Viagem do Naufrágio: Sabadão complicado

0
855
views

Viagem do Naufrágio: Sabadão complicado – 31/3/2012

29/3.

De noite comemoramos a vitória de voltar a navegar. Muito vinho e música alta
até de madrugada.

30/3

Dormimos até tarde. Acordei com gosto de cabo de guarda-chuva na boca. Um dia
para curtir a ressaca, e trabalhar enchendo os tanques de água de bordo que já
estavam no final.

Trabalho cansativo. Manoel, nosso simpático marinheiro, “pau pra toda obra”, vai
de bote até a base Carlini, enche vários bujões e volta para bordo. O dia todo
foi assim. Calmaria total, felizmente. Céu nublado. Tudo cinza escuro em nosso
horizonte.

Recebemos nova previsão sobre a janela de tempo. Vamos ter que esperar. Por
enquanto a única possibilidade, ainda não confirmada, é para o dia 3 ou 4 de
abril.

31/3

Desde ontem, no final da tarde, um vento Leste nos faz companhia. Aqui é assim.
Um dia de calmaria para vários de pauleira. A noite passada, como a de hoje,
foi de turnos na sala de comando para evitar surpresas. No momento, 14h, o
Leste continua quase com a mesma força: 30 nós. Alguma rajadas batem nos 40.
Frio de menos 2ºC e muita neve esta tarde. Tem mais: uma forte cerração desceu
sobre a baía Potter onde estamos. É difícil enxergar a base Carlini que fica a
cerca de 500 metros de distância. É preciso perseverar. Dose extra de paciência
não faz mal a ninguém…

Eu, Alonso, e Manoel  passamos a tarde
jogando buraco com um baralho velho, rasgado e ensebado, que descobri numa das
gavetas do armário da sala.

Perdi todas as partidas. Neste momento 19h30, o termômetro marca menos 5ºC.
Dentro do barco deve estar fazendo algo como 0ºC.

Está na hora de ligarmos o gerador e, em seguida, os aquecedores. Esta noite
promete.

Um bom domingo a todos.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here