Ano novo chinês no Polo Sul

0
182
views

Resgate do Mar Sem Fim e ano novo chinês no Polo Sul

Ano novo chinês no Polo Sul: o trabalho do resgate do Mar Sem Fim demorou 45 dias. Nem todos os dias podíamos trabalhar. Quando entrava tempo ruim o serviço era suspenso. recorro ao diário de bordo para relembrar: “ele está flutuando de novo. Toda a água já foi retirada de seu interior. Já não precisa a ajuda das boias. Estamos na parte final do processo de resgate”.

Ano novo chinês no Polo Sul, imagem de festa de Ano novo chinês no Polo Sul
Ano novo chinês no Polo Sul

“Liguei para Punta Arenas avisando ao engenheiro naval, Aníbal Toro,  sobre a situação. Amanhã ou depois este profissional vai chegar, num voo comercial, para avaliar as condições do barco atravessar o Drake. Também falei com a companhia de rebocadores: “estamos listos”, como dizem os chilenos, “mandem o barco”.

A derradeira viagem

“Dependendo do clima o trajeto pode ser feito em cinco ou seis dias, período suficiente para vedarmos todas as janelas e deixá-lo em condições para a derradeira viagem”.

“Esta manhã, com ajuda do caminhão guindaste dos chineses de Great Wall, tiramos o contêiner de don Francisco da balsa russa e o colocamos na praia.

“A qualquer momento deve chegar o navio de abastecimento dos russos. Eles vão usar a balsa para desembarcar os mantimentos”.

“Depois, para espairecer, fizemos um passeio de bote pelas redondezas. Estava conosco o chefe da Capitania de Puerto Bahía Fildes, o nosso amigo Marcelo Villegas Vira. Fomos até a ilha Nelson, aqui ao lado, que também faz parte do arquipélago das Shetland do Sul. Impressionante o tamanho e a cor das geleiras. Um ambiente forte, de impacto. Impõe respeito pela grandeza, formas e texturas incomuns”.

Manha de 5/2/13.

“Aguardamos a chegada do avião da FAB para qualquer momento. Ele trará o Almirante Silva Rodrigues, gerente do programa Antártico brasileiro, e alguns jornalistas. De helicóptero a comitiva segue até a base Ferraz, para vistoriar as obras feitas desde o incêndio do ano passado, e motivo da vinda, neste verão, do Felinto Perry, e do cargueiro Germânia. O esforço é para reconstruir a estação, e trazer de volta os escombros do que sobrou. Nada, que não seja daqui, pode ficar. São regras do Tratado Antártico”.

Resgate do Mar Sem Fim e ano novo chinês no Polo Sul

Enquanto esperávamos os momentos finais houve um dia inesquecível. Uma festa na Antártica. O pessoal da base chinesa, Great Wall , convidou todos os ‘habitantes’ de Rei George. Era dia do ano novo chinês. Uma festa para não esquecer.

Ano novo chinês no Polo Sul, imagem de festa de Ano novo chinês no Polo Sul

Gravação feita em 9/2/13. Ilha Rei George, base chinesa Great Wall.

Um passeio pelas geleiras da Ilha Nelson.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here