Mergulhadores limpam reserva marinha em Niterói

0
1016
views

Mergulhadores limpam reserva marinha em Niterói

Mergulhadores limpam reserva marinha: pouca gente sabe, mas no litoral de Niterói existe um local repleto de beleza natural batizado de  Reserva Extrativista Marinha (Resex) de Itaipu. Ela foi instituída em setembro de 2013. A Resex foi criada para proteger e ordenar a prática da pesca artesanal no litoral de Niterói.

Mergulhadores limpam reserva marinha em Niterói, imagem de mergulhadores limpando lixo do mar

Pescando Limpo

Para ajudar na preservação do local, um grupo de mergulhadores está desenvolvendo o projeto voluntário Pescando Limpo. O objetivo principal é promover a limpeza subaquática da região.

Mergulhadores limpam reserva marinha em Niterói, imagem de mergulhadores

Nessa época as condições de mergulho na área da Resex são de águas mornas, cristalinas e alta visibilidade, garantindo um mergulho perfeito.

PUBLICIDADE

Entre cardumes de peixes, tartarugas e cavalos-marinhos, infelizmente também há o lixo mal descartado pelo homem que ameaça cada vez mais a vida marinha.

O PROJETO 

Idealizado pelo mergulhador Adriano Peregrino, no Dia Mundial de Limpeza de Praias, o projeto deve ser o tema de sua monografia para seu curso superior de biologia.

O mergulhador conseguiu reunir um grupo disposto a colaborar com a limpeza da região. Todos aderiram ao projeto em prol da causa ambiental.

Mergulhadores limpam reserva marinha em Niterói, imagem de mergulhador limpa reserva

Catalogar todos os resíduos

A ideia é catalogar todos os resíduos recolhidos. E mapear com GPS as principais áreas onde são encontrados materiais de descarte. Quando esse mapeamento estiver concluído, Peregrino vai encaminhar os dados para o Instituto Estadual do Ambiente (Inea). Ele conta que até um fogão já foi encontrado pelo grupo.

Adriano declarou:

Nessa primeira etapa do projeto, estamos limpando toda a área do costão rochoso de Itaipu, e vamos também controlar o tempo que leva para o mar ficar sujo novamente. Esses materiais descartados nas águas de forma imprudente causam um grande risco. As linhas podem cortar mergulhadores e até matar peixes e tartarugas

Mergulhadores limpam reserva marinha em Niterói, imagem de mergulhador limpam reserva de rede

Com cerca de 3.990 hectares, a Resex abrange áreas marinhas de Itacoatiara, Itaipu, Camboinhas, Piratininga e o espelho-d’água da Lagoa de Itaipu. O atual chefe da Resex Itaipu e representante do Inea, Clarismundo Benfica, apoia o projeto já que tem como principal objetivo trazer benefícios ao ambiente marinho.

Estômago de cachalotes: garrafas plásticas, sacos, latas e até pneus

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here