Atol de Kili: aumento do nível do mar ameaça

0
660
views

Atol de Kili: aumento do nível do mar ameaçada moradores. Eles  pedem abrigo nos EUA

Atol de Kili: devido ao aumento do nível do mar, moradores do Atol de Bikini, na Oceania, pediram abrigo nos Estados Unidos. Foram transferidos para Kili. Agora é este atol que sofre problemas.

Atol de Kili, imagem do Atol de Kili
Atol de Kili

Atol de Bikini

Atol de Kili, imagem do atol de bikini

Do Atol de Bikini para a ilha de Kili

Cerca de mil nativos já foram retirados pelos EUA do Atol de Bikini, anos 1940, para a realização de testes de bombas atômicas. Na ocasião, eles foram levados para Kili, outra ilha do arquipélago de Marshall. Agora, depois de décadas, Kili tem sofrido com o aumento no número de tempestades e com a intensidade das marés.

Na época da mudança de ilha, foi fechado um acordo com os Estados Unidos. Ele estabeleceu um fundo para ajudar os moradores do atol a se mudarem. Esse fundo pagaria pela construção das novas casas.

Atol de Kili: ilhéus pedem ao governo americano que altere regras

Agora os ilhéus pedem ao governo americano que altere as regras do fundo. Eles querem  se realocar nos Estados Unidos. Os moradores afirmam que suas casas estão sendo invadidas pelas águas. O sal também está penetrando no solo da ilha o que ameaça a agricultura e o suprimento de água.

Pista de pouso de Kili foi totalmente inundada

A pista de pouso de Kili foi totalmente inundada, deixando a ilha isolada.  Tony de Brum, ministro de Relações Exteriores das Ilhas Marshall declarou:

Os nativos de Bikini vieram novamente até nós e pediram para levar esta proposta aos Estados Unidos, para pedir que o fundo de reassentamento seja usado para mandar as pessoas para os Estados Unidos e não apenas para (outros lugares) das Ilhas Marshal

Esperança

O acordo entre as Ilhas Marshall e os Estados Unidos prevê que os antigos moradores  de Bikini tenham direito de viver, trabalhar e estudar nos Estados Unidos, sem restrições quanto à duração de sua estadia.

O governo das Ilhas Marshall afirmou que essa situação dos ilhéus de Bikini mostra que existe a necessidade de um novo acordo global para enfrentar as mudanças climáticas.

Pesquisa revela que degelo antártico pode elevar em três metros o nível do mar

Uma área chave da Antártica ocidental já poderia estar suficientemente instável para desaparecer e provocar um aumento no nível dos oceanos. O estudo, publicado na revista científica “Proceedings of the National Academy of Sciences” (“PNAS”),   adverte que o gelo antártico tinha chegado a um ponto de retração irreversível. O degelo era incontrolável e podia elevar o nível do mar em 1,2 metro.

Os cientistas do Postdam Institute for Climate Impact Research, da Alemanha, apontaram para os impactos de longo prazo do setor crucial do Mar de Amundsen, na Antártica Ocidental, que – sustentam – “muito provavelmente se desestabilizou”.

Os pesquisadores usaram modelos para projetar os efeitos de 60 anos de degelo na taxa atual. Eles calculam  que “ocorreria uma desintegração completa a longo prazo”.

Os moradores de Bikini não são os únicos a terem que mudar devido ao aumento do nível do mar.

Aconteceu a mesma coisa no Atol de Kiribati.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here