Parque Marinho Moto Motiro Hiva, área prístina do Chile

0
605
views

Parque Marinho Moto Motiro Hiva

Em fevereiro de 2011 a Oceana e o  National Geographic junto com a Armada do Chile realizaram uma inédita expedição científica nos arredores de Rapa Nui, Ilha de Peascoa, e ao Parque Marinho Moto Motiro Hiva, ou ilha Salas e Gomez.

Parque Marinho Moto Motiro Hiva, mapa da reserva marinha Moto Motiro Hiva
Parque Marinho Moto Motiro Hiva

Expedição para compilar dados

Com a finalidade de compilar dados necessários para determinar a melhor forma de conservar o ecossistema marinho, a expedição contou com a mais alta tecnologia existente. E um seleto grupo de cientistas de diversos países, a que se juntaram representantes do povoado indígena de Rapa Nui . Entre outras, obteve as primeiras imagens dos montes submarinos que conectam Motu Motiro Hiva e Rapa Nui. E documentou as espécies que vivem em torno de ambas as ilhas.

Principais conclusões: necessidade de ampliar o parque Marino Motu Motiro Hiva

Uma das principais conclusões é a necessidade de ampliar o parque Marinho Motu Motiro Hiva -criado em 2010- para o oeste, forma tal de abarcar os montes submarinos que se conectam com Rapa Nui. Estes formam uma  ponte que permite a migração de espécies entre eles, para que possa contribuir para a recuperação de organismos fortemente sobre explotados em Rapa Nui, como as lagostas.

Parque Marinho Motu Motiro Hiva: características

O Parque Marino Motu Motiro Hiva, também chamado Sala e Gómez, corresponde ao maior parque marino chileno. Ele fica em torno da ilha Sala e Gómez, no extremo oriental da Polinesia. Tem uma extensão de mar e costa de 150.000 km², equivalente a 4% do território marítimo chileno.

Parque Marinho Motu Motiro Hiva, foto de mergulhadores com tubarão
Parque Marinho Motu Motiro Hiva

A característica principal deste parque é que não tem havido praticamente  intervenção humana. Seu ecossistema  é quase intacto.

Aves marinhas no  Parque Marinho Motu Motiro Hiva

O fundo marinho do ambiente da ilha Sala e Gómez é reconhecido como um dos últimos ambientes marinhos do planeta que apresenta pouca intervenção do homem. Esta ilha, igual a outras do Chile, tem alta afluência de aves marinnas e outras aves migratorias para nidificação. Dos 93 sites de nidificação do Chile, 12 se encontram em Sala e Gómez.

Assista o vídeo: 

Atol das Rocas recebe justo reconhecimento

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here