Meteorito pode ter caído na Antártica

0
174
views

Meteorito pode ter caído na Antártica, revelam cientistas

meteorito pode ter caído na antartica
Christian Müller e Tobais Binder checam instrumentos antes da decolagem (Foto: International Polar Foundation/Jos Van Hemelrijck)

Enquanto sobrevoava a região da Costa da Princesa Ragnhild, na Antártica, o geofísico Christian Müller, notou algo diferente na plataforma de gelo: uma grande marca circular, com cerca de 2 km de diâmetro. A descoberta foi feita no dia 20 de dezembro de 2014, a bordo da aeronave Polar 6, do Instituto Alfred Wegener de Pesquisa Marinha e Polar (AWI), da Alemanha.

Cientistas do instituto estavam em uma missão na Estação Polar Princesa Elisabeth com o objetivo de estudar a história geológica da Antártica.

Pesquisando sobre o que poderia ser aquela marca gigante, o geofísico encontrou dois estudos que indicam que um meteorito pode ter caído na Antártica  criando a grande cicatriz circular.

Um dos estudos encontrado foi realizado por cientistas americanos e canadenses e concluiu que um grande objeto pode ter caído do céu exatamente naquela região em 2004.

Outro estudo, feito por cientistas em uma estação australiana na Antártica, relata a observação de um rastro no céu, parecido com o que seria deixado por um meteoro em queda, também em 2004.

Meteorito na Antártica: já acharam provas de um

De acordo com o site G1, cientistas já acharam um meteorito na Antártica. O corpo celeste, com 18 Kg, estava enterrado enterrado nas geleiras da Antártica Oriental. Ele é o maior corpo celeste encontrado nesta parte do mundo desde 1988.

meteorito pode ter caído na Antártica e causado marca mostrada na imagem
Foto mostra marca circular na plataforma de gelo que pode ter sido provocada por impacto de meteorito; imagem foi feita durante observações aéreas a bordo da aeronave Polar 6, do AWI (Foto: Tobias Binder/AWI/Divulgação)

Apesar de os estudos e observações apontarem para um meteorito como a possível causa da marca, cientistas da AWI enfatizam que ainda é preciso fazer mais pesquisas para comprovar a origem da estrutura que teria caído. Depois da primeira observação feita por Müller, cientistas continuam estudando as imagens e informações para então processar todos os dados coletados pela equipe.

Saiba mais sobre o maior Iceberg do mundo, prestes se soltar da Antártica.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here