreender. Relatório do WWF e do Instituto Mamirauá para o Desenvolvimento Sustentável do Brasil informa que 381 novas espécies da Amazônia foram descobertas. O relatório, publicado em São Paulo na quarta-feira, é o terceiro de uma série e cobre os anos 2014 e 2015. O trabalho alerta que todos os animais e plantas foram encontrados em áreas com risco de atividade humana.

imagem de zogue zogue rabo de fogo parte das novas espécies da Amazônia
Zogue zogue rabo de fogo, mais uma espécie é descoberta na Amazônia

A Amazônia e novas espécies

São 216 de plantas, 93 peixes, 19 répteis, 20 mamíferos, 32 anfíbios, e um novo pássaro. Ricardo Mello, coordenador do programa WWF Brasil, disse que o fato de os pesquisadores ainda encontrarem centenas de espécies é uma prova de que havia muito mais trabalho a ser feito na região.

imagem peixe parte das novas espécies da Amazônia
Papiliolebias ashleyae, uma das 93 novas espécies de peixes

Agricultura e exploração madeireira são as ameaças

Estes são os maiores riscos na opinião de Ricardo Mello.

Ele advertiu que a atividade humana, como a agricultura e a exploração madeireira, representam um risco para a flora e a fauna da Amazônia.

Todas as espécies que foram descobertas, as 381, estão em áreas onde a humanidade está destruindo a Amazônia. Isso é muito importante para nós. É uma prova de  que nossas atividades econômicas estão causando a extinção das espécies antes mesmo de sabermos sobre elas

O relatório veio à tona em um momento de discussão acalorada no Brasil sobre o uso de áreas para mineração.

imagem do boto do rio araguaia nova espécie de mamífero descoberto na amazônia
Boto do rio Araguaia, nova espécie de mamífero
 O boto do rio Araguaia já foi descrito por pesquisadores. Em artigo publicado na revista PLoS One, cientistas liderados por Tomas Hrbek, da Universidade Federal do Amazonas do Brasil, descrevem formalmente o ‘Inia Araguaiaensis’, uma nova espécie de golfinho que habita a bacia do Rio Araguaia.
 Fonte: BBC
Mineração ou projetos agropecuários: quem destrói a Amazônia?
COMPARTILHAR

Repórteres do Mar

O Mar Sem Fim quer a sua colaboração. Não é possível estar em todos os lugares ao mesmo tempo e, com a sua ajuda, podemos melhorar ainda mais o nosso conteúdo. Saiba como colaborar com o Mar Sem Fim.

Comentários Comentários do Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here